Casa alvinegra: Ceará e Arena Castelão firmam parceria até maio de 2017

Em 2016, o CSC ainda fará 70% dos seus jogos no Castelão

"Foi bom porque à medida que o público aumenta, o Ceará ganha mais", disse Robinson de Castro

“Foi bom porque à medida que o público aumenta, o Ceará ganha mais”, disse Robinson de Castro
(Foto: Rafael Barros / cearasc.com)

Na manhã desta terça-feira, 15/03, o torcedor do Mais Querido ganhou mais uma ótima notícia, afinal o Ceará Sporting Club assinou contrato com a Arena Castelão, que a partir de agora está garantida como casa alvinegra até maio de 2017. Nesta temporada, o Alvinegro ainda fará 70% dos seus jogos no Castelão e próximo ano a expectativa é que mais de 50% das partidas também aconteçam na Arena.

O contrato com o estádio foi assinado em entrevista coletiva realizada na própria sala de imprensa do Castelão, onde estiveram o Presidente Alvinegro Robinson de Castro e os diretores Lavor Neto (Marketing), João Studart (Assuntos Comerciais), os representantes da Luarenas (Consórcio responsável pela gestão da Arena Castelão) Aymeric Magne e Flávio Portela e o Secretário de Esportes do Estado Jeová Mota.

“O nosso Diretor de Assuntos Comerciais, que é o João Studart, tem muita habilidade para negociar e desde que o Ceará soube do interesse da Arena Castelão nós delegamos a ele para conduzir esse processo, sendo acompanhado pelos departamentos Jurídico, Marketint, Financeiro e conseguimos chegar a um denominador comum. Foi bom porque à medida que o público aumenta, o Ceará ganha mais e quando o público é menor, o clube ganha menos, mas tendo uma base mínima… Teremos também um camarote personalizado para o Ceará, além de um vestiário customizado, com as cores do clube e muito mais. Estou muito satisfeito com mais essa parceria”, afirmou o Presidente Robinson de Castro.

“Vamos realizar promoções, ativações e muito mais para que esses jogos de futebol não sejam apenas 90 minutos em campo, mas sim mais uma forma de lazer, entretenimento e espetáculo para que as famílias voltem aos estádios para poder se divertir, além de torcer pelo seu time do coração e acompanhar um grande jogo”, avaliou o Diretor de Marketing Lavor Neto.

A parceria foi favorável não só para o Vozão, mas também para os gestores da Arena, que agradeceram. “Todos nós ficamos felizes com a confiança que o Ceará teve na gente. Foi uma negociação tranquila e a nossa expectativa é de que tudo aconteça da melhor forma possível. As duas partes vão ganhar com isso”, afirmou Aymeric Magne.

Responsável direto pela negociação, o Diretor de Assuntos Comerciais João Studart comemorou. “Quero muito agradecer ao Aymeric e ao Flávio, que sempre estiveram com a gente nas negociações e nos ajudaram muito, afinal nós sempre buscamos o melhor para as duas partes. É uma alegria para o Ceará trazer de novo o seu torcedor para a Arena Castelão. Eles comemoram e a gente também, afinal temos novamente a Arena Castelão como nossa casa”.

A expectativa de todos é que a parceria firmada entre Ceará Sporting Club e Arena Castelão seja um sucesso. Vale lembrar que as receitas destinadas ao clube serão variáveis, de acordo com a presença de público nos jogos, além da cota da bilheteria, ou seja, quanto mais alvinegros nas arquibancadas, mais lucro para o maior time do Estado, por isso, torcedor do Vozão, vamos sempre lotar o Castelão, pois o Ceará precisa desse apoio para garantir o cumprimento dos investimentos realizados.

 

Site do Ceará Sporting Club

Eurico Miranda, do Vasco, diz que irá brigar com a Globo por novo contrato

Eurico Miranda, do Vasco, diz que irá brigar com a Globo por novo contrato

Divulgação

.

Eleito presidente do Vasco da Gama e de volta depois de vários anos afastado do clube, Eurico Miranda já tem planos para o seu novo mandato, que vai até o ano de 2017.

Em entrevista para o jornal Folha de São Paulo, o cartola afirmou que irá brigar com a Globo para que o Vasco tenha um novo contrato de cotas para televisão.

Segundo Eurico, a medida é para que o futebol brasileiro não entre em processo de “espanholização”, em clara referência à superioridade de Real Madrid e Barcelona na Espanha: “Esse processo de espanholização do futebol brasileiro tem de acabar. Eu não posso chegar e concordar que dois clubes tenham uma diferença astronômica dos outros. Só isso”.

Eurico Miranda ainda afirma que vai negociar os valores repassados pelo pay-per-view, que também é injusto sob sua ótica, já que a torcida do Vasco é uma das quatro maiores do país: “Sei a força do Vasco e tenho argumentos para discutir. O que não pode é querer empurrar goela abaixo para mim que o Vasco é a quinta, sexta torcida. Isso não vão empurrar nunca, não há hipótese”.

O dirigente tem históricos de problemas de diálogo com a direção de esportes da Globo. A história mais famosa aconteceu em 2000, na final da Copa João Havelange, o Campeonato Brasileiro daquele ano. No dia 30 de dezembro de 2000, o alambrado do estádio São Januário acabou caindo, e o jogo foi interrompido. Porém, Eurico queria continuar a partida e argumentou que a culpa da interrupção era da Globo, que não gostaria de mudar sua grade.

Em retaliação, no jogo remarcado, que aconteceu no dia 17 de janeiro de 2001, o cartola colocou o logo do SBT na camisa do time, para que a emissora carioca mostrasse o concorrente.

Eleito presidente do Vasco da Gama e de volta depois de vários anos afastado do clube, Eurico Miranda já tem planos para o seu novo mandato, que vai até o ano de 2017.

Em entrevista para o jornal Folha de São Paulo, o cartola afirmou que irá brigar com a Globo para que o Vasco tenha um novo contrato de cotas para televisão.

Segundo Eurico, a medida é para que o futebol brasileiro não entre em processo de “espanholização”, em clara referência à superioridade de Real Madrid e Barcelona na Espanha: “Esse processo de espanholização do futebol brasileiro tem de acabar. Eu não posso chegar e concordar que dois clubes tenham uma diferença astronômica dos outros. Só isso”.

Eurico Miranda ainda afirma que vai negociar os valores repassados pelo pay-per-view, que também é injusto sob sua ótica, já que a torcida do Vasco é uma das quatro maiores do país: “Sei a força do Vasco e tenho argumentos para discutir. O que não pode é querer empurrar goela abaixo para mim que o Vasco é a quinta, sexta torcida. Isso não vão empurrar nunca, não há hipótese”.

O dirigente tem históricos de problemas de diálogo com a direção de esportes da Globo. A história mais famosa aconteceu em 2000, na final da Copa João Havelange, o Campeonato Brasileiro daquele ano. No dia 30 de dezembro de 2000, o alambrado do estádio São Januário acabou caindo, e o jogo foi interrompido. Porém, Eurico queria continuar a partida e argumentou que a culpa da interrupção era da Globo, que não gostaria de mudar sua grade.

Em retaliação, no jogo remarcado, que aconteceu no dia 17 de janeiro de 2001, o cartola colocou o logo do SBT na camisa do time, para que a emissora carioca mostrasse o concorrente.

 

NaTelinha;;

Luiz Fernando Guimarães não renova com a Globo após 35 anos; entenda

Apesar disso, ele deverá continuar trabalhando na emissora.

Luiz Fernando Guimarães não renova com a Globo após 35 anos; entenda

Seguindo sua nova estratégia de contratos, com o intuito de reduzir gastos e otimizar o seu orçamento, a Globo perdeu mais um ator no seu quadro de contratos fixos e de longo prazo.

Trata-se de Luiz Fernando Guimarães, que tinha 35 anos de trabalhos dedicados exclusivamente à Rede Globo de Televisão. Ele não teve seu contrato renovado, porém deverá ter novos trabalhos na emissora.

Para o NaTelinha, a Central Globo de Comunicação afirmou que continua contando com Luiz Fernando para os programas, apenas com o regime de relação contratual alterado. “A Globo mantém um quadro fixo de cerca de 500 atores em regime de contrato prazo longo. Tem um contingente desse banco que é renovado periodicamente. Há contratos prazo longo que passam a ser contratos por obra certa, da mesma maneira, que contratos obra certa podem se tornar contratos de prazo longo”.

A CGC ainda afirmou que essa alternância permite que a Globo tenha uma oxigenação natural.

Luiz Fernando tem um grande histórico de novelas e seriados na Globo. A sua primeira trama foi “Uma Rosa comAmor”, de 1972, mas seu primeiro papel de destaque aconteceu apenas em 1984, quando foi o vigarista Miro em “Vereda Tropical”. Também atuou em “Cambalacho”, em 1986. Depois disso, só voltou às novelas em 2000, em uma participação em “Uga Uga”, e 2011, quando fez “Cordel Encantado”.

Já em seriados, Luiz Fernando é uma das presenças mais importantes da Globo. Ele atuou no inovador “TV Pirata”, “Comédia da Vida Privada”, “Dicas de Um Sedutor”, dentre outros.

Seu maior sucesso foi com Fernanda Torres, entre 2001 e 2003, em “Os Normais”, onde interpretou Rui. Outro grande sucesso foi “Minha Nada Mole Vida”, onde interpretou Jorge Horário, um colunista social da televisão. Também fez a polêmica minissérie “Decadência”, de Dias Gomes.

Seu último trabalho na Globo foi no início deste ano, onde fez parte do elenco do humorístico

NaTelinha

 

Juliana Paiva renova contrato com a Globo por mais quatro anos

Juliana Paiva renova contrato com a Globo por mais quatro anos

Divulgação/TV Globo

Em alta na Globo desde que foi um dos principais destaques da novela “Malhação”, no ano passado, a atriz Juliana Paiva acaba de renovar seu contrato com a emissora.

No ar atualmente como a protagonista Lili de “Além do Horizonte”, ela assinou por mais quatro anos.

Juliana esteve no Fashion Rio na noite da última quarta (09) e falou sobre o assunto: “Renovei meu contrato com a Globo, graças a Deus, por mais quatro anos. Agora quero tirar férias. Quero trabalhar, lógico, mas vou ver se consigo viajar. Cancun é uma ideia. Não sei se vai dar certo, se vai rolar. Mas eu emendei ‘Malhação’ com ‘Além do Horizonte’ e só tive dez dias de descanso”.

Devido ao trabalho, a atriz contou que está precisando deixar alguns projetos de lado, e citou um deles: “A Lili tomou conta de mim. Mas é normal, a gente vai adiando as coisas. Por exemplo, carteira de motorista. Tenho 21 anos e ainda não tirei por conta das gravações. São planos que vão ficando pra depois”.

Juliana Paiva ganha contrato longo com a Globo no meio de uma nova fase da emissora, que está trabalhando com mais atores apenas por obras. Nos últimos dias, Carolina Kasting, que teve “Amor à Vida” como última novela, não renovou com o canal e agora seguirá apenas recebendo por trabalhos.

NaTelinha

Insatisfeito, Santos quer renegociar contrato de futebol com a Globo

Santos logo.svg

Um dos times de futebol mais populares e renomados do país, o Santos está insatisfeito com o atual modelo de negociação da Globo para adquirir os direitos de transmissão dos campeonatos.

Segundo o jornal “Folha de S.Paulo”, o atual presidente do alvinegro praiano, Odílio Rodrigues, quer uma nova mudança de formato na roda de negociações para os direitos.

Uma das maiores reclamações de Odílio é que o clube recebe pouco dinheiro e seus jogos quase não são exibidos em televisão aberta.

O comandante disse para amigos próximos que é favorável à volta das negociações coletivas, como era na época que existia o Clube dos 13, que foi implodido em 2011, quando sem concorrência de Globo e Record, os direitos chegaram a ser vendidos para a RedeTV!, porém, os clubes recusaram a venda e, um por um, negociaram contrato com a emissora carioca.

Neste ano, o futebol na Globo tem marcado médias entre 14 e 20 pontos na Grande São Paulo, uma das mais baixas dos últimos anos. Porém, vale lembrar que nenhum time paulista disputa a Copa Libertadores este ano, o que ajudou os números a abaixarem.

 

NaTelinha

Mesmo sem contrato exclusivo com a Warner, SBT quer manter suas séries

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/84159344827ae592560a4fb3d3a3b00d.jpg

 

Em uma parceria que vem desde o fim dos anos 90, o contrato entre o SBT e a Warner não deverá ser renovado no final do ano.

Com o incremento da base de assinantes da TV a cabo e do surgimento de locadoras on-line, que cobram um determinado valor por um número ilimitado de acessos, os índices de audiência das sessões na TV aberta despencaram ao longo dos anos.

Comenta-se que o SBT paga cerca de R$ 30 milhões pelo contrato exclusivo com a Warner, o que não estaria valendo a pena.

A ideia da emissora de Silvio Santos é passar a comprar pacotes separados da produtora, o que saíria mais barato.

Mesmo assim, segundo informações da coluna “Outro Canal”, o SBT pretende manter no ar as principais séries da Warner, como “The Big Bang Theory”, “True Blood”, entre várias outras, que vêm sendo exibidas durante a madrugada.

Desta forma, para os telespectadores, o fim da parceria exclusiva da emissora com a produtora mudará muito pouco.

 

NaTelinha

“Meu futuro está absolutamente indefinido”, diz Adriane Galisteu

Apresentadora está sem contrato com nenhuma emissora de TV aberta

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/9f85c43cde03510298dc2bda2d2d0a47.jpg

Em entrevista ao site “IG Gente”, a apresentadora Adriane Galisteu falou sobre seu futuro na televisão e também fez comentários sobre seu amigo Gominho, da época do programa “Muito +”.

Gominho está confinado na sexta temporada de “A Fazenda”, da Record, e Galisteu está na torcida por ele. “Fiquei muito feliz que ele entrou, porque ele precisa muito desse dinheiro. Ele é muito diferente daquele cara do programa, é uma pessoa muito doce, tímida, mas administra bem, tem humor para isso”, disse ela.

A loira considera o rapaz um dos favoritos a ganhar o prêmio de R$ 2 milhões, mas ainda apontou: “Acho Rita Cadillac e Scheila Carvalho também muitos fortes”.

Sobre sua carreira, Adriane deixou a Band no final de maio após o fim de seu contrato. Na época, ela finalizou as gravações do reality “Quem quer casar com o meu filho?”, que foi engavetado pela emissora e ainda não tem qualquer previsão de estreia.

“Meu advogado tem uma reunião na emissora, será a quinta já. Porque estou precisando disso até pra poder procurar emprego ou não, né? Preciso saber o que vai acontecer, qual a decisão da Band, para eu poder tomar uma decisão na minha vida profissional”, desabafou.

Galisteu não falou sobre os boatos de sua possível ida para Record ou SBT, e garantiu que seu futuro está indefinido na televisão: “O problema não é ficar fora do ar, mas tenho amor pelo que eu faço e não vejo a hora de voltar. Mas só posso saber depois que a Band me liberar. Mas ainda estou discutindo essa questão com ela. Meu futuro está absolutamente indefinido”.

Vale lembrar que a loira está no ar na TV paga, onde apresenta o programa “Paixões Perigosas”, no canal Investigação Discovery (ID).

NaTelinha