Casa alvinegra: Ceará e Arena Castelão firmam parceria até maio de 2017

Em 2016, o CSC ainda fará 70% dos seus jogos no Castelão

"Foi bom porque à medida que o público aumenta, o Ceará ganha mais", disse Robinson de Castro

“Foi bom porque à medida que o público aumenta, o Ceará ganha mais”, disse Robinson de Castro
(Foto: Rafael Barros / cearasc.com)

Na manhã desta terça-feira, 15/03, o torcedor do Mais Querido ganhou mais uma ótima notícia, afinal o Ceará Sporting Club assinou contrato com a Arena Castelão, que a partir de agora está garantida como casa alvinegra até maio de 2017. Nesta temporada, o Alvinegro ainda fará 70% dos seus jogos no Castelão e próximo ano a expectativa é que mais de 50% das partidas também aconteçam na Arena.

O contrato com o estádio foi assinado em entrevista coletiva realizada na própria sala de imprensa do Castelão, onde estiveram o Presidente Alvinegro Robinson de Castro e os diretores Lavor Neto (Marketing), João Studart (Assuntos Comerciais), os representantes da Luarenas (Consórcio responsável pela gestão da Arena Castelão) Aymeric Magne e Flávio Portela e o Secretário de Esportes do Estado Jeová Mota.

“O nosso Diretor de Assuntos Comerciais, que é o João Studart, tem muita habilidade para negociar e desde que o Ceará soube do interesse da Arena Castelão nós delegamos a ele para conduzir esse processo, sendo acompanhado pelos departamentos Jurídico, Marketint, Financeiro e conseguimos chegar a um denominador comum. Foi bom porque à medida que o público aumenta, o Ceará ganha mais e quando o público é menor, o clube ganha menos, mas tendo uma base mínima… Teremos também um camarote personalizado para o Ceará, além de um vestiário customizado, com as cores do clube e muito mais. Estou muito satisfeito com mais essa parceria”, afirmou o Presidente Robinson de Castro.

“Vamos realizar promoções, ativações e muito mais para que esses jogos de futebol não sejam apenas 90 minutos em campo, mas sim mais uma forma de lazer, entretenimento e espetáculo para que as famílias voltem aos estádios para poder se divertir, além de torcer pelo seu time do coração e acompanhar um grande jogo”, avaliou o Diretor de Marketing Lavor Neto.

A parceria foi favorável não só para o Vozão, mas também para os gestores da Arena, que agradeceram. “Todos nós ficamos felizes com a confiança que o Ceará teve na gente. Foi uma negociação tranquila e a nossa expectativa é de que tudo aconteça da melhor forma possível. As duas partes vão ganhar com isso”, afirmou Aymeric Magne.

Responsável direto pela negociação, o Diretor de Assuntos Comerciais João Studart comemorou. “Quero muito agradecer ao Aymeric e ao Flávio, que sempre estiveram com a gente nas negociações e nos ajudaram muito, afinal nós sempre buscamos o melhor para as duas partes. É uma alegria para o Ceará trazer de novo o seu torcedor para a Arena Castelão. Eles comemoram e a gente também, afinal temos novamente a Arena Castelão como nossa casa”.

A expectativa de todos é que a parceria firmada entre Ceará Sporting Club e Arena Castelão seja um sucesso. Vale lembrar que as receitas destinadas ao clube serão variáveis, de acordo com a presença de público nos jogos, além da cota da bilheteria, ou seja, quanto mais alvinegros nas arquibancadas, mais lucro para o maior time do Estado, por isso, torcedor do Vozão, vamos sempre lotar o Castelão, pois o Ceará precisa desse apoio para garantir o cumprimento dos investimentos realizados.

 

Site do Ceará Sporting Club

Fortaleza pede à CBF para mandar todos os jogos da Série C na Arena Castelão

Torcida tricolor terá pelo menos nove partidas na nova casa  (Foto: Bruno Gomes/Diário do Nordeste)

A diretoria do Fortaleza solicitou à CBF para que todas as partidas do time na Série C do Campeonato Brasileiro seja marcadas para a Arena Castelão. O clube tricolor tem contrato com a Luarenas, administradora do Estádio.

A competição nacional tem nove jogos para o Fortaleza na primeira fase como mandante. A partir da segunda etapa, caso se classifique, ocorrem jogos de ida e volta nas quartas de finais, semifinais e finais. Podendo obter mais três duelos em casa.

Ano passado, a equipe leonina fez 10 partidas pela Série C como mandante, mesmo ainda sem ter o contrato assinado com a Luarenas, foram seis partidas no Castelão.

O primeiro jogo do Fortaleza em casa será dia 23 de maio, contra o Vila Nova. Na tabela da CBF, a partida ainda está marcada para o PV. O Tricolor estreia neste domingo, 17, em Juazeiro do Norte, contra o Icasa, às 19h, com transmissão ao vivo da TV Brasil.

Mário Kempes – Diário do Nordeste – 15/05/2015

Ceará x Bahia: renda ultrapassa R$ 1,6 milhão e só há entrada para camarotes e visitantes

Time alvinegro vai jogar com o Castelão lotado na quarta-feira (Foto: Christian Alekson/Cearasc.com)

O diretor administrativo do Ceará, Raimundo Pinheiro, confirmou ao Blog que todos os ingressos (destinados à torcida alvinegra) para a segunda partida da decisão da Copa do Nordeste, quarta-feira, às 22h, no Castelão, foram vendidos.

A renda da partida já ultrapassou R$ 1,6 milhão e deve chegar ou superar a casa de R$ 1,9 milhão.

Por outro lado, mesmo sem ingressos para cadeiras superior e inferior e para os setores premium e especial, ainda há possibilidade de o torcedor poder acompanhar o duelo, que vale o título da Copa do Nordeste.

O Ceará montou uma verdadeira operação nas lojas oficiais do clube para que o torcedor renove ou faça a adesão ao programa de sócio-torcedor. Há vários planos disponíveis.

A outra forma é pagar R$ 300 para a entrada no camarote, que dá direito a vaga de estacionamento, comida e bebida (não alcoólica) liberadas. Cerca de 900 entradas para camarotes estão sendo comercializadas.

Já a informação sobre o número de ingressos vendidos não foi confirmada. A diretoria do Ceará deixou uma quantidade (também não revelada) para seus torcedores oficiais, que pode aumentar com as novas adesões e renovações.

Sobre ingressos para visitantes, a partir da quarta-feira, às 10, na bilheteria 3 do Castelão, naRua Paulino Rocha, estarão sendo vendidos 1.600 bilhetes para torcida do Bahia.

Os ingressos só poderão ser vendidos se o torcedor apresentar documento de identidade que comprove ter nascido no estado baiano ou que o identifique como sócio do clube.

 

Diário do Nordeste – 27/04/2015

Veja os gols de Fortaleza 2 x 1 Ceará – primeiro jogo da final do Campeonato Cearense 2015

No Clássico-Rei de ida, Vozão perde e precisa vencer no próximo domingo

Todos os gols da partida aconteceram no primeiro tempo

Site do Ceará Sporting Club

Arena Castelão confirma rescisão de contrato e multa ao Ferroviário

O Blog havia tentado uma resposta da Luarenas sobre a iniciativa do Ferroviário em processar a administradora por não receber os valores do contrato de exclusividade.

A Luarenas informou, via assessoria de comunicação, que rescindiu contrato com o Ferroviário, devido ao clube  “descumprir cláusula contratual e multas foram impostas”. A gestora da Arena Castelão disse ainda vai buscar uma reunião com os dirigentes do Peixe.

Confira a resposta da administradora:

“A Luarenas, empresa responsável pela gestão da Arena Castelão, informa que, por determinação da Justiça do Trabalho, créditos a que o Ferroviário Atlético Clube teria direito por força contratual foram depositados judicialmente.

Por descumprimento de cláusula contratual, multas foram impostas ao clube e, por consequência, houve a rescisão contratual.

A administradora está em busca de uma reunião para apuração de eventuais créditos a receber tanto para Arena Castelão ou para o Ferroviário Atlético Clube”.

Com o fim do vínculo com o Ferroviário, o Castelão não possui mais nenhuma parceria com os clubes cearenses. O Peixe havia sido o primeiro a firmar contrato de exclusividade, em 2013.

No mesmo ano, o Ceará também acertou contrato até 2018, mas com a mudança de administração da Arena (saiu a Galvão Engenharia e entrou a  BWA), teve seu vínculo rescindido.

Já o Fortaleza só fechou parceria no segundo semestre do ano passado, mas acabou não renovando para 2015.

 

Blog do Mário Kempes – 10/01/2015

Arena Castelão diz que há desejo de parceria e aguarda clubes para firmar acordo

Sem mais nenhum torneio internacional para sediar, a Arena Castelão terá, pela primeira vez, desde sua inauguração em janeiro de 2013, todo o ano para se planejar e ficar à disposição dos clubes cearenses.

Depois de passar por intervenção do Governo do Estado e retomar o comando do complexo, a Luarenas (empresa formada pelo consórcio entre a BWA e o o grupo francês Lagardère) pode voltar a firmar parceria com Ceará e Fortaleza.

Da acordo com a assessoria de comunicação da gestora do Castelão, há o desejo de fechar acordo com as duas equipes mais populares do Estado.

“Embora haja a intenção de acertos de contratos com os times, ainda não existe formalização. A administradora está à disposição para conversar com os representantes dos times e informa que o assunto será retomado no início do próximo ano”, informou por email a Arena.

O 2014 poderia ter sido um ano espetacular para a Luarenas. Recebeu seis jogos da Copa do Mundo, com duas partidas da Seleção Brasileira, e terminou o ano com os dois maiores públicos do futebol nacional.

No entanto, ao longo de 2014, acabou rompendo contrato com o Ceará, o que indignou a diretoria e os torcedores do clube alvinegro, o acordo com o Fortaleza só ficou em quatro jogos e por último sofreu intervenção do Governo do Estado, que alegou má administração.

Com a retomada da gestão, a Luares poderá recomeçar 2015 com o pé direito e com isso contribuir para o desenvolvimento do futebol cearense. Vale lembrar que no dia 3 de fevereiro, o Castelão vai receber a abertura da Copa do Nordeste, com o clássico Ceará e Fortaleza.

Blog do Mário Kempes – Diário do Nordeste – 23/12/2014