Palmeiras 0 x 0 Atlético Mineiro

DESTAQUE

NADA DE GOLS

No duelo entre dois dos mais fortes times do Brasil, se esperava muito mais. Mas Palmeiras e Atlético-MG ficaram num empate sem gols, neste domingo, no estádio do Verdão, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Os dois times criaram algumas chances de gol. Principalmente, os donos da casa, que viram Victor defender um pênalti cobrado por Willian na primeira etapa. Na outra meta, Prass também fez o seu papel, e o zero não saiu do placar, mesmo com atacantes de peso como Borja, Fred e Robinho em campo.

DESTAQUE

O JOGO

Os primeiros 45 minutos foram de total domínio do Palmeiras. Aproveitando a desorganização do Atlético-MG, o time da casa foi pra cima e criou as melhores chances. Aos 14, Keno acertou o travessão do Galo após envolvente trama ofensiva. Mesmo pior, a equipe mineira enfrentava dificuldades para sair, mas quase chegou ao gol com Egídio, que cortou cruzamento de Fred e, por pouco, não marcou contra.

Melhor em campo, o Palmeiras teve sua grande chance no final da primeira etapa. Fred fez pênalti em Edu Dracena, mas Willian bateu mal, e lá estava Victor para defender a cobrança.

O filme da primeira etapa se repetiu no segundo, mas com o Atlético-MG um pouco mais organizado. Borja entrou no Verdão, deu uma sacudida, mas não marcou. O time alvinegro só chegou com perigo após as entradas de Rafael Moura, Valdívia e Maicosuel. Com os dois últimos, o Galo teve seu melhor momento no jogo e só não abriu o placar porque Fernando Prass fez boas defesas, garantindo o 0 a 0 no placar.

DESTAQUE

COMO FICA

Com seu primeiro empate neste Brasileirão, o atual campeão, Palmeiras, foi aos quatro pontos, e ocupa provisoriamente a 12ª colocação na tabela. Ainda sem vencer, o Galo conheceu seu terceiro empate, e está na zona de rebaixamento, com três pontos, na 17ª posição, passadas quatro rodadas.

DESTAQUE

O CARA

Victor foi o nome do jogo ao defender a cobrança de pênalti de Willian, no fim do primeiro tempo. O goleiro do Galo já havia parado o atacante quando ele vestia a camisa do Cruzeiro, em 2015, no grande clássico mineiro.

DESTAQUE

VAIAS

A torcida do Palmeiras não gostou nada do empate sem gols com o Atlético-MG, em casa, e vaiou o time após o apito final do árbitro Marcelo de Lima Henrique.

DESTAQUE

FELIPE MELO NA RESERVA

Um dos principais líderes do elenco do Palmeiras, o experiente volante perdeu a posição no time titular de Cuca para Thiago Santos e ficou o jogo todo no banco de reservas.

DESTAQUE

INVENCIBILIDADE EM CASA

Com o empate com o Galo, o Palmeiras completou 25 partidas sem perder no seu estádio.  A última derrota foi justamente para o clube mineiro, pelo primeiro turno do Brasileirão do ano passado. Desde então foram 19 vitórias e seis empates

DESTAQUE

PÚBLICO E RENDA

Público: 34.240 torcedores
Renda: R$ 2.118.118,74

DESTAQUE

PRÓXIMOS JOGOS

As duas equipes voltam a campo pelo Brasileirão na próxima quarta-feira. Às 19h30, no Couto Pereira, em Curitiba, o Palmeiras encara o Coritiba. No mesmo horário, mas na Arena Independência, o Atlético-MG encara o Avaí.

GLOBO ESPORTE.COM

Atlético justifica estádio vazio mesmo com o time brigando pela ponta: “Culpa do Corinthians”

Parece até jogo do Botafogo (FOTO: Gilson Kleina)

Parece até jogo do Botafogo
(FOTO: Gilson Kleina)

Um time que está disputando a ponta do Brasileirão deveria lotar os seus jogos, ter disputa por ingressos e ter a torcida incentivando o tempo todo, certo? Certo. Mas não no caso do Atlético-MG. O time venceu o Avaí nesta quarta-feira, no Independência, mas teve um público pífio. Ao ser questionado se a torcida estava deixando a desejar, Levir Culpi explicou o verdadeiro motivo de poucos torcedores comparecerem no estádio:

“A culpa é do Corinthians. O campeonato está manchado. Porque os torcedores não vem nos nossos jogos? Com certeza tem uma conspiração por parte da imprensa paulista, apoiando o Corinthians, e prejudicando o Galo, que só quer jogar um bom futebol”, disse o técnico do time mineiro.

A equipe investigativa do Olé do Brasil foi às ruas de Minas Gerais entender esta situação e descobriu que Levir Culpi está errado. Segundo o torcedor atleticano, Juanfran Goassado, o jogo contra o Avaí foi um protesto: “O estádio do América é verde-e-branco, cores do rival do Corinthians. Então fizemos um mosaico apoiando o Palmeiras, para cutucar o Corinthians”.

Independente disto, Levir Culpi viu o lado positivo na ausência da torcida: “Quando dou uma orientação, os jogadores ouvem mais fácil”.

 

Pilotos fazem greve após imagens do Atlético-MG surgirem em aeroporto: “Risco de queda muito grande”

Estrangeiros se perguntavam: é o Time do Ronaldinho? (FOTO: Cuca)

Estrangeiros se perguntavam: é o Time do Ronaldinho?
(FOTO: Cuca)

Visando divulgar sua marca e tentar apagar o vexame ocorrido diante do Raja, o Atlético-MG realizou uma ousada ação de marketing no Aeroporto Internacional de Confins. Diversas imagens do clube foram expostas no local, assustando passageiros e, principalmente, funcionários das principais companhias aéreas brasileiras.

Enquanto se notava muito corre-corre de passageiros desistindo de embarcar e cancelando a compra de passagens e pacotes de viagem, os pilotos se reuniam no saguão do aeroporto para protestar e anunciar a realização de uma greve. Temendo uma tragédia, o porta-voz do grupo, Glenn Quagmire, conversou com o Olé do Brasil.

“Eu tenho mais de 20 anos de experiência e nunca vi tamanha irresponsabilidade, nunca vi empresas brincarem com a vida das pessoas desta forma. Enquanto não retirarem estas imagens, que para mim são imãs que levam o avião para o solo, não levantaremos voo. É melhor retirarem todas as imagens do Atlético-MG daqui”, disse Glenn.

A direção do aeroporto deve exibir imagens do Cruzeiro, para deixar pilotos e passageiros 100% tranquilos: “Aí não cai de jeito nenhum”.

 

Pratto posta foto para tentar zoar o Cruzeiro, mas acaba zoando o Atlético Mineiro

Só resta pedir perdão pelo vacilo (FOTO: Leandro Guerreiro)

Só resta pedir perdão pelo vacilo
(MONTAGEM: Wellington Paulista)

O centroavante Pratto postou uma foto no Instagram com a camisa do Galo e com uma faixa diagonal vermelha, alusiva à camisa do River Plate, com o intuito de zoar o Cruzeiro, que foi eliminado pela equipe argentina da Copa Libertadores.

Contudo, a zoeira saiu pela culatra, já que a camisa também remete ao Internacional, clube que eliminou o Atlético-MG da Libertadores.

Para piorar, a autozoeira não para por aí. Pratto postou a foto numa segunda, no 01/06. É pouca gafe? Os atleticanos ficaram extremamente irritados com a brincadeira mal planejada e protestaram nas redes sociais.

“Por que não posta uma foto com a camisa do Raja Casablanca? Por que não mostra uma carnê de uma viagem que fez para o Marrocos? Ou quem sabe por que ele não faz uma foto falando sobre a Série B? Não entendi essa brincadeira de mau gosto feita pelo jogador, que ainda não marcou gols no Brasileirão”, cutucou o atleticano Anselmo Flores, o Pintinho.

Na foto de Pratto com a camisa do Galo e a faixa do River Plate, constam aproximadamente 187 Séries B.

 

REVIRAVOLTA: Contratação de Pratto pelo Atlético Mineiro pode não acontecer

Pratto com fome de zoeira (FOTO: Tallher)

Pratto com fome de zoeira
(FOTO: Tallher)

Reviravolta no mercado do futebol é tão comum quanto pênalti para o Corinthians. O Atlético-MG, que já pagou micos incríveis, como no caso do francês Anelka, pode está perto de passar pelo mesmo vexame novamente.

A Defesa Civil de Minas Gerais entrou com um recurso para vetar a contratação do atacante Lucas Pratto ou de qualquer outro jogador argentino pelo Galão da Massa. Com embasamento científico e argumentos incontestáveis, o superintendente da entidade, José Maria, explicou:

“Veja bem, os cruzeirenses tremem toda vez que veem uma camisa do Galo ou um time argentino na frente: o Atlético já tem o Dátolo, que provoca um pequeno tremor de terra em Minas Gerais. Projeções mostram que se mais um argentino estiver no time, teremos um terremoto de magnitude 7 em Belo Horizonte”, disse.

Caso o Atlético escale Pratto, uma suspensão de dois anos será aplicada, para alegria de corintianos, flamenguistas e cruzeirenses.

 

Corinthians enfrentará o Once Caldas na primeira fase da Libertadores

Campeão colombiano, Santa Fé entra no grupo do Atlético Mineiro, e Emelec, que venceu o Equatoriano, jogará na chave do Internacional.

O Corinthians já sabe quem vai enfrentar na primeira fase da Copa Libertadores: o Once Caldas, da Colômbia. A equipe ficou com a vaga por causa da pontuação total que conseguiu nos torneios nacionais em todo o ano. Quem avançar entrará no Grupo 2, que tem São Paulo, o atual campeão San Lorenzo, e o Danubio, do Uruguai. O Santa Fé conquistou o Campeonato Colombiano neste domingo e completou o Grupo 1 de Atlético Mineiro, Colo Colo, do Chile, e Atlas, do México.

info grupos libertadores - 3 (Foto: infoesporte)

O Internacional teve mais um adversário do Grupo 4 confirmado. O Emelec venceu o Campeonato Equatoriano e se junta ao Colorado e ao Universidad de Chile. Morelia, do México, e The Strongest, da Bolívia, brigam pelo último posto da chave. No Grupo 6, o Juan Aurich, vice-campeão peruano, medirá forças com River Plate, os bolivianos do San Jose, e o mexicano Tigre.

O Barcelona, derrotado pelo Emelec na decisão do Equatoriano, terá como adversários no Grupo 7 Atlético Nacional (Colômbia), Libertad (Paraguai) e o vencedor de Independiente del Valle (Equador) x Boca ou Independiente (Argentina). Campeão peruano, o Sporting Cristal vai para o Grupo 8 e enfrentará Racing (Argentina), Guarani (Paraguai), e quem levar a melhor no duelo entre Deportivo Táchira (Venezuela) e Cerro Porteño (Paraguai).

O Palestino goleou o Santiago Wanderers por 6 a 1, venceu um playoff entre as quatro melhores equipes do Torneio Apertura do Chile (com exceção do campeão Universidad de Chile, já classificado para a Libertadores) e jogará contra o Nacional, do Uruguai, em busca de uma vaga no Grupo 5, de Zamora (Venezuela), Boca ou Vélez (Argentina), e Wanderers (Uruguai).

Restam apenas duas vagas na Libertadores de 2015, e as duas são da Argentina. Donos das melhores campanhas da temporada 2013/2014, além dos campeões dos torneios nacionais, Boca Juniors e Vélez Sarsfield se enfrentarão no dia 28 de janeiro, em jogo único que será realizado em Mar del Plata. Se os xezeneizes vencerem, entrarão diretamente no Grupo 5, e a vaga no Jogo 2 da primeira fase contra o Independiente del Valle ficará com o Estudiantes. Se o Vélez levar a melhor, vai para o Grupo 5, forçando o Boca a jogar a fase inicial.

 

GLOBO ESPORTE.COM

Cruzeirenses confundem Mineros com Atlético, têm tremedeira e são hospitalizados

Tardelli, um dos principais motivos da tremedeira (FOTO: Luan)

Tardelli, um dos principais motivos da tremedeira
(FOTO: Luan)

A edição de 2015 da Taça Libertadores da América promete ser emocionante e já causou alguns estragos. O sorteio realizado na terça-feira colocou o venezuelano Mineros no grupo do Cruzeiro. O fato causou uma pequena confusão, mas com grandes consequências.

Os cruzeirenses – e, neste grupo, inclua dirigentes, jogadores e torcedores -, pensaram que o Mineros era, na verdade, o Atlético, seu maior rival e carrasco, que é chamado por muitos de Atlético Mineiro. A associação fez com que a tradicional tremedeira celeste voltasse, mas desta vez mais forte ainda, levando diversos cruzeirenses para o hospital.

O diretor do hospital Maria das Dores, House, conversou com o Olé do Brasil após divulgar o último boletim médico: “Muitos cruzeirenses chegaram ao mesmo tempo. Achamos estranho, mas quando notamos que estavam tremendo, constatei: tem dedo do Atlético aí. Não deu outra. Essa grande confusão fez com que a tremedeira fosse tão forte que a estrutura física do hospital ficasse danificada. Até o prédio tremeu e mesmo um profissional como eu se assustou com o caso”, disse.

Ricardo Goulart era um dos mais transtornados. Tremendo muito, o jogador foi internado repetindo a frase: “Quarta-feira tem mais”.