Bom Dia e Companhia e Carrossel ganham 3 novos apresentadores

Junto e misturado

A programação infantil do SBT, “Bom Dia” e “Carrossel”, passam a partir de hoje a contar com a apresentação da Silvia Abravanel e das crianças Ana Júlia e Matheus Ueta. A mosquinha azul, como se observa, pegou a Silvinha com jeito.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Ana Julia e Matheus Ueta voltam a apresentar o Bom Dia & Cia depois de amanhã

Por DANIEL CASTRO, em 24/07/2015 · Atualizado às 14h38

O juiz Flavio Bretas Soares, do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, reconsiderou a decisão que proibiu Matheu Ueta, 11 anos, e Ana Julia, 8, de apresentarem o programa infantil Bom Dia & Cia., do SBT. Após analisar parecer favorável do Ministério Público do Trabalho, o magistrado resolveu conceder novo alvará para que Ueta e Ana Julia voltem a trabalhar na TV, desde que a carga não ultrapasse quatro horas diárias de permanência na emissora e que não afete o desempenho escolar.

Ueta e Ana Julia voltam ao ar na próxima segunda-feira (27), 12 dias após o juiz ter supendido o alvará anterior, para análise da carga de trabalho da dupla. As crianças, no entanto, não apresentarão mais sozinhas. Dividirão a atração com a diretora Silvia Abravanel, filha de Silvio Santos, que assumiu o programa às pressas no último dia 15. Silvia foi muito bem avaliada pelos executivos da emissora.

Em recurso apresentado à Justiça do Trabalho, o SBT demonstrou que oferece condições ideais de trabalho para crianças. Comprovou que Ueta e Ana Julia só trabalham das 9h às 11h15. O Bom Dia segue no ar até as 13h30, mas as crianças deixam trechos gravados e saem antes do final da atração para irem para a escola. O SBT também anexou boletins escolares e documentos atestando que oferece a seu elenco mirim psicólogos, fonoaudiólogos, nutricionistas e até professores para aulas extras.

O maior temor do SBT era o de que decisões como a de Bretas Soares impedissem o trabalho de crianças em suas novelas. O mesmo juiz, contudo, já havia concedido alvarás para os atores-mirins de Cúmplices de Um Resgate, próxima novela infantojuvenil da emissora, no ar a partir do próximo dia 3.

O juiz Bretas Soares foi protagonista de outra decisão polêmica. Também neste mês, ele vetou a participação de dois atores-mirins, Matheus Braga, 13, e Kalebe Figueiredo, 10, no espetáculo Memórias de um Gigolô, dirigido por Miguel Falabella.

No último dia 13, Falabella protestou no palco do Teatro Procópio Ferreira, onde o musical está em cartaz: “Uma das razões alegadas foi que a de que o personagem usava a palavra ‘masturbação’ no texto, e que isso poderia prejudicar o desenvolvimento psíquico dos menores. O teatro, senhor juiz, muito pelo contrário, ensina esses dois jovens talentos a dominar a língua, a se expressar com clareza, a aguçar o raciocínio e a olhar o mundo com os olhos da poesia. E o teatro musical ainda por cima lhes ensina a música”.

Silvia Abravanel apresenta brincadeira no Bom Dia & Cia durante suspensão de crianças

Silvia Abravanel

A informação de que a Justiça proibiu o trabalho de Matheus Ueta e Ana Julia foi publicada em primeira mão pelo jornalista Mauricio Stycer, colunista do UOL. Na manhã do dia 15, Silvia apresentou pela primeira vez o programa que até então dirigia. Um tanto apreensiva, cometeu alguns erros, mas a audiência subiu para 6,8 naqule dia, contra 6,2 na quarta-feira anterior (15).

A filha de Silvio Santos, que já havia apresentado programa feminino (Programa Cor de Rosa, em 2004), se comportou como uma mãe. Em seus primeiros dias, chamou a atenção por repetir o bordão “Ai, que delícia!”. Em entrevista à Folha de S.Paulo, disse que teve à frente do programa o mesmo cuidado que tem com as filhas, de 16 e 9 anos. “Eu falo que me sinto como uma mãe do Brasil. A minha responsabilidade é muito grande. Tenho que ser saudável, oferecer uma programação família. É uma responsabilidade acima do normal”, afirmou.

 

 

 

James Akel comenta o fato de ser arriscado Matheus Ueta e Ana Julia voltarem ao Bom Dia & Cia

bomdiaanajuliamatheus

 

A DIFÍCIL E ARRISCADA VOLTA DOS APRESENTADORES DO SBT

Depois que um juiz decidiu pela proibição de crianças apresentando o programa Bom Dia e Cia no SBT, Silvia Abravanel que é diretora da emissora assumiu a apresentação de imediato.

E o que aconteceu foi um notável Ibope que venceu a TV Globo e a TV Record.

Então agora corre na Justiça o pedido de revogação da proibição das crianças.

Existe neste caso um risco de estratégia que costuma acontecer em programa de tv.

Silvia Abravanel foi uma excelente surpresa que deu um Ibope excelente.

Ela deveria continuar apresentando o programa que ficou com outra cara.

Ela é o símbolo da mãe e transmite uma interatividade emocional com as crianças e donas de casa que no horário da manhã são os que dão Ibope.

Criança não tem interatividade com criança porque são competidores entre si.

Se as crianças voltarem a apresentar o programa e não tiverem o mesmo Ibope que Silvia, ficarão desgastados e sem ter o que fazer.

O certo é permanecer Silvia sendo apresentadora e transmitir sua experiência de mãe às crianças e donas de casa todos os dias que ficam na frente da telinha.

 

 

Escrito por James Akel às 06h45 no dia 16 de julho de 2015