“Amor à Vida” exibe primeiro beijo gay na história da TV chilena: “choque”

“Rastros de Mentiras” alcançou o segundo lugar no capítulo final.

O último capítulo da novela “Amor à Vida” gerou muitos comentários no Brasil por causa do beijo gay entre Félix (Mateus Solano) e Niko (Thiago Fragoso), em janeiro do ano passado. O mesmo aconteceu no Chile nesta terça-feira (6), quando o desfecho da trama, chamada de “Rastros de Mentiras”, foi ao ar no Canal 13.
A TV chilena pertence à corporação da Pontifícia Universidade Católica e por isso existia a possibilidade da cena do beijo gay entre o casal não ir ao ar.
Assim como aconteceu no Brasil, o beijo foi exibido de forma inédita na TV chilena e causou muitos comentários além de uma grande repercussão nas redes sociais. O nome da trama chegou ao primeiro lugar dos Treding Topics no Twitter chileno.
Antes da exibição, a imprensa local já especulava sobre o beijo gay. Eles acreditavam que o Canal 13 não iria mostrar, ainda mais pelo horário da novela, no começo da noite a partir das 18h20. Na internet, todos pediam pelo beijo de Félix e Niko, o que foi atendido pela emissora.
“Estou em choque! Mostraram o beijo gay”, escreveu um seguidor no Twitter. Foram poucos os comentários negativos e a comemoração dos telespectadores pela exibição do beijo gay foi quase unânime. “Muito bem, Canal 13, mostrando um beijo gay”, comemorou uma telespectadora na rede social.
Na página oficial da trama no Facebook, os internautas chamaram a cena final de “linda”, agradeceram ao Canal 13 e muitos outros demonstravam bastante emoção com a reconciliação de Félix e César (Antônio Fagundes).
Segundo informações do site Nacíon, a audiência do capítulo final de “Rastros de Mentiras” registrou 9,7 pontos de média, ficando em segundo lugar. O pico foi de 11 pontos às 18h49.
NaTelinha

“Amor à Vida” estreia em janeiro no horário nobre da Argentina

"Amor à Vida" estreia em janeiro no horário nobre da Argentina

Félix (Mateus Solano) no capítulo de estreia de “Amor à Vida” – Divulgação/Globo

Com sua exportação para a Argentina alinhada há vários meses, a Telefe finalmente bateu o martelo e definiu a data de estreia de “Amor à Vida”.
Titulada de “Rastros de Mentiras”, mesmo nome que vem sendo usado para os países de língua espanhola, “Amor à Vida” irá estrear no dia 5 de janeiro e irá ao ar às 23h.
A trama global será responsável por estrear um horário de novelas brasileiras, afinal as produções daqui costumam ir ao ar por lá na faixa vespertina. “Avenida Brasil” foi a única exceção, mas sua exibição ocorria um pouco mais cedo – às 22h.
“Amor à Vida” disputará diretamente com “As Mil e uma Noites”, produção turca que despontou como um dos maiores sucessos da dramaturgia dos últimos anos. A trama, inclusive, foi adquirida pela Band e será exibida no Brasil em breve.
NaTelinha

Argentina: Telefe prepara estreias de “Lado a Lado” e “Amor à Vida”

Argentina: Telefe prepara estreias de "Lado a Lado" e "Amor à Vida"

A Telefe, uma das principais emissoras de TV da Argentina, está preparando a estreia de duas novelas brasileiras para as próximas semanas.

A emissora, que conquistou expressivos índices com “Avenida Brasil”, firmou um acordo de exclusividade com a Globo e acaba de acertar as escalações de “Amor à Vida” e “Lado a Lado”.

Os dois folhetins devem ser lançados num intervalo próximo de dias. Ambas histórias devem ir ao ar à tarde, substituindo “A Vida da Gente” e “Flor do Caribe”.

Nesta decisão, a Telefe surpreende pela escolha de “Lado a Lado”, que não teve bons índices de audiência no Brasil e que também não vem indo bem em Portugal, ainda que por lá já tenha sido exibida na TV fechada.

A trama de João Ximenes Braga e Claudia Lage tem o respaldo do Emmy de Melhor Novela, porém seu texto não é popular como a maioria dos outros produzidos pela Globo.

Já a escolha de “Amor à Vida”, que por lá terá o título de “Rastro de Mentiras”, não surpreende. Há vários meses a Telefe anunciou a novela de Walcyr Carrasco. Restava apenas a decisão de quando sua estreia viria a ocorrer e em que faixa.

NaTelinha

“Império” bate novo recorde negativo em Portugal; novelas da Globo em baixa

Ana Carolina Dias é prova de que é possível ser bela sem muito esforço  (Foto: Felipe Perro / Divulgação)

Ana Carolina Dias interpreta Carmen na novela Império

 

Lançada há duas semanas em Portugal, “Império” segue com instabilidade em seus índices de audiência na SIC.

A apresentação de sua história, feita em um sábado, teve baixos índices. Ao lançada às 22h, viu os números crescerem e serem maiores que os de “Amor à Vida”, que estava em reta final. Agora, sem o suporte da trama de Walcyr Carrasco, a audiência voltou a cair.

Nesta última quarta-feira (29), por exemplo, “Império” amargou 7,9 pontos de média. O índice é bastante inferior aos 11 que “Amor à Vida” tinha em seu decorrer.

A baixa audiência de “Império” também acabou por desestabilizar a única faixa em que uma novela brasileira tinha bons números em Portugal. “Lado a Lado”, por exemplo, teve 4,8 pontos e não empolga como “Salve Jorge”, que tinha 8. “O Rebu”, exibida entre estas duas, tinha entre 4 e 5 pontos.

A maior surpresa segue sendo a reação de “Em Família”, que teve 6,6 pontos de média após várias semanas oscilando na casa dos 5. No entanto, o seu desempenho nos melhores dias ainda é inferior aos da antecessora “Sangue Bom” habitualmente, que tinha entre 7,5 e 8 pontos de média – chegando a mais de 9 em algumas ocasiões.

Esses índices são do instituto GfK.

 

NaTelinha

Lancada em Portugal,Império tem metade da audiência de Amor à vida

Lançada em Portugal, "Império" tem metade da audiência de "Amor à Vida"

Vanessa Giácomo e Chay Suede na primeira fase de “Império” – Divulgação/Globo

Lançada em Portugal neste último sábado (11) pela SIC, “Império” não agradou aos telespectadores em um primeiro momento.

O folhetim de Aguinaldo Silva, que irá substituir “Amor à Vida” em definitivo dentro de algumas semanas, rendeu apenas 6,5 pontos de média. Tal desempenho impactou apenas 617 mil telespectadores e posicionou a trama em 12º lugar dentre as atrações mais vistas da TV do país europeu.

Embora tenha ido ao ar em um sábado, o desempenho de “Império” foi muito abaixo do obtido pela trama de Walcyr Carrasco no decorrer da semana. Na sexta-feira (10), por exemplo, “Amor à Vida” alcançou 12,8 pontos e foi a 3ª atração mais vista da TV portuguesa.

Horários:

Nesta segunda-feira (13), “Império” começará a dividir horário com “Amor à Vida” no horário nobre. O folhetim de Aguinaldo Silva será exibido às 22h20. Já a trama protagonizada por Paolla Oliveira e Malvino Salvador irá ao ar ainda mais tarde: às 23h25. Seu tempo no ar também será menor a partir de hoje: em vez de uma hora, serão 35 minutos.

Esses índices são aferidos pelo instituto GfK.

 NaTelinha

“Amor à Vida” chega ao México nesta segunda-feira

Flag of Mexico.svg

Exportada para diversos países como Portugal, Chile, Uruguai e Colômbia, “Amor à Vida”desembarcará no México nesta segunda-feira (22).

A novela de Walcyr Carrasco, encerrada em janeiro deste ano no Brasil, irá ao ar pela Azteca através do El Trece, seu principal canal. O folhetim terá a missão de substituir “Avenida Brasil”, que vem tendo bons índices de audiência no horário nobre e será o primeiro após a confirmação da parceria entre as duas emissoras, consagrada nesta semana.

De início, “Amor à Vida”, que por lá levará o nome de “Rastros de Mentiras”, dividirá a faixa das 21h com a reta final de “Avenida”. Cada uma delas terá trinta minutos, sendo a trama de João Emanuel Carneiro a primeira e entregando o horário para a história protagonizada por Paolla Oliveira e Malvino Salvador.

Em tempo:

Outras emissoras de TV pelo mundo recorreram à “Amor à Vida” para manter a audiência de “Avenida Brasil”. Além do México, tal ordem já havia sido seguida em Portugal, no fim de 2013, no Uruguai, no primeiro semestre deste ano.

NaTelinha

“Amor à Vida” não empolga no Chile; Ibope é inferior à metade de “Avenida”

"Amor à Vida" não empolga no Chile; Ibope é inferior à metade de "Avenida"

Mateus Solano é o Félix, vilão de “Amor à Vida” – Divulgação/Globo

 

Cercada de expectativas às vésperas de sua estreia, “Amor à Vida” não empolgou o telespectador do Chile, onde vai ao ar pelo Canal 13, em seus primeiros capítulos.

A novela, que por lá se chama “Rastros de Mentiras”, tem registrado baixos índices de audiência. Nesta última quarta-feira (09), por exemplo, a média atingida foi de apenas 6,1 pontos, posicionando-se assim na quarta colocação no ranking do Ibope.

Mesmo estando em seus capítulos iniciais, “Amor à Vida” tem frustrado tanto ao telespectador do Chile quanto a alta cúpula da emissora em que vai ao ar. Esperava-se que o fenômeno de “Avenida Brasil” pudesse ser replicado e houve um grande esforço por parte do canal para isso.

O Canal 13 cedeu um de seus melhores horários – o das 22h – e tentou apostar na imagem de Félix (Mateus Solano) como um vilão pior que Carminha (Adriana Esteves). Apesar disso, o resultado alcançado até agora sequer se aproxima do obtido por “Avenida”, que veiculada à tarde tinha índices oscilando na casa dos 14 pontos (chegando a 17 em seu desfecho) – mais que o dobro da história de Walcyr Carrasco.

 

NaTelinha

Em baixa com colegas, Caio Castro faz exigências e quer aumento na Globo

https://i2.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/d1f736b155187b341abf3abbe080d792.jpg

Divulgação/Globo

Em fase de renovação de contrato, Caio Castro e a Globo estão em meio a uma série de negociações que andam de forma devagar por causa de alguns impasses, segundo informa o jornalista Léo Dias.
Caio, que foi projetado pela emissora carioca após ganhar o concurso “Casal Malhação”, do “Caldeirão do Huck” em 2007, estaria fazendo uma série de exigências, das quais também fazem parte um aumento de salário.
Os vencimentos atuais do ator estariam na casa dos R$ 12 mil mensais, cifra que é aproximadamente o triplo de um ator de “Malhação” mas muito mais baixo que estrelas do primeiro time, que oscila entre R$ 50 e R$ 100 mil – faixa a qual se encontram os salários de Lilia Cabral, Adriana Esteves e Grazi Massafera. Poucos nomes, como Fernanda Montenegro, costumam passar deste teto.
Em tempo:
Caio Castro vem atravessando uma fase complicada tanto na Globo como diante da opinião pública. O ator tem interesses em desenvolver suas habilidades artísticas e para isso quer passar um tempo longe das novelas. Ele é um dos cotados para protagonizar “Saber Viver”, de Rui Vilhena, mas já teria mostrado intenção de recusar o projeto para se concentrar no novo quadro que terá no “Caldeirão”.
Outro fato que também prejudicou a imagem do galã global foi a entrevista concedida a Marília Gabriela, quando afirmou não gostar de ler e de ir a peças teatro.
Vários ícones do meio artístico se posicionaram quanto o assunto. Ingrid Guimarães e Miguel Falabella, por exemplo, foram alguns dos que mais atacaram as declarações do ator. “Esse tipo de gente não interessa e ponto. Você só erra quando o chama de ator, querida. Não é ator. É desinibido”, disse o roteirista de “Aquele Beijo” e o famoso Caco Antibes do “Sai de Baixo”.
NaTelinha

Pastor processa Globo por causa de beijo gay em “Amor à Vida”

https://i2.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/7a2f59ba15b209f6fe92432fd1e60093.jpg

O beijo gay entre Niko (Thiago Fragoso) e Félix (Matheus Solano) no último capítulo de “Amor à Vida” não agradou às lideranças evangélicas.

O pastor baiano e deputado estadual Sargento Isidório entrou com um processo contra a Rede Globo nesta terça (04) na Assembleia Legislativa da Bahia, repudiando a exibição do beijo, além de dizer que a emissora carioca agride à “família brasileira”.

No documento, o pastor fala que a Globo exibe insistentes “cenas de sexo, beijos entre homossexuais, traições conjugais, homicídios, tentativas de homicídios, assédio moral, humilhação, dentre muitas outras, de maneira tendenciosa, atentam contra os bons costumes, com a finalidade de promiscuir e assim destruir as famílias tradicionais cristãs“. Segundo o pastor, isso é um grave atentado ao pudor aos que assistem a Globo.

“Venho demonstrar, em nome das Famílias Cristãs do nosso Estado e de nossa Nação, meu repúdio a cenas que estimulam, de maneira acintosa, a violência, e buscam destruir conceitos éticos, morais e religiosos das famílias brasileiras e da sociedade”, disse Isidório em comunicado em seu Facebook.

 

Nas redes sociais, muitas pessoas concordaram com o pastor, já outras disseram que ele está sendo homofóbico e que devia usar seu mandato para coisas úteis.

A Globo ainda não se pronunciou sobre o caso, até porque ainda não recebeu qualquer tipo de notificação.