Paraná 0 x 1 Guarani

O JOGO

OLHA O BUGRE AÍ!

Antes de a bola rolar, o Paraná ostentava uma invencibilidade de 15 partidas como mandante no ano, com dez vitórias e cinco empates. O Guarani, por sua vez, ainda estava zerado fora de casa nesta Série B do Brasileiro, com duas vitórias. Noventa minutos depois – mais os acréscimos, tais marcas foram derrubadas. Melhor para o Bugre, que embalou ao fazer 1 a 0 na Vila Capanema na tarde deste sábado, pela sexta rodada, para se firmar entre os líderes da competição.

DESTAQUE

EXTREMOS

Com gol do paraguaio Samudio no segundo tempo, o Guarani chegou à segunda vitória consecutiva, pulou para os 12 pontos e fechou a sexta rodada na vice-liderança, atrás apenas do Juventude, que tem 14. Internacional e Vila Nova, ambos com 11, completam o G-4 da Série B.

 

Já na parte de baixo da tabela, o Paraná ficou à beira de entrar na zona de rebaixamento ao completar o quarto jogo consecutivo sem vencer. Com seis pontos, está na 16ª posição, uma acima da degola. O Boa Esporte abre o Z-4 com cinco.

DESTAQUE

NA AGENDA

Os times voltam a campo na próxima terça-feira, quando a sétima rodada será disputada por completa. Em alta, o Bugre recebe o Paysandu, a partir das 19h15, em duelo direto, uma vez que os paraenses têm 10 pontos. No mesmo horário, o Paraná buscará a reabilitação no Recife, contra o Náutico, que é o lanterna.

DESTAQUE

EQUILÍBRIO

O início do Paraná foi intenso, empurrando o Guarani para o campo de defesa, mas sem levar perigo real. Quando encaixou a marcação e colocou a bola no chão, o Bugre equilibrou as ações e terminou o primeiro tempo superior, inclusive criando a principal oportunidade de gol. Após roubada de bola de Auremir na intermediária, Samudio tocou na saída de Richard e quase marcou. Foi uma etapa de muita transpiração e pouca inspiração dos dois lados.

DESTAQUE

JUSTIÇA FEITA

O Guarani mostrou eficiência na volta do intervalo. Logo aos sete minutos, Samudio se redimiu da chance perdida no primeiro tempo e abriu o placar em cabeçada após cobrança de escanteio. Na sequência, Felipe Alves acertou a trave e quase empatou. Mas a partir daí, o Bugre controlou as ações e segurou a vantagem com uma marcação consistente. Ainda teve a chance de ampliar com Eliandro e depois em bola na trave de Auremir. Ao menos não fez falta, e o Bugre somou mais três pontos na conta.

GLOBO ESPORTE.COM

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s