Cláudio Humberto nega ter recebido mesada da empresa de Joesley Batista

A respeito de nota publicada na última terça-feira, 23, falando do desconforto de alguns funcionários da rádio Bandeirantes e BandNews em serem obrigados a trabalhar com Claudio Humberto, acusado pelo diretor de Relações Institucionais da J&F, Ricardo Saud, de fazer retirada mensal de R$ 18 mil, o jornalista, por meio do Diretor de Redação do Diário do Poder, Tiago de Vasconcelos, enviou resposta, colocando-se sobre a questão: “Informamos que Cláudio Humberto ingressou na Justiça nesta segunda-feira (22) com uma queixa-crime por calúnia e injúria contra o delator, que apenas se utilizou da sua posição para tentar se vingar do jornalista que primeiro denunciou essas falcatruas e negociatas. Sem as denúncias da Coluna Cláudio Humberto/Diário do Poder, este delator talvez não haveria sequer sido investigado. Em 2014, nenhum grande jornal, portal de internet ou canal de TV ousava denunciar malfeitorias do grupo empresarial teve com o poder público e outros importantes setores da economia.”

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.