Avaí 0 x 0 Vitória

DESTAQUE

Para os fãs de Cartola que escalaram jogadores de Avaí e Vitória na primeira rodada do Brasileirão, melhor para os atletas de defesa, que garantiram ao menos o saldo de gols. Na tarde deste domingo, na Ressacada, um duelo com algumas oportunidades – duas bolas na trave dos visitantes e uma reclamação de pênalti dos mandantes -, mas que terminou 0 a 0 e dividiu os pontos no começo da Série A.

 

O confronto marcou a volta dos catarinenses à elite após o rebaixamento em 2015, e 4.798 mil pessoas estiveram presentes na Ressacada. Do lado rubro-negro, Petkovic estreou à beira do gramado. Anunciado nesta semana, o novo treinador mostrou-se participativo e em alguns momentos parecia querer entrar dentro de campo.

DESTAQUE

SEQUÊNCIA DA SÉRIE A

Avaí e Vitória voltam a jogar na próxima semana. Na segunda-feira, 20h, os catarinenses encaram o São Paulo, no Morumbi. No domingo, 16h, o Rubro-Negro estreia em casa no Brasileirão, contra o Corinthians.

DESTAQUE

POLÊMICA!

Aos 36 minutos do segundo tempo, o atacante Júnior Dutra foi derrubado por René dentro da área do Vitória e pediu a penalidade. A torcida azurra também reclamou muito do lance nas arquibancadas, mas o árbitro nada marcou.

DESTAQUE

DUAS NA TRAVE!

O Vitória teve as melhores oportunidades na partida e não marcou porque a trave impediu. No primeiro tempo, Willian Farias acertou de fora da área. Na etapa final, foi a vez de Paulinho mandar a bola no poste defendido por Kozlinski.

DESTAQUE

CHEIO DE ESTILO… E INTENSIDADE

Petkovic estreou no comando do Vitória, colocou um terno alinhado, um tênis da moda e suou bastante. À beira do gramado, o comandante orientou os jogadores e em alguns momentos até parecia querer entrar em campo.

DESTAQUE

O QUE ROLOU NO PRIMEIRO TEMPO?

Apesar de jogar diante da torcida, o Avaí adotou o estilo que se sente mais à vontade, com marcação a partir do meio e transição em velocidade. Os visitantes tiveram então a posse, mas na primeira etapa sem grande sucesso. De destaque do Vitória, o estilo do técnico Petkovic, novo comandante baiano. De terno, o treinador participou intensamente e até arriscou uns piques na área reservada. As melhores chances ficaram para depois dos 30 minutos, com Judson, do Leão da Ilha, e Willian Farias, do Rubro-Negro, que acertou a trave.

DESTAQUE
…E NO SEGUNDO?

Na volta do intervalo, os papéis de comando mudaram. O Avaí passou a ficar mais solto em campo e arriscou uma pressão nos minutos iniciais. Quando o ímpeto dos mandantes passou, o Vitória novamente buscou a bola e acertou a trave novamente, dessa vez com Paulinho. Depois do lance, o jogo ficou mais aberto, e o Leão da Ilha tentou novamente ser mais intenso. Aos 36, Júnior Dutra reclamou de pênalti de René, mas o árbitro nada marcou, e o duelo na Ressacada terminou empatado.

GLOBO ESPORTE.COM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.