“Chaves” passou a ser um mal desnecessário na vida do SBT

ee94e-mundonovelas_sbtretomasuaprogramac3a7c3a3o

Para o SBT, em particular, mudar a sua programação e recorrer ao “Chaves” como – maneira de dizer – “nova atração do começo da tarde”, o resultado é muito bom.

A audiência, da estreia na segunda-feira (2) até agora, sempre foi superior aos antigos registros do horário, uma vez mais demonstrando que a capacidade desta emissora em resolver seus problemas de grade não consegue ir além desse velho, obsoleto e mísero seriado mexicano.

Algo que só podemos lamentar, porque desde agosto de 1984, quando se deu a estreia aqui no Brasil, este mesmo episódio de pedir socorro a um produto tão ultrapassado já se repetiu centenas de vezes. Já se vão 32 anos, entre idas e voltas.

Com todo respeito aos que ainda enxergam no “Chaves” alguma coisa boa de assistir ou àqueles que têm oferecido a ele esses números de agora, essa é uma audiência que não vale rigorosamente nada.

Ao contrário, só expõe o SBT ao vexame de mais uma vez ser obrigado a recorrer a um produto tão inapropriado e inconveniente para os dias atuais.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s