Globo ouve voz do público em mudanças nas novelas e pode se dar bem

ecb1d-globo

Duas novelas da Globo atualmente em cartaz têm demonstrado a importância dos grupos de discussão e como eles podem nortear os trabalhos dos diversos autores.

“Sol Nascente” foi uma novela antes e começa a ser outra agora, após as efetivações desses encontros, que se tornaram rotineiros e imprescindíveis para o bom direcionamento de qualquer trabalho. A sugestão de investir mais em romance e ação, imediatamente acolhida e sem qualquer discrição, foi inserida na vida de vários personagens

E exatamente o mesmo se dá com “A Lei do Amor”. A partir de um determinado momento, o foco se fechou naqueles que mais tinham condição de fazer a história acontecer e a novela andar. “A Lei do Amor”, como fórmula e acabamento, tem tudo que o público espera e gosta de encontrar. O que não deve acontecer, e aí como recado aos autores Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, é ficar mexendo e alterando o seu desenvolvimento o tempo todo.

Por último é também necessário que isto se reflita na audiência, em ambos os casos, ainda abaixo do esperado.

Mas são exemplos que relevam a importância dos grupos de discussão e só aumentam nossa surpresa ao saber que em outras emissoras, fora a Globo, eles não são levados com a mesma seriedade e consideração.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s