Direção da Record precisa aprender a administrar certas situações

e5a2b-rede-record

A direção da Record bateu a cabeça ao longo do ano, especialmente agora no seu final, em busca de fórmulas mágicas que pudessem ao menos oferecer um oxigênio diferente à sua programação de 2017.

Mas erros, alguns imperdoáveis, foram cometidos ao longo disso.

Perdeu-se, por exemplo, muito tempo com Geraldo Luís, tentando fazê-lo assimilar o plano de se apresentar todas as noites, quando desde o começo se sabia que ele não iria aceitar.

Muito mais que os seus problemas pessoais alegados, essa foi uma ideia que o Geraldo nunca comprou e só provocou desgastes na tentativa de convencê-lo a fazer algo que ele não acreditava.

Ainda bem que a ameaça de obrigá-lo a aceitar, como uma ordem de cima para baixo, no fim não se consumou e a opção por outros caminhos acabou prevalecendo.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s