Eduardo Camargo não passa de simples vítima na queimação no SBT

Eduardo Camargo

O fato de esta coluna defender o bom jornalismo, não significa qualquer antipatismo ao jovem Eduardo Camargo. Nada disso. Sequer o conheço.

A crítica é feita a quem o colocou no comando de um telejornal, algo muito superior ao tamanho e capacidade dele. No caso até, acaba sendo uma vítima.

A culpa que cabe a ele é apenas a de ter aceitado, primeiro viver um personagem com saco de papel na cabeça e depois assumir o comando do jornal, sem qualquer experiência para tal. Uma queimação total.

E fatos que, daqui algum tempo, com maior e melhor juízo, provavelmente, ele fará sumir do seu currículo.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s