TV Cultura precisa acreditar e investir mais na capacidade do seu pessoal

Augusto Nunes, do "Roda Viva"

Augusto Nunes, do “Roda Viva”

A TV Cultura não pode ficar nessa de continuar responsabilizando a crise pelos sérios problemas da sua área de produção. O jornalismo que lá é praticado, além de bons programas como “Metrópolis”, “Persona”, “Roda Viva” e outros tantos demonstram a elevada qualidade do seu pessoal.

É preciso investir mais neles e entender que o vento que bate cá, também bate lá.

Todas as outras TVs, além de tantas zilhões de empresas em nosso país, passam por dificuldades e têm se desdobrado na busca de mecanismos para superar este momento. Não é só a Cultura.

Essa é a hora de ser o mais criativo possível, valorizar e estimular seu pessoal.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.