Volta do Gugu para os domingos é aprovada em pesquisa

ae509-rederecord2012

A Record encomendou uma pesquisa para sentir como o público poderá receber as modificações que pretende fazer na sua grade para o ano que vem.

O trabalho foi concluído no começo da semana, mas ainda é do conhecimento de poucos.

Uma boa maioria das pessoas entende que a volta do Gugu aos domingos será das mais positivas, especialmente por causa da identificação e da história que ele tem com este dia.

Trocar a Xuxa da segunda para o sábado também teve grande aceitação.

Porém, foram bem divididas as opiniões sobre Geraldo Luís apresentar seu programa todas as noites. Há os que consideram muito errado trocar o certo pelo duvidoso, algo que o próprio apresentador também tem questionado.

É das mais positivas a iniciativa da Record em procurar saber como o público poderá reagir diante das mudanças que pretende investir na sua grade.

Apostar no escuro, prática que algumas emissoras ainda adotam, já não se adapta aos dias atuais.

Meia Maratona do Rio terá narração de Glenda Kozlowski

ecb1d-globo

Glenda Kozlowski volta ao “Esporte Espetacular”, neste domingo (16), para a transmissão da Meia Maratona Internacional do Rio de Janeiro.

É o seu retorno ao programa, só que agora em nova condição. Não mais na apresentação.

Foi durante suas férias, após a Olimpíada, que a Globo anunciou as mudanças, que culminaram com a sua saída e as entradas de Fernanda Gentil e Flávio Canto.

Glenda seguirá como narradora: “Tem vários projetos muito bons pela frente”, avisa.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Boechat é convidado para acompanhar seminário de debates nos Estados Unidos

Ricardo Boechat viajou aos Estados Unidos para um seminário de debates políticos

Ricardo Boechat viajou aos Estados Unidos para um seminário de debates políticos

Ricardo Boechat viajou nesta sexta-feira (13) e vai ficar uma semana nos Estados Unidos, na condição de convidado dos organizadores do debate americano, juntamente com outros mediadores de debates presidenciais em 28 países.

Durante 2 dias, esses profissionais discutirão num seminário as experiências de cada país na organização de debates.

O objetivo do encontro é estimular países que não têm ainda essa prática a adotarem esse exercício democrático. Em tempo: o terceiro e último debate entre Hillary e Trump acontece na próxima quarta-feira.

E durante a ausência de Boechat, Fábio Pannunzio assume o “Jornal da Band” e Antonio Pétrin, o “Jornal da Noite”.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

“A Lei do Amor”, enfim, acaba de apresentar as suas armas

ecb1d-globo

Em “A Lei do Amor”, meio que com tudo, a Globo voltou a apostar no novelão tradicional e em ingredientes que o telespectador sempre mostrou apreciar sem qualquer restrição, inclusive com direito a um “quem matou?” logo de saída.

Maria Adelaide Amaral é da escola de Cassiano Gabus Mendes, um alguém que desde o começo da televisão sempre soube ir ao encontro daquilo que, junto ao público, logo faz crescer um amor à primeira vista.

Cassiano, de um determinado ponto da sua vida em diante, preferiu se colocar num horário, o das 7 da noite, mais apropriado ao que ele queria fazer e passar, a ponto de investir num “capa e espada”, “Que Rei Sou Eu?”, quase às vésperas do século 21. Nunca, no entanto, ele deixou de nas entrelinhas ou subliminarmente passar sua mensagem e atingir quem merecia.

O caminho agora traçado por Maria Adelaide, na companhia de Vincent Villari, é outro, já escancarado pelas diferenças sociais em seus núcleos, conflito de gerações e inevitáveis problemas no estabelecimento das relações.

Mas que também vai muito na direção do que o telespectador, sem restrições, sempre aceitou. “A Lei do Amor”, até que demorou um pouco, mas já apresentou suas armas.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Football Federation Australia statement regarding World Cup Qualifier against Thailand

A birds eye view of Rajamangala Stadium, Thailand's National Stadium.

Friday, 14 October 2016

Staff writer
Football Federation Australia has today released the following statement in regards to next month’s scheduled 2018 FIFA World Cup Qualifier against Thailand.

“Following the death of His Majesty King Bhumibol Adulyadej of Thailand, Football Federation Australia (FFA) is currently awaiting official notification from FIFA and the Asian Football Confederation (AFC) on the status of the Australia v Thailand 2018 FIFA World Cup Qualifier due to be played in Bangkok on 15 November,” said an FFA spokesperson.

“FFA would like to offer its sincere condolences to the Thailand Royal Family, the Football Association of Thailand and the people of Thailand.”

Football Federation Australia