Apoio de Renan Calheiros não ajuda Cícero Almeida em Maceió

54% IGNORAM VOTO DO PRESIDENTE DO SENADO PRA PREFEITO EM MACEIÓ
Publicado: 10 de setembro de 2016 às 12:03 – Atualizado às 18:37
Renan Calheiros sempre encontrou dificuldades para captar votos para si ou aliados no eleitorado mais exigente de Alagoas : o de Maceió . Nas 2 vezes em que foi eleito senador(2002 e 2010) ,  foi o terceiro colocado . 
A preocupação do presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB) com os rumos da sucessão eleitoral para a Prefeitura de Maceió e em alguns municípios o trouxe a Alagoas neste fim de semana para se dedicar aos prefeitáveis e às redefinições de estratégias de campanha. Porém, se Renan pensa em ter alguma influência positiva para ajudar seu candidato a prefeito na capital alagoana, entrando de cabeça na campanha eleitoral de Cícero Almeida, o Ciço (PMDB), o efeito de seu apoio tende a ser nulo, ou até mesmo negativo. É o que disseram 800 maceioenses abordados pelo Instituto Paraná Pesquisas entre 1º e 5 de setembro.De acordo com 54% dos eleitores pesquisados, o apoio de Renan a um candidato a prefeito não altera a intenção de votos nesse prefeitável. Para outros 23,6%, o apoio diminuiria a vontade de votar no candidato apoiado por Renan. E somente 17,4% veriam a adesão do presidente do Senado como motivação para aumentar o desejo pela escolha do candidato do peemedebista.

Veja os números:

A pesquisa com dados sobre o apoio de Renan é a mesma registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob protocolo 00114/2016, que colocou o candidato à reeleição Rui Palmeira (PSDB) na liderança, com 33,6% da preferência dos eleitores consultados; Ciço em segundo e empatado tecnicamente, com 31,9%; o candidato João Henrique Caldas, o JHC (PSB), com 15,5%; Paulão (PT) com 2% e Gustavo Pessoa (PSOL) 0,9%, na modalidade de pesquisa estimulada, quando o eleitor escolhe um nome na lista de candidatos. Como a margem de erro é de 3,5%, o empate prevalece entre os dois primeiros colocados.

O motivo da preocupação de Renan é agravado pelo fato de o apoio do governador Renan Filho (PMDB) a Ciço também não ter ajudado o deputado federal prefeitável a cumprir a previsão superar Rui Palmeira até mesmo em pesquisas internas, apesar da ajuda que a propaganda institucional do Governo Estadual tem dado, exaltando nos meios de comunicação as ações do governador na mobilidade urbana da capital e nas grotas, para onde Renan Filho levou Ciço a tira-colo para promovê-lo na pré-campanha.

O momento para Renan é ainda mais crítico na capital, após decisão da Justiça Eleitoral de retirar seu candidato Ciço da propaganda eleitoral, desta sexta-feira (9) até a próxima segunda-feira (12), como punição para o ataque feito contra Rui Palmeira pelo candidato a vereador Silvânio Barbosa (PMDB), no espaço reservado para a coligação proporcional que apoia o afilhado do presidente do Senado.

Enfim, Renan Calheiros encara mais uma vez, dificuldades nas eleições municipais na capital, onde o eleitor mais esclarecido e mais crítico já rejeitou seus candidatos em 2012, quando Ronaldo Lessa (PDT) foi substituído por Jurandir Bóia (PDT) e foi derrotado em 1º turno pelo atual prefeito Rui Palmeira.

Site Diário do Poder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.