Futsalroos denied by Kazakhstan in final friendly

The Futsalroos squad following their match against Kazakhstan.

Monday, 5 September 2016

Staff writer

The Futsalroos were beaten 2-1 by Kazakhstan in their last warm-up match before the FIFA Futsal World Cup Finals in Bucaramanga, Colombia. Two goals within the space of thirty seconds in the first-half were ultimately what separated the sides but the Australians certainly gave their more fancied opponents a scare.

Kazakhstan finished third in the UEFA Futsal Championships in February, defeating highly-ranked Italy in the Quarter Finals before losing to perennial contenders Spain, so to suffer a narrow defeat against a European powerhouse was no disgrace in what was a much better performance by Rob Varela’s men.

Indeed, the Futsalroos can take great heart from the amount of opportunities that they created and with the passion and determination with which they defended, blocking a substantial number of shots with first-half goalkeeper Roberto Maiorana making a superb save to preserve the deadlock early on.

When Kazakhstan did break through after a chip to the far post saw Alexandr Dovgan arrive unmarked to power a downward header past Maiorana from close range. Within half a minute it was two-nil as Douglas, one of a number of naturalised Brazilians in the Kazakhstan team, swept home at the end of a sweet move that involved every player.

The match may have been a friendly but there was certainly plenty of feeling with the officials issuing a number of cards in a contest in which neither side took a backward step. Futsalroos had a number of penalty claims denied as Shervin Adeli was bundled over twice inside the penalty area, once in each half.

The Futsalroos scored in the second half when Jarrod Basger collected a pass and advanced forward, bursting between a pair of would-be challengers and rifling an unstoppable drive into the roof of the net giving Higuita, widely-regarded as one of the best goalkeepers in the world, absolutely no chance.

The Futsalroos pushed for an equaliser towards the end but Kazakhstan, who used Higuita as a fifth court, held on to edge the victory.

“It was a much better performance from my point of view,” Head Coach Rob Varela commented afterwards. “After the defeat by Costa Rica I believe that a narrow loss against a side as good as Kazakhstan may well surprise a number of people. They will sit up and take notice of us as a team now.

“We are in the process of steadily building more momentum as the tournament edges ever closer and today there were aspects of the performance that I was really pleased with. I thought our movement was better and our passing game was much improved. We will continue to work hard over the next seven days with the intention of being at our maximum for the opening pool match on Sunday.”

The Futsalroos commence their FIFA Futsal World Cup campaign on Sunday 11th September (local time) against Mozambique. The match will be screened live on SBS on Monday 12th September with coverage commencing at 6.50am.

 

Football Federation Australia

Transfer news: Wanderers sign marquee midfielder Nicolás Martinez

Nicolás Martinez

The Western Sydney Wanderers have today announced the loan signing of Argentinian midfielder Nicolás Martinez from Olympiacos in Greece.

Joining the Wanderers as a marquee player, the 28-year-old attacking midfielder will wear the #10 jersey for the Red & Black.

With over 160 first-team appearances, Martinez began his career in South America before moving to Europe with Real Murcia in Spain.

Martinez is the first Argentinian to join the Wanderers and the third South American – including the second to join this off-season after Uruguayan Bruno Piñatares. As well as Argentina and Spain, he has also played in Chile, Greece and Cyprus.

Martinez said Tony Popovic was a big reason for his move.

“I spoke with the coach and after that my decision was clear”, said Martinez.

“I know that in 2014 they won the AFC Champions League and last season were only one point off first place. I come to a great team – one of the best in Australia.

“I’m very happy. After a long wait it’s happened and now I’m focusing on working with the team. I would like to try and help the team and to achieve the most that we can.”

Football Federation Australia

Westfield Matildas abroad: Sam Kerr and Chloe Logarzo sizzle

Sam Kerr celebrates scoring against Germany at the Rio Games.

Monday, 5 September 2016

John Greco @Grecs7
Westfield Matilda Sam Kerr scored a rocket in the US, while Chloe Logarzo set up her side’s winner in Sweden as our women continue to make a big impact on world football.

Kerr has continued her rich vein of form hitting an absolute stunner for Sky Blue FC in the National Women’s Soccer League.

Receiving the ball about 25 yards from goal, Kerr let the ball come across her body before unleashing a powerful shot into the top corner to give her side the lead against FC Kansas City.

Unfortunately the home side ran out 2-1 winners but Kerr’s goal was the standout of the match. Logarzo also played a key role for her club Eskilstuna United DFF, with a superb assist in their 1-0 win at Kristianstads. Surging down the left, Logarzo cut inside of a defender before picking out a team-mate with a pinpoint cross which was headed in at the far post.

In Korea, Racheal Quigley was the match-winner for Hwacheon KSPO, scoring the opening goal and setting up the other in their 2-0 win over Seoul Amazones. Gema Simon got through 90 minutes for her Korean club Suwon FMC as they lost 3-2 at Icheon Daekyo. Elsewhere, keeper Lydia Williams and Ellie Brush both played full matches for Houston Dash, as they beat Orlando Pride 4-2. Pride duo Laura Alleway and Steph Catley both missed the match through injury. It was a big win for Hayley Raso’s Portland Thorns, who crushed Kyah Simon’s Boston Breakers 5-1. Raso played 63 minutes for Portland, while Simon was substituted with 20 minutes left for the Breakers. Alanna Kennedy got through a full match for Western New York Flash as they drew 1-1 with Washington Spirit. Elise Kellond-Knight played 78 minutes for FFC Turbine Potsdam, as they opened their season in Germany with a 3-0 win at TSG Hoffenheim. Tameka Butt’s Mallbackens went down 4-0 against Goteborg, with the midfielder playing 90 minutes, while Eliza Campbell also playing a full match in Norway as her Klepp side lost 7-0 at Kolbotn.

Football Federation Australia

 

 

Dilma Rousseff começa a tirar pertences do Alvorada #TchauQuerida

DILMA ESTÁ ENCAIXOTANDO LIVROS E PERTENCES MAIS DELICADOS
Publicado: 06 de setembro de 2016 às 09:20 – Atualizado às 09:35
A EX-PRESIDENTE VAI MORAR EM PORTO ALEGRE EM SEU ANTIGO APARTAMENTO (FOTO: ESTADÃO)
Dois caminhões baú chegaram ao Palácio da Alvorada na manhã desta terça-feira, 6, para fazer a mudança da ex-presidente Dilma Roussef para Porto Alegre. Dilma deixa Brasília em definitivo e embarca para a capital gaúcha, onde será recebida com um “carinhaço” de militantes petistas.Detalhista, Dilma está encaixotando livros e alguns pertences mais delicados com muito cuidado e não quer que ninguém a ajude nessa tarefa. A ex-presidente vai morar em Porto Alegre em seu antigo apartamento do Bairro Tristeza, de classe média.

Dilma planeja, porém, passar temporadas no Rio de Janeiro. Sua mãe, Dilma Jane, que tem 93 anos e vivia com ela no Alvorada, tem um apartamento no Leblon, bairro da zona sul do Rio. Na capital gaúcha, moram a filha de Dilma – a procuradora do Trabalho Paula -, os netos Gabriel e Guilherme e seu ex-marido Carlos Araújo. (AE)

Site Diário do Poder

Dilma Rousseff já pode ser investigada por Sérgio Moro

CITADA 72 VEZES SÓ POR UM DELATOR, LAVA JATO DEVE INVESTIGÁ-LA
Publicado: 06 de setembro de 2016 às 00:01 – Atualizado às 07:08
APESAR DE INDÍCIOS, ELE NÃO PODIA INVESTIGÁ-LA ENQUANTO PRESIDENTE
Ao ser destituída por 61 senadores representando mais de 83 milhões de votos, Dilma Rousseff perdeu o foro privilegiado e está sujeita agora ao juiz Sérgio Moro, até há pouco impedido de investigá-la. Dilma foi citada gravemente por 11 delatores da Lava Jato, incluindo seu ex-líder do Governo no Senado, Delcídio Amaral, que a denunciou por 72 vezes. Logo Dilma poderá não ter motivos para alegar que é “honesta”. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O artigo 86 da Constituição determina que só se pode investigar Presidente por crime cometido no mandato. Esse impedimento caiu.

Somente Lula, com 136 referências de delatores, é mais citado que Dilma na revelação das safadezas investigadas pela Lava Jato.

A ex-presidente foi denunciada por duas vezes, no Supremo Tribunal Federal, pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Janot denunciou Dilma por obstrução à Justiça, ao nomear Lula e até um ministro para o STJ que livrasse da cadeia ladrões da Petrobras.

Site Diário do Poder

Justiça do Rio de Janeiro bloqueia bens de Lindbergh Farias(PT/RJ)

SEGUNDO A DENÚNCIA, FOI MONTADO UM ESQUEMA NA PREFEITURA DE NOVA IGUAÇU
Publicado: 06 de setembro de 2016 às 09:13 – Atualizado às 09:17

LINDBERGH ASSUMIU O CARGO DE PREFEITO DE NOVA IGUAÇU EM 1 DE JANEIRO DE 2005. (FOTO: ABR)

A Justiça do Rio de Janeiro tornou indisponíveis os bens do senador Lindbergh Farias (PT-RJ) devido à contratação – supostamente irregular – de empresas de coleta de lixo no município de Nova Iguaçu em 2009, quando Lindbergh era o prefeito. A decisão atendeu pedido do Ministério Público do Estado do Rio, que havia impetrado ação civil pública por improbidade administrativa e pediu a decretação da indisponibilidade como medida cautelar preventiva. A decisão foi divulgada na noite desta segunda-feira (5) pelo Tribunal de Justiça do Rio, pela juíza Marianna Medina Teixeira, em exercício na 4ª Vara Cível de Nova Iguaçu.

Além de Lindbergh, são réus no processo outras oito pessoas e três empresas. Segundo a denúncia do Ministério Público, durante a gestão de Lindbergh foi montado um esquema na prefeitura para beneficiar uma empresa. O esquema envolvia a participação do ex-prefeito e de dois assessores.

Mediante dispensa de licitação, essa empresa foi contratada em caráter emergencial pela Empresa Municipal de Limpeza Urbana de Nova Iguaçu (Emlurb) para a execução dos serviços de coleta, remoção e transporte de resíduos sólidos em áreas do município, pelo período de seis meses. O valor mensal do contrato era de R$ 2.356.656,85 – em seis meses, o contrato chegava a R$ 14.139.941,10.

Na mesma situação emergencial foram contratadas outras duas empresas, também em 2009. A denúncia aponta que, por conta desses contratos emergenciais, em 2009 a Prefeitura de Nova Iguaçu teria desembolsado dos cofres públicos, apenas com serviços de coleta e remoção de lixo urbano e varrição de ruas, R$ 40.229.887,62.

O Ministério Público afirmou que “em verdade, não houve situação emergencial que ensejasse a dispensa de licitação para a prestação de serviço, uma vez que Lindbergh assumiu o cargo de prefeito em 01/01/2005 e que, por tal motivo, teria tido tempo hábil para atualizar-se em relação à situação contratual e, assim, realizar o devido procedimento licitatório prévio à renovação dos contratos, nos termos da Lei n.º 8.666/93”.

O MP acrescenta ainda que ”a situação de emergência suscitada pela municipalidade ocorreu por inércia da própria administração pública, pela falta de planejamento, desídia administrativa e má gestão”.

Em sua decisão, a juíza Marianna Medina Teixeira afirmou que “os fatos narrados na inicial envolvem valores expressivos, o que, sem dúvidas, gerou danos ao patrimônio público, e consequentemente à coletividade, impondo, assim, com base em tudo o que foi aduzido na fundamentação desta decisão, a decretação da medida liminar requerida pelo órgão ministerial”. “Ante o exposto, defiro a medida cautelar pleiteada e decreto a indisponibilidade dos bens móveis e imóveis dos demandados qualificados na exordial, até o limite do valor total dos contratos”.

A reportagem não conseguiu localizar o senador ou seus representantes, na noite desta segunda-feira.

Site Diário do Poder

Michel Temer vai participar do desfile de 7 de setembro como Presidente efetivo

SERÁ O PRIMEIRO EVENTO ABERTO AO PÚBLICO DO QUAL O PRESIDENTE VAI PARTICIPAR
Publicado: 06 de setembro de 2016 às 08:53 – Atualizado às 09:16
MICHEL TEMER VOLTA A BRASÍLIA NESTA TERÇA APÓS PARTICIPAR DO G-20, NA CHINA.
(FOTO: BETO BARATA/PR)
O presidente Michel Temer participa nesta quarta-feira (7) do desfile cívico-militar de 7 de setembro, em comemoração à independência do Brasil. Ao lado de ministros e autoridades, ele vai acompanhar da tribuna presidencial as apresentações de estudantes, bandas militares, tropas motorizadas e viaturas das Forças Armadas.Será o primeiro evento aberto ao público do qual o presidente vai participar depois de tomar posse. Na semana passada, horas depois de assumir definitivamente o cargo, ele embarcou para a China, onde participou da cúpula de líderes do G-20, de encontros bilaterais e de uma reunião com investidores estrangeiros.

Na condição de comandante supremo das Forças Armadas, Temer vai autorizar o general de divisão César Leme Justo, comandante militar do Planalto, a dar início ao desfile, que logo no início terá a participação de atletas civis e militares, entre eles um olímpico. Ainda não está decidido se Temer chegará ao palanque no tradicional rolls royce presidencial ou em algum veículo fechado, nem se ele utilizará a faixa presidencial, que, segundo o Palácio do Planalto, estava desaparecida até o último dia 17.

O Grito dos Excluídos, que neste ano vai fazer críticas ao sistema capitalista e se unirá a outros movimentos sociais para se manifestar contra o impeachment, não deve ocorrer no mesmo momento que o desfile. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, os organizadores do protesto concordaram em fazer a concentração no Museu da República, que fica no início da Esplanada dos Ministérios, e só iniciar o trajeto após o evento.

Durante o desfile, alunos da rede pública do Distrito Federal (DF) vão prestar homenagem aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos com a representação de esportes como judô, vôlei, vela, tênis, ginástica artística e futebol. As tradicionais atrações da pirâmide humana da polícia do Exército, com 47 militares em cima de uma única moto, e da Esquadrilha da Fumaça, com 25 minutos de acrobacias, estão confirmadas.

O Distrito Federal informou que cerca de 1,5 mil policiais militares farão a segurança do evento, atuando em revistas que vão impedir a passagem de pessoas portando objetos de vidro ou cortantes, fogos de artifício, máscaras e hastes de bandeiras. Todo o trânsito da Esplanada dos Ministérios, entre a Rodoviária de Brasília e o Palácio do Planalto, estará bloqueado. Assim como nas semanas anteriores, quando um muro dividia os manifestantes pró e contra o impeachment, o acesso às arquibancadas ficará separado do gramado central da avenida por longas divisórias de metal.

Grades também foram instaladas nas calçadas para impedir o acesso do público às faixas da Esplanada do lado norte, onde ocorrerá o desfile. Também foram instalados muros que vão cercar cada uma das arquibancadas. De acordo com a organização, 20 mil pessoas devem assistir ao desfile, que começa às 9h. (ABr)

Site Diário do Poder