Salários dos servidores do estado que estão em greve são bloqueados

Governo informou que está defendendo o direito das crianças.
Justiça decretou ilegalidade da greve dos servidores da administração.

Bandeira do estado de Sergipe

A Justiça de Sergipe decretou a ilegalidade da greve dos servidores da administração estadual. O desembargador Edson Ulisses determinou que o movimento seja suspenso e, em caso de descumprimento, está prevista uma multa diária de R$ 5 mil para o Sindicato dos Trabalhadores nos Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Sintrase).

Nesta sexta-feira (1º), os servidores que aderiram à greve, que começou no dia 8 de junho, tiveram os salários bloqueados.

O Governo de Sergipe informou que a medida foi adotada pra defender o direito das crianças e adolescentes que precisam da merenda e dos serviços básicos nas escolas estaduais.
A assessoria de imprensa disse ainda que o Governo de Sergipe está disposto a resolver o impasse, desde que os servidores em greve voltem ao trabalho.

G1.COM.BR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.