Frentista é morto a tiros dentro de carro na Serra, Espírito Santo

Suspeito é ex-marido de jovem que estava com frentista.
Crime aconteceu na noite deste sábado (11).

Bandeira do estado do Espírito Santo

Tiros quebraram janela do carro e atingiram motorista e passageiros (Foto: Vitor Jubini/ A Gazeta)

Tiros quebraram janela e atingiram motorista e
passageira (Foto: Vitor Jubini/ A Gazeta)

Um frentista de 21 anos foi assassinado a tiros dentro do próprio carro, na madrugada deste domingo (12), no bairro Planalto Serrano, na Serra, no Espírito Santo

Erickson Elias Barreto estava com uma jovem de 18 anos que também estava no veículo e foi baleada, mas sobreviveu. Os dois estavam tendo um relacionamento amoroso, e ele estava deixando ela em casa quando foi surpreendido pelos tiros.

O crime ocorreu por volta das 2h30. De acordo com a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Erickson estava sentado na cadeira do motorista, e a jovem estava no banco do carona da frente.

No momento em que ele deixava a jovem em casa, um homem armado se aproximou do carro, um Corsa branco, e começou a atirar em direção à janela do motorista.

Os disparos quebraram o vidro da janela, que estava fechada, e atingiram o frentista e a jovem. Ele foi ferido por seis tiros, e morreu na hora. Já a jovem foi baleada com um tiro na virilha e outro na barriga, e foi socorrida por vizinhos para o Hospital Jayme dos Santos Neves, na Serra. Segundo familiares, o estado de saúde dela é estável.

Suspeito
O principal suspeito de ter efetuado os disparos é o ex-marido da jovem, que se separou dela por desconfiar que ela já tinha um relacionamento com a vítima. Além disso, segundo a polícia, o ex-marido estava ameaçando matar o casal.

“A primeira ameaça foi no Dia das Mães, em maio. Ela já tinha se separado, e estava na casa da mãe quando o ex-marido chegou para visitar os filhos e viu ela trocando mensagens pelo celular com o Erickson. Então o ex pegou o celular e disse que mataria os dois”, contou a mãe do frentista, uma dona de casa, 44.

O nome dele não foi identificado pela polícia. Após os disparos, o suspeito fugiu e não foi mais visto na região.

Segundo os familiares da jovem, ela e o ex-marido estão separados há um mês, e têm dois filhos: um menino de três anos e uma menina de três meses. Tanto eles quanto a família de Erickson admitiram que quando a jovem e o ex brigavam, ela e o frentista acabavam se encontrando.

Os familiares das vítimas acrescentaram que os dois se conheciam desde a adolescência, e chegaram a namorar. No entanto, todos eram contra o relacionamento entre eles.

Carro em que casal estava quando foi abordado por suspeito (Foto: Vitor Jubini/ A Gazeta)
Carro em que casal estava quando foi abordado por suspeito (Foto: Vitor Jubini/ A Gazeta)
G1.COM.BR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.