Veto a estátuas de santos inspiradas na cultura pop divide opiniões em Goiás

Juiz proibiu esculturas onde são retratados ícones como Superman e Minnie.
Enquanto alguns criticam ideia, outros defendem trabalho feito por artista.

Bandeira de Goiás

A decisão da Justiça de proibir a artista Ana Paula Dornelas Guimarães de Lima, conhecida como Ana Smile, de 32 anos, de fazer esculturas de santos católicos inspirados na cultura pop está dividindo opiniões em Goiânia. Enquanto algumas criticam o trabalho, outras aprovam e dizem que as peças de gesso são apenas uma manifestação artística.

Segundo parecer do juiz Abílio Wolney Aires Neto, da 9ª Vara Cível de Goiânia, Ana não pode mais fazer ou vender as estátuas. Nelas, ela retrata personagens como Superman, Batman e Galinha Pintadinha. Em caso de descumprimento, ela tem que pagar uma multa no valor de R$ 50 mil.

O taxista Juvercino Garcia não gostou do que viu. “Não ficou legal não a imagem de um santo com um vestuário desses”, afirma. O técnico em edificação Carlos Furtado vai na mesma linha. “Não pode misturar as coisas. Tem que ter mais zelo com a imagem do santo”, opina.

Já o universitário Jânio Pereira Júnior pensa diferente. Para ele, as peças provocaram uma polêmica desnecessária. “Algumas realmente se parecem com as imagens utilizadas pela igreja, mas não tem nada demais. É uma expressão da artista”, pondera.

Artista se defende
Além da comercialização, Ana também foi obrigada a excluir os perfis “Santa Blasfêmia” do Facebook e do Instagram, onde expunha seus produtos. Ela salienta que o intuito ao fazer as esculturas não era atingir qualquer religião e que as peças são apenas fruto “de um trabalho ligado à arte pop”.

Juiz proíbe artista de fazer esculturas de santos inspiradas na cultura pop em Goiás (Foto: Reprodução/Facebook)Superman e Galinha Pintadinha são alguns personagens retratados
(Foto: Reprodução/Facebook)

“Nunca quis agredir a fé de ninguém. É uma coisa para quem gosta de algo diferente. Sou de família católica e todos me apoiam, gostam do que eu faço e têm exemplares em casa. Minha avó, inclusive, que não sai da igreja, não viu problema”, disse ao G1.

Ela começou a fazer as esculturas há três anos depois que viu m meme na internet e se apaixonou pela ideia. Na foto, Batman carregava Robin no colo ao estilo das imagens sacras. Cada estátua custava entre R$ 230 a R$ 390.

Juiz proíbe artista de fazer esculturas de santos inspiradas na cultura pop em Goiás (Foto: Reprodução/Facebook)
Peças criadas pela artista provocaram polêmica
(Foto: Reprodução/Facebook)

Em nota, a Arquidiocese de Goiânia, autora da ação, disse que “a autora extrapolou, deliberadamente, o seu direito constitucional de livre manifestação de pensamento, ferindo o também direito constitucional da Igreja Católica, de inviolabilidade de consciência e crença”.

Ainda de acordo com o comunicado, além das estatuetas, as postagens em redes sociais sobre elas “ofendem a coletividade, violando o sentimento religioso, ao empregar escárnio, sátira e ironia”.

Justificativa
Para embasar seu posicionamento, o juiz evocou leis que versam sobre liberdade de expressão e de crença, afirmando que ambas são garantidas a todos sem distinção. Porém, alertou que é preciso intervir quando ambas se chocam.

“Embora os direitos e garantias fundamentais estejam na mesma ordem, sem hierarquia ou primazia de um sobre o outro, quando houver conflito entre eles, deve prevalecer o direito à dignidade pessoal, à honra e à vida privada”, relatou Aires Neto.

Imagens de Nossa Senhora que ganharam versão estilizada em loja de Brasília (Foto: Ana Smile/Divulgação)
Versões estilizadas de imagens sacras causaram polêmica
(Foto: Ana Smile/Divulgação)
G1.COM.BR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.