Questão do horário joga pesado contra “Liberdade Liberdade”

Andreia Horta é a protagonista do seriado

 

Aqui se falou, há bem poucos dias, das dificuldades de “Velho Chico” com o início de sua exibição diária, de uns tempos para cá determinado pela maior ou menor duração do “Jornal Nacional”.

Problema parecido ou até pior que este é o de “Liberdade, Liberdade”, que de todas é a novela com o horário mais desencontrado da Globo.

Na segunda-feira entra logo depois de “Velho Chico”, mas na terça, quinta e sexta perto ou logo depois da meia-noite. É isso é lamentável porque muitas pessoas, pelas dificuldades acima citadas, estão sendo impedidas de acompanhar um dos trabalhos mais completos da teledramaturgia brasileira nesses últimos tempos.

Embora exista um fio condutor, é de se destacar a desobrigação ou descompromisso dos autores Mário Teixeira e Márcia Prates com fatos que marcaram a nossa história. “Liberdade, Liberdade” é, antes de tudo, uma obra de ficção, com livre direito ao que uma obra desse gênero pode produzir e apresentar.

Tem de todo o seu elenco um desempenho perfeito e, muito provavelmente, o melhor trabalho de direção do Vinícius Coimbra. Só o horário joga contra. Uma pena.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Um comentário sobre “Questão do horário joga pesado contra “Liberdade Liberdade”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.