Maternidade de Boa Vista convoca doadoras de leite materno

Mães interessadas em ser voluntárias devem procurar a unidade de saúde.
Conforme coordenadora do Banco de Leite, nº de doadoras ainda é baixo.

Bandeira do estado de Roraima

Banco de Leite de Roraima recebe doação de 50 mães (Foto: Arquivo pessoal)

Atualmente Banco de Leite de Roraima recebe
doação de 62 mães (Foto: Arquivo pessoal)

A Hospital Materno-Infantil Nossa Senhora de Nazareth, em Boa Vista, está convocando doadoras para atender ao estoque do Banco de Leite Humano (BLH), em virtude do aumento de recém-nascidos internados na Unidade de Tratamento Intensivo-Neonatal. As interessada em se tornar doadoras voluntárias devem procurar a unidade de saúde para fazer o cadastro.

De acordo com a coordenadora do BLH, Adelma Figueiredo, 35 recém-nascidos recebem leite de 62 voluntárias, mas a quantidade de doadoras ainda não é suficiente para suprir a necessidade. “Algumas das nossas voluntárias doam uma vez a cada 15 dias ou uma vez por mês, então nós precisamos de mais doadoras e que doem com mais frequência”, disse.

A coordenadora falou ainda sobre a importância de ser uma doadora de leite. “Quando as mães doam, salvam vidas. São bebês prematuros e o corpo da mãe ainda não está preparado para amamentar, ou a mãe teve eclampsia e não está em condições de cuidar nem de alimentar o filho, por isso é tão importante”, comentou.

Para obter outras informações basta ligar para o Disk Aleitamento por meio do número 0800 782 0177. O canal de comunicação funciona todos os dias e a ligação pode ser feita tanto de telefone fixo como de celular e é gratuita.

 

G1.COM.BR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.