Elenco da novela Sol Nascente vai fazer primeira reunião na sexta-feira

Giovanna Antonelli faz parte da trama

Afinar os tamborins

Na sexta, 13, vai acontecer a primeira reunião dos autores, diretores e produção com o elenco de “Sol Nascente”, a próxima das seis na Globo.

O encontro é definido como start dos trabalhos.

A propósito

Em se tratando de “Sol Nascente”, o especialista em teledramaturgia, Mauro Alencar, passou os últimos dias em São Paulo, colhendo com a dona Orphila, esposa do autor, o material que faltava para desenvolver “A Vida e Obra de Walther Negrão”.

Obra solicitada pelo Merchandising e Licenciamento da Globo.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Renan Calheiros e Michel Temer se encontraram antes da votação do impeachment de Dilma Rousseff

Notícia Publicada em 10/05/2016 16:30

A assessoria do vice não deu informações sobre o motivo do encontro

Nesta tarde, Renan Calheiros deve anunciar como será o rito da sessão para análise da admissibilidade do processo de impeachment (Agência Senado/Marcos Oliveira)
Nesta tarde, Renan Calheiros deve anunciar como será o rito da sessão para análise da admissibilidade do processo de impeachment (Agência Senado/Marcos Oliveira)

BRASÍLIA – Na véspera da votação do parecer favorável à continuidade do processo deimpeachment da presidente Dilma Rousseff, o vice-presidente da República, Michel Temer, reúne-se com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Por volta das 15h, Temer deixou o Palácio do Jaburu, residência oficial da Vice-Presidência, com destino à casa do presidente do Senado. A assessoria do vice não deu informações sobre o motivo do encontro. O senador Romero Jucá (PMDB-RR) e o ex-ministro da Integração Nacional Geddel Vieira Lima também participam da reunião.

Nesta tarde, Renan Calheiros deve anunciar como será o rito da sessão para análise da admissibilidade do processo de impeachment. O início da sessão está previsto para as 9h desta quarta-feira (11).

O quórum mínimo para votação é de 41 dos 81 senadores (maioria absoluta). Para que o parecer seja aprovado, é necessário voto da maioria simples dos senadores presentes – metade mais um. O presidente do Senado só vota em caso de empate.

Se for aprovado o parecer, o processo é oficialmente instaurado, e a presidenta Dilma Rousseff será afastada por 180 dias. Com isso, Temer assume a Presidência. Se o relatório for rejeitado, o processo é arquivado, e Dilma segue à frente do Executivo.

(Luciano Nascimento)

O FINANCISTA

Simone e Simaria precisam de um avião para atender agenda de shows

Embraer 195AR (ERJ-190-200IGW) aircraft picture

 

Dupla da vez

É curioso como em espaços de tempo muito curtos surgem novos nomes de sucesso na música sertaneja. A dupla da vez, Simone e Simaria, tem menos de um ano de vida, mas já é uma das recordistas em venda de shows.

Em julho, com mais de uma apresentação por dia, elas estão em busca de um avião para comprar e poder atender toda essa agenda de compromissos.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Fernando Haddad libera o Uber na cidade de São Paulo

Notícia Publicada em 10/05/2016 16:01

A regulamentação permitirá que outras operadoras participem da exploração do serviço

O decreto adota um sistema de créditos que as operadoras, denominadas no texto como OTTCs (Operadoras de Tecnologia e Transporte Credenciadas), serão obrigadas a comprar créditos para atuar na cidade (Flickr/Senado Federal)
O decreto adota um sistema de créditos que as operadoras, denominadas no texto como OTTCs (Operadoras de Tecnologia e Transporte Credenciadas), serão obrigadas a comprar créditos para atuar na cidade
(Flickr/Senado Federal)

SÃO PAULO – A prefeitura da capital paulista anunciou hoje (10) que publicará decreto regulamentando a utilização de aplicativos de transporte individual no município. A regulamentação, segundo a prefeitura, permitirá que outras operadoras, além do Uber – hoje a única do ramo que atua na cidade por meio de uma decisão da Justiça – participem da exploração do serviço.

O decreto adota um sistema de créditos que as operadoras, denominadas no texto como OTTCs (Operadoras de Tecnologia e Transporte Credenciadas), serão obrigadas a comprar créditos para atuar na cidade.

O modelo pretende evitar fluxos maiores de trânsito em horários de pico, com valores dos créditos maiores para o serviço em áreas centrais e em horários de maior movimentação. Para aumentar o serviço nas periferias e áreas afastadas da cidade, os créditos para os prestadores que atuarem nestes locais poderão serão mais baratos.

A tabela de conversão dos créditos atenderá fatores como o número de passageiros transportados, horário de circulação, taxa de poluição e acessibilidade. O valor dos créditos será estipulado pelo Comitê Municipal do Uso Viário (CMUV) e poderá mudar de acordo com a política de incentivo ou desincentivo das vias da cidade. O CMUV será composto pelos secretários municipais de Transportes, Finanças e Infraestrutura Urbana e pelo diretor-presidente da São Paulo Negócios.

Taxistas

As operadoras ficam obrigadas a enviar informações à prefeitura sobre origem e destino de cada viagem, mapa do trajeto, tempo de espera, preço cobrado, avaliação do serviço prestado e identificação do condutor. As OTTCs serão obrigadas ainda a pagar uma outorga como contrapartida do direito de uso intensivo do viário.

Segundo a prefeitura, a regulação das novas tecnologias de transporte individual não prejudicará os táxis. “Pesquisa da operadora de táxis 99 indicou que 30% das chamadas fora do centro expandido da capital não são atendidas. Esse índice cai para 10% na área do centro expandido. Há, portanto, falta no atendimento”, informou a prefeitura por meio de nota.

De acordo com a prefeitura, São Paulo é uma das capitais do mundo com menor oferta de táxis por habitante: 3,2 por habitante. Essa relação é inferior à existente no Rio de Janeiro (5,2), na Cidade do México (8,8), em Paris (8,9) e em Buenos Aires (13,2).

Contra a edição do decreto, os taxistas estão interrompendo o tráfego em frente à prefeitura,no Viaduto do Chá, no centro da cidade, e também na Rua Líbero Badaró, nas proximidades.

 

O FINANCISTA

Fox Sports comenta as demissões de Fernanda Amalfi, Ana Ramos, Maurício Rossi, Matheus Almeida, Jean Santos e Henrique Neves

 

Demissões na FOX – 2

Consultada, a FOX informa que tais postos de trabalho não foram extintos.
E serão imediatamente preenchidos no Rio. Informa ainda que existe o desejo de reduzir equipe.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

FOXSports demitiu Fernanda Amalfi, Ana Ramos, Maurício Rossi, Matheus Almeida, Jean Santos e Henrique Neves

Demissões na FOX – 1

Fernanda Amalfi, Ana Ramos, Maurício Rossi, Matheus Almeida, Jean Santos e Henrique Neves foram dispensados ontem da Fox, em São Paulo. Três cuidavam de eventos e transmissões, uma era produtora de jornalismo, um editor de jornalismo e um assistente de produção.
A informação é que, depois da inauguração da base no Rio, a base paulista será diminuída.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Em ação no Supremo, AGU diz que afastamento de Cunha confirma tese de desvio de finalidade

Notícia Publicada em 10/05/2016 16:03

No mérito, a ação da AGU pede a anulação do pedido de impeachment em trâmite no Congresso

Para a AGU, afastamento de Cunha confirma a tese de que houve desvio de poder ao aceitar o pedido contra a presidente Dilma Rousseff  (REUTERS/Ueslei Marcelino)
Para a AGU, afastamento de Cunha confirma a tese de que houve desvio de poder ao aceitar o pedido contra a presidente Dilma Rousseff (REUTERS/Ueslei Marcelino)

BRASÍLIA – A Advocacia-Geral da União entrou nesta terça-feira com ação Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo uma liminar que suspenda o processo de impeachment, com o argumento de que o afastamento do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) da Câmara confirma a tese de que houve desvio de poder ao aceitar o pedido contra a presidente Dilma Rousseff.

No mérito, a ação da AGU pede a anulação do pedido de impeachment em trâmite no Congresso.

(Reportagem de Leonardo Goy)

O FINANCISTA