“Profissão Repórter” é vítima de um erro de cálculo da Globo

Caco Barcellos, que está há dez anos à frente do "Profissão Repórter"

Caco Barcellos, que está há dez anos à frente do “Profissão Repórter”

Até agora não está sendo possível entender muito bem o que levou a Globo a mudar o “Profissão Repórter” da terça para quarta-feira e qual foi a vantagem que o programa levou nessa.

Nem como de troca de seis por meia dúzia, pelo menos por enquanto, está sendo possível considerar. Ao contrário, se tivesse permanecido no mesmo lugar do passado, o programa teria vantagens e estaria entrando muito mais cedo do que, com o novo desenho da grade, passou a acontecer neste ano.

Uma pena porque é um programa que tem qualidades, sempre oferecendo à notícia ou ao fato em foco um tratamento amplo, muitas vezes movimentando três ou mais repórteres na mesma matéria, além do Caco Barcellos.

Este é um caso que a programação da Globo poderia reavaliar e chamar para ela a responsabilidade de fazer voltar ao que era antes. Inclusive com benefícios ao “Jornal da Globo” e “Programa do Jô”, que nas circunstâncias atuais também ficam com prejuízo ainda maior.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.