De olho em política, Ibovespa cai com piora nas projeções para PIB

Notícia Publicada em 04/04/2016 10:17

Impeachment entra em fase decisiva; votos dos indecisos estão no centro das atenções

Impeachment: parlamentares indecisos podem ser a “cartada final” tanto do governo, quanto da oposição (Geraldo Magela/Agência Senado)
Impeachment: parlamentares indecisos podem ser a “cartada final” tanto do governo, quanto da oposição
(Geraldo Magela/Agência Senado)

SÃO PAULO – O principal índice de ações da Bolsa de Valores de São Paulo opera em queda nesta segunda-feira (4), início de uma semana decisiva para o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Repercute no mercado a hipótese de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem obtido êxito nas negociações para evitar o impedimento da petista.

Além disso, a piora nas expectativas para a evolução da economia brasileira repercute negativamente. De acordo com economistas consultados pelo Banco Central para o Boletim Focus, a projeção para o PIB (Produto Interno Bruto) de 2016 foi revisada para baixo pela 11ª semana consecutiva e passou de queda de 3,66% para retração de 3,73%. Para o próximo ano, a expectativa para o PIB foi reduzida de crescimento de 0,35% para 0,30%.

No exterior, os preços do petróleo avançam apesar de certo desânimo quanto à possibilidade de redução da oferta por parte de grandes produtores.

Voltando à política, a entrega de defesa do impeachment de Dilma e a corrida do governo em busca de votos marcam esta segunda-feira. O prazo de dez sessões para que Dilma apresente sua defesa termina hoje e o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, deve entregar o documento focando no uso dos recursos apontados como pedaladas fiscais como tendo sido necessários para suprir programas sociais.

A partir de hoje, o relator do processo, Jovair Arantes (PTB), terá o prazo de até cinco sessões ordinárias da Câmara para elaborar o parecer. Arantes já avisou que pretende entregá-lo entre quarta-feira (6) e quinta-feira (7) por entender que haverá pedido de vista, o que pode atrasar a votação em duas sessões.

Por outro lado, segundo o Estado de S. Paulo, o governo pretende oferecer cargos aos senadores e construir um bloco de apoio. Dessa maneira o Palácio vai tentar convencer deputados menos conhecidos, do chamado “baixo clero”, de que a presidente tem todas as condições de barrar seu impedimento e assim conseguir mais votos na Câmara dos Deputados.

Levantamento do Estadão publicado no fim de semana mostra que se a votação na Câmara dos Deputados fosse hoje, 261 parlamentares votariam a favor da abertura e 117 se posicionariam contra. O governo precisa de 171 votos. Nove não quiseram se manifestar, 55 disseram estar indecisos ou preferiam esperar a orientação de seus partidos e 71 integrantes de 15 siglas não foram localizados.

Para especialistas, os parlamentares indecisos podem ser a “cartada final” tanto do governo, quanto da oposição. A expectativa, porém, é que os parlamentares que seguem indecisos esperem até a véspera da votação para definir seu voto. Desta maneira, eles poderão digerir todas as informações que vem sendo despejadas sobre o governo ao longo dos últimos dias.

“Por isso, os indecisos estão no centro das atenções. Enquanto o governo tenta reconstruir a base aliada oferecendo cargos, a oposição tem nas manifestações sociais o suporte necessário para angariar votos daqueles que estão em dúvida”, avalia Rafael Cortez, analista político da Tendências Consultoria, que destacou que Dilma e Temer disputam ombro a ombro os votos dos parlamentares indecisos. “Não podemos dizer que o assunto impeachment esfriou, mas que está no ponto morto, está”.

Por volta de 10h10, o Ibovespa marcava desvalorização de 1,24%, aos 49.931 pontos.

O FINANCISTA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.