Nova lei isenta doadores de medula de taxa de inscrição em concursos

Lei nº 8094 já está em vigor e é valida para concursos do Governo de Sergipe.
Candidato deve apresentar carteirinha de doador emitida pelo Redome.

Bandeira do estado de Sergipe

Lei estadual é válida para concursos realizadas pelo Governo de Sergipe (Foto: Reprodução/Diário Oficial)

Lei estadual foi publicada e já está valendo
(Foto: Reprodução/Diário Oficial)

A lei que autoriza os doadores de medula óssea a serem isentos do pagamento de taxa de inscrição de concursos públicos já está em vigor, ela é válida apenas para seleções realizadas pelo Governo do Estado de Sergipe, na administração direta e indireta. A lei nº 8094, aprovada na Assembleia Legislativa no mês passado, foi homologada e publicada no Diário Oficial na sexta-feira (4).

Para ter direito a isenção da taxa, o candidato ao concurso deve estar cadastrado no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome) e apresentar a carteirinha de doador (documento oficial) emitida pela instituição nos locais de inscrição. Objetivo da lei é aumentar as chances de achar um doador compatível com quem precisa fazer o transplante.

A lei regulamenta ainda que, em caso de inscrição pela internet, a organizadora do concurso deve deixar um campo para o preenchimento da informação se o candidato é doador de medula óssea. Assim sendo, a pessoa deve apresentar nos locais indicados o documento original ou cópia autenticada da carteirinha de doador emitida pelo Redome.

*Com informações do Diário Oficial

 

G1.COM.BR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.