Luciana Gimenez desiste de ação na Justiça contra Jorge Kajuru

Kajuru brigam na Justiça em processo por injúria e difamação

Kajuru brigam na Justiça em processo por injúria e difamação

Em mais um capítulo da eterna disputa jurídica entre Jorge Kajuru e Luciana Gimenez, a apresentadora desistiu de uma ação movida contra o jornalista.

No processo, que corria na 5ª Vara Criminal do Rio, a apresentadora da RedeTV! reclamava de um xingamento que sofreu no Twitter em 2013, quando foi chamada de “vagaba profissional”. Com a mudança do processo para Belo Horizonte, o advogado da apresentadora abandonou a ação “pois sabia que iria perder”.

Segundo o advogado de Kajuru, Gabriel Vieira Figueiredo Sapucaia, Luciana entrou com ação no Rio de Janeiro mesmo residindo em São Paulo: “A juíza diz expressamente que ela mente quanto ao endereço”.

Na sentença, proferida pela Juíza de Direito de Belo Horizonte, Roberta Chaves Soares, em 21 de janeiro deste ano, consta que Luciana não foi localizada no endereço informado no processo. O advogado da apresentadora foi intimado para dar continuidade à ação no prazo de dez dias, porém foi “inerte”, de acordo com o documento. Dessa forma, a punição a Kajuru foi extinta.

O advogado Sylvio Guerra, que representa Luciana Gimenez, informou por telefone que sua cliente não perdeu ação para Jorge Kajuru.

Segundo ele, o que houve, na verdade, “foi uma extinção do processo por falta de interesse de Luciana”, após a mudança da ação, do Rio de Janeiro para Belo Horizonte. “Ela tem muitos compromissos e desistiu”, esclarece o advogado.

Os dois apresentadores ainda se enfrentam na Justiça na área cível, desde 2005, devido a outra declaração de Kajuru (“Xuxa é menos burra que Luciana Gimenez”), que deu origem ao processo.

Guerra informa que a prioridade é a outra ação na qual Kajuru já foi condenado, no Rio de Janeiro, em valores que ultrapassam R$ 100 mil, pela juíza Mabel Christina Castrioto Meira de Vasconcellos, da 18ª Vara Cível.

“Ele pula de galho em galho”, diz Guerra sobre a dificuldade de localizar o jornalista, e “não possui bens em seu nome para penhora”. “Kajuru vive fugindo dos oficiais de justiça, mas prosseguimos perseguindo bens dele”, finaliza o advogado.

 

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.