Base de Fernando Pimentel boicota reunião sobre segurança pública

Na quinta-feira, 18 de fevereiro, os deputados estaduais da base do governador Fernando Pimentel (PT) não compareceram ao Plenário da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais. A reunião que os deputados governistas boicotaram envolvia discussões a respeito da melhoria da segurança pública: um dos temas na pauta era o PL 3173/16 que trata da reestruturação da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar. O deputado João Leite, vice-presidente da Comissão de Segurança Pública, tenta manter o quórum do plenário para discutir aumento de efetivo da Polícia Militar e Bombeiro Militar, mas a base do governador se ausentou para não debater o tema.

No Plenário, o deputado estadual João Leite questionou a ausência dos parlamentares que boicotavam a sessão, e a manobra para declarar rapidamente a falta de quórum e contestou: “O PT é uma farsa”.

Servidores também em pauta

Outro motivo para o boicote governista pode ter sido a emenda da oposição ao PL a ser discutido, que obrigaria o governo a pagar em dia os salários do servidores. A ação da oposição foi apresentada na forma de emenda ao PL 3173 e, para o deputado Sargento Rodrigues, agrega utilidade real à matéria. “Este é um projeto inócuo. O governo está tentando ganhar tempo para justificar a demora nas promoções, pois ele não depende da aprovação deste projeto para fazer as promoções por tempo de serviço de oito anos na graduação de soldado a cabo. A lei complementar 125, de 2014, é imperativa nessa questão. Por isso pedimos urgência nessa matéria porque este governo parece buscar maneiras de ludibriar a opinião pública e agora também os policiais e bombeiros militares”, afirmou.

Rodrigues explicou que, com a emenda apresentada, será possível corrigir a questão do pagamento dos servidores. “Estamos lutando para garantir o pagamento no dia devido e poderemos ver quais deputados vão se posicionar a favor do governo e contra os servidores”, reforçou o deputado. A emenda será discutida e votada na comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária (FFO) antes de seguir para votação em plenário, o que deve acontecer nesta quinta-feira (18/02).

 

Fonte : Site Turma do Chapéu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.