Do sonho de virar jogador a ‘bobo da corte’: conheça a história de Nego Bau

Renan Souza é um dos personagem mais populares da capital acreana.
‘Meu sonho era ser jogador de futebol, agora nem sei mais’, diz.

Bandeira do Acre

Nego Bau (Foto: Iryá Rodrigues/G1)
Bau ficou conhecido em Rio Branco após se tornar meme na internet  (Foto: Iryá Rodrigues/G1)

Passos apressados, movimentos desordenados e frases vagas, soltas enquanto percorre seu caminho. Dificilmente Renan Souza, de 37 anos, passa despercebido nas ruas de Rio Branco. Impossível também alguém conhecê-lo pelo nome de batismo, que já nem o identifica mais.

No dia em que a cidade de Rio Branco comemora 133 anos, o G1 conta a história de uma das figuras mais populares da capital e que já inspirou inúmeros memes na internet: Nego Bau.

Sempre pelas ruas de Rio Branco, Nego Bau se equilibra na linha tênue entre a loucura e a sanidade. Com um sorriso desdentado e um lapso de lucidez, ele diz, sem ressentimento e até em tom de aprovação, que mais parece um “bobo da corte”.

As pessoas me pedem para tirar foto, fazer vídeo. Elas riem. Mas, às vezes fico triste em ser assim, porque na verdade quero parar de usar drogas e não consigo.”
Nego Bau

Um dos locais mais fáceis de encontrar Bau é pelo bairro onde mora, Cohab do Bosque, ou no Parque da Maternidade, espaço que reúne muita gente jovem, principalmente, aos fins de semana.

‘Primeiro meme acreano’, diz jornalista
O jornalista e autor do Blog Colonheiro, Victor Mattos, foi um dos primeiros a escrever sobre Bau. Ele diz que o conheceu ainda adolescente. “Ele era normal aí perdeu uma ‘pá’ de parentes e surtou, misturou as drogas e aí já viu”, conta.

Autor da foto mais usada em memes de Bau, Mattos diz que a primeira vez que o entrevistou foi em 2007 e que a  fama dele ‘explodiu’ quando foi expulso de uma igreja em 2012.

“A primeira vez que entrevistei ele foi em 2007, durante a Expoacre, eu tinha que fazer uns quadros engraçados para uma programa de TV local. De lá pra cá, toda vez que encontrava com ele é uma zoação diferente, mas ele bombou mesmo quando foi expulso da igreja. Aí todo mundo fez matéria sobre ele”, relembra.

Foi a partir daí que a criatividade do jornalista também ajudou na fama de Bau. Autor de um blog de humor local, Mattos conta que passou a fazer fotos, vídeos e criou um “selo bau de qualidade”. Brincadeiras e memes que foram se espalhando pela internet, principalmente com a ajuda das redes sociais. “Com certeza o Bau foi o primeiro meme acreano, até hoje é famosão, mais que o Batman”, brinca.

Nego Bau (Foto: Iryá Rodrigues/G1)
Nego Bau lembra que sempre quis ser jogador profissional (Foto: Iryá Rodrigues/G1)

O sonho de ser jogador
Bau recebeu o apelido pelo sonho de ser jogador de futebol profissional, que por consequência – ou inconsequência –  do destino não conseguiu realizar. Até o apelido sofreu descaminho, o que era para ser Nego Ball, em referência a uma bola, se popularizou para Nego Bau, no “acreânes” dito na melhor forma.

Eu tinha um sonho de ser jogador de futebol, mas agora nem sei qual é o meu sonho”
diz, Nego Bau

Apaixonado pelo futebol, Bau chegou a jogar na categoria de base do Independência, time acreano. As datas não fazem mais sentido para Bau. De assuntos difíceis ele foge e, às vezes, com o olhar perdido, parece conhecer o impacto da dor.

“Eu nem me lembro quando comecei a usar droga, mas queria parar. Já tentei, mas não consigo. É um momento de emoção quando fumo. Mas, eu gosto de sair, ver o movimento, as pessoas me acham engraçado e alegre”, diz enquanto tenta esconder a boca ferida pelo fumo de alguns minutos atrás.

Bau sempre está presente em locais de muito movimento e, por muitas vezes, acaba virando  atração do evento. São fotos, vídeos e muitas brincadeiras que fazem o garoto, que de bom de bola, tornou-se da rua e aprendeu a lidar com a “loucura e lucidez”.

“As pessoas me pedem para tirar foto, fazer vídeo. Elas riem. Mas, às vezes fico triste em ser assim, porque na verdade quero parar de usar drogas e não consigo. Mas, o movimento e o pessoal, eu gosto. Eu sou um bobo da corte”, diz.

Em polêmica entre Dilma e Temer, Bau voltou a se destaque em blogs de humor em Rio Branco  (Foto: Reprodução/La Potoca )
Em polêmica entre Dilma e Temer, Bau voltou a se destaque em blogs de humor em Rio Branco (Foto: Reprodução/La Potoca )

Sucesso na web
Talvez nem ele mesmo saiba, mas Bau vez ou outra ganha as redes sociais dos acreanos. A última aparição dele na web foi em um site de humor local, que pegou carona na carta enviada pelo vice-presidente Michel Temer (PMDB) à presidente Dilma Rousseff (PT).

De braços abertos e bem mais novo, o personagem aparece sorrindo quando o título chama o leitor para uma revelação bombástica.

“Em carta de desabafo, Nego Bau diz que Dilma nunca lhe visitou quando veio ao Acre”. Somente esta postagem teve mais quase 2 mil curtidas e compartilhamentos.

Nego Bau chegou a ser destaque em várias montagens nas redes sociais  (Foto: Divulgação)
Nego Bau chegou a ser destaque em várias
montagens nas redes sociais
(Foto: Divulgação)

Devido ao problema com drogas, o personagem, que tanto faz sucesso na web, quase não consegue terminar uma frase que faça sentido.

O G1 encontrou a casa de Bau, na Baixa da Colina, próximo à Cohab do Bosque. Encontrá-la não é difícil, complicado é vê-lo em casa. “Rapaz, o Nêgo Bau mora logo ali, difícil é estar em casa”, informam as pessoas próximas à casa dele.

Mas desta vez ele estava. A casa de Bau tem uma estrutura inacabada bem na frente. De pronto, parece uma casa imaginária, parece que faz jus à forma com que decidiu lidar com algumas dores na vida. Quem o conhece comenta que o juízo lhe partiu de vez após perder a mãe.

Vício
Para manter o vício, o ‘superstar’ das redes sociais, pede ou, por vezes, consegue alguns trabalhos rotineiros. Porém, garante nunca ter roubado para manter o vício.

“Nunca roubei. Eu peço. Digo para as pessoas que é para fumar e mesmo assim elas dão. Eu tinha um sonho de ser jogador de futebol, mas agora nem sei qual é o meu sonho”, ressalta enquanto procura algo ao seu redor.

Casa de Bau tem uma estrutura não terminada na parte da frente  (Foto: Tácita Muniz/G1)
Casa de Bau tem uma estrutura não terminada na parte da frente (Foto: Tácita Muniz/G1)

‘Viro noites’
Bau é realmente um andarilho, por onde passa e que vê movimento, ele tenta chamar a atenção. “Acho bem legal as pessoas me conhecerem. Sou mesmo um bobo da corte”, finaliza com seu sorriso desdentado e tímido.

Nêgo Bau já virou meme em vários sistes de humor locais  (Foto: Divulgação)
Jornalista criou selo Bau de qualidade (Foto: Divulgação)
G1.COM.BR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.