Buracos na TO-030 causam transtornos a motoristas

Trecho que liga Palmas a Buritirana está em péssimo estado.
Condições da pista podem provocar acidentes e danos aos veículos.

Bandeira do estado do Tocantins

Trafegar pela TO-030, principalmente no trecho entre Buritirana e o distrito de Taquaruçu, em Palmas, exige cuidados. Os buracos espalhados pela rodovia são incontáveis e os prejuízos são maiores ainda, já que as condições da pista podem provocar acidentes e danos aos veículos.

Motoristas reclamam das más condições da rodovia TO-030 (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Motoristas reclamam das más condições da rodovia
TO-030 (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

A rodovia dá acesso às cidades de Santa Tereza, Lagoa do Tocantins, Ponte Alta do Tocantins, Pindorama do Tocantins e à região do Jalapão. Mas para chegar a esses destinos, muitas vezes é preciso trafegar na contramão e até usar o acostamento para fugir dos buracos.

“Às vezes a pessoa tem que entrar na contramão ou às vezes passar em cima do buraco para não bater em outro carro”, comentou um motorista que trafegava pela rodovia.

No início deste mês, o motorista de uma camionete foi desviar dos buracos em uma curva, quando perdeu o controle e bateu em um ponto de ônibus. A estrutura, construída à beira da rodovia para atender trabalhadores rurais de um assentamento, ficou toda danificada.

A produção da TV Anhanguera tentou contato com a Secretaria da Infraestrutura do Tocantins, mas não conseguiu uma resposta.

 

G1.COM.BR

Secretário confirma fugas em prisão de Roraima e cita ‘ausência do estado’

‘Presos cavam túneis quando não há segurança’, diz adjunto da Sejuc.
Fugas ocorreram na manhã e noite de quarta (24) na Penitenciária Agrícola.

Bandeira do estado de Roraima

Secretário adjunto da Sejuc, Francisco Borges, diz que  (Foto: Emily Costa/ G1 RR)

Secretário adjunto da Sejuc, Francisco Borges,
diz que (Foto: Emily Costa/ G1 RR)

O secretário-adjunto da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc), Francisco Borges, confirmou nesta segunda-feira (28) que 15 detentos fugiram da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, em Boa Vista, na quarta-feira (24).

Segundo Borges, na primeira fuga, que ocorreu por volta das 4h, dois detentos fugiram por um túnel de 30 metros, e nasegunda 13 presos pularam o muro da unidade às 22h.

Ele disse que essa foi a primeira vez que duas fugas foram registradas no mesmo dia na unidade e que isso “foi um sinal para que o estado repense sobre o que tem feito”.

“Isso [duas fugas em um dia] é inédito e pela experiência que temos é como se fosse um sinal que o sistema prisional nos dá para nós repensarmos a nossa segurança, a nossa forma de proceder”, considerou Borges.

Após as fugas, o adjunto relembrou que as visitas de familiares de presos ficaram suspensas por dois dias. “Depois que os ânimos se acalmaram e a pressão diminuiu, tudo voltou à normalidade”, pontuou.

‘Ausência do estado’
Sobre as recentes descobertas de diversos túneis na peniteniciária, Borges disse que os presos aproveitam o turno da noite para fazer as escavações, que podem levar até menos de oito dias.

“A questão do túnel é um tanto complicada. Sabemos que ela ocorre primeiramente pelo fator da ausência do estado no período das 18h até amanhecer o dia na área onde ficam os presos. Então, é por causa da ausência do estado eles têm esse tempo todo para criar algum plano de fuga e o túnel é o que eles acham adequado, até porque o solo é de areia e os muros do presídio também”, declarou.

O secretário afirmou ainda que o estado fez um estudo sobre o presídio, que abriga mais de 1300 detentos. “Após esse estudo, foi constatado que penitenciária precisa de mais uma muralha. Agora, ela está sendo construída e deve garantir maior segurança à unidade”, encerrou.

Presos recapturados
Conforme o titular da Divisão de Captura (Dicap), Roney Cruz, os detentos Ednaldo Fonseca da Silva, o ‘Bosta’, foi detido no fim do domingo em casa no bairro Cauamé e Paulo Rocha da Silva, que foi achado pela Força Tática com moto roubada no sábado (26).

 

G1.COM.BR

Cachorro que teve focinho arrancado é adotado: ‘ele é muito vivo’, diz dona

Poodle teve focinho cortado após fugir para a rua, em Porto Velho.
Ao ver foto de Théo, médica de RO foi até a clínica e adotou cão.

Bandeira do estado de Rondônia

Larissa adotou Théo em outubro deste ano, após ver foto do cachorro mal tratado em rede social (Foto: Mary Porfiro/G1)
Larissa adotou Théo após ver foto do cachorro maltratado em rede social (Foto: Mary Porfiro/G1)

Após ver a foto de um cachorro com o focinho dilacerado, publicada em uma rede social, a médica Larissa Tames não pensou duas vezes no que deveria ser feito: a adoção. Moradora de Porto Velho, Larissa conta que a ex-dona do poodle o abandonou depois que ele teve o focinho cortado enquanto andava sozinho na rua, em setembro. Desde que foi atacado, Théo passou por cinco cirurgias de reconstrução facial e hoje tenta se adaptar com a nova rotina. “Ele come papinha e coisas moles. Ele é muito vivo”, diz.

Em entrevista ao G1, Larissa relembra o exato momento em que se encantou por Théo. “Vi a foto no Facebook com o focinho cortado e liguei pra minha mãe chorando muito, falando que precisávamos ajudar aquele cachorro. Procuramos a clínica onde estava internado e descobrimos que as despesas da primeira cirurgia já estavam pagas, então deixamos nossa ajuda em papinha, porque ele não estava se alimentando com outra coisa. Desde então comecei a acompanhar o caso do Théo e descobri que a dona não o queria mais”, relembra.

Larissa conta que logo depois a ex-dona de Théo a procurou pedindo para que ela o adotasse, alegando que trabalhava o dia inteiro e não poderia dar os cuidados especiais ao animal.

A mãe de Larissa, Gabriela Tamis, diz que ajudou de imediato, mas ficou receosa quando a filha decidiu levar o cachorro para casa. “Quando ela me pediu eu relutei. Fiquei muito chocada com o caso dele e queria conseguir um lugar legal pra ele. O combinado foi que ele ficasse aqui em casa apenas dois dias. Mas os dois dias foram suficientes para que ele não saísse mais daqui. Ele nos conquistou”, afirmou Gabriela.

Além de Théo, a família de Larissa possui Jolie, uma shitzu que também foi adotada quando tinha um ano e meio. Jolie ainda não se acostumou a dividir a atenção da casa com o novo filhote. Théo foi castrado há pouco mais de um mês e fica separado de Jolie porque é necessário um tempo maior para a recupeação das cirurgias.

Larrisa ao lado do noivo Lucas, com os cachorros Jolie e Théo (Foto: Mary Porfiro/G1)
Larrisa ao lado do noivo Lucas, com os cachorros
Jolie e Théo (Foto: Mary Porfiro/G1)

De acordo com Larissa, Théo ainda precisa de uma atenção especial, principalmente na hora da alimentação. Somente ração de filhote, por ser mais macia, e pedaços de carnes pequenos fazem parte do cardápio. Algumas refeições são trituradas e dadas para o animal.

“Sempre me perguntam se ele bebe água exageradamente por ficar com a língua exposta, mas não. Ele bebe bastante água como um cachorro que brinca muito. Na alimentação damos carne moída, papinha e coisas mais macias e pequenas”, diz a médica.

Reação das pessoas
Sempre que a família leva Théo para passear, algumas pessoas estranham ao ver que ele não possui focinho. “Passeamos todos os dias porque se não ele morre de chorar. As pessoas ficam impressionadas e muitas vezes geram uma comoção, porque nós deduzimos que foram pessoas que o maltrataram e sempre perguntam a história do Théo. As crianças aceitam muito melhor que os adultos”, conta Gabriela, mãe de Larissa.

Segundo Larissa, cada dia ela fica mais encantada com a força de vontade de Théo para viver alegre e resistir as dores das cirurgias. “Ele é muito vivo e tem muita força. Ele aprende rápido, vai se adaptando. Não tem dificuldade pra nada e isso dele é incrível”, diz.

Maus-tratos
A antiga dona de Théo disse a Larissa que o poodle tem seis meses, mas segundo o veterinário que cuida de Théo, ele tem entre 1 e 2 anos, porque um cachorro de seis meses possui a arcada incompleta, bem diferente de Théo, que tem a arcada dentária definitiva.

Théo passou por cinco cirurgias após perder o focinho (Foto: Mary Porfiro/G1)
Théo passou por cinco cirurgias após perder o focinho (Foto: Mary Porfiro/G1)

A história contada para a família foi de que a antiga dona estava trabalhando e, quando chegou em casa, não encontrou Théo. Ao sair pelas ruas para procurá-lo, o encontrou ensanguentado e com o focinho pendurado.

 

G1.COM.BR

Bombeiros alertam a população para uso de fogos de artifício no Pará

Locais onde fogos serão soltos devem ser analisados para evitar incêndios.
Instruções de uso devem ser levadas em consideração para uso de adultos.

Bandeira do estado do Pará

Afogamentos e acidentes com animais marinhos lideraram ocorrências no Pará, segundo balanço divulgado pelo Corpo de Bombeiros nesta segunda-feira (6). (Foto: Divulgação/Agência Pará)
Equipes dos bombeiros reforçam segurança nas praias neste fim de ano. (Foto: Agência Pará)

Os paraenses se preparam para comemorar a chegada de 2016 e muitas pessoas se deslocam para os balneários e cidades do interior do estado. Seja qual for o destino, o Corpo de Bombeiros orienta a população para os cuidados na hora de usar os fogos de artifício.

De acordo com o coordenador de operações dos bombeiros, capitão Fábio Costa, as medidas de segurança garantem um réveillon tranquilo e sem acidentes. “As dicas para a população são que um adulto faça uso desses fogos e não crianças; ler as orientações da caixa de como soltar fogos; evitar estourar fogos próximo a revenda de gás, posto de combustíveis, da rede elétrica e terrenos baldios que possam incendiar”, ressalta.

Operação deve garantir energia elétrica durante as festas do fim de ano.  Estação das Docas Reveillon Belém (Foto: Everaldo Nascimento/ OS Pará 2000)
Bombeiros fiscalizam locais de queima de fogos. (Foto: Everaldo Nascimento/ OS Pará 2000)

Ao longo de todo o ano, o Corpo de Bombeiros realiza fiscalizações nas jangadas e locais onde ocorre queima de fogos. É vistoriado se o local de armazenamento desses fogos é adequado e se há um sistema preventivo de incêndio.

Na noite da virada do ano, bombeiros vão atuar em Mosqueiro, Outeiro e Salinópolis, que tradicionalmente concentram uma grande quantidade de pessoas.

“Cuidados com as crianças na água, não dirigir se beber e que todos tenham uma passagem de ano tranquila”, disse o capitão.

 

G1.COM.BR

Samba, rock e eletrônica são opções durante festas de réveillon em Manaus

Confira dicas de shows e festas para curtir na virada do ano na capital.
Público pode escolher entre opções em casas de shows, bares e boates.

Bandeira do estado do Amazonas

Apresentação contou com show pirotécnico de 15 minutos de duração (Foto: Romulo de Sousa/G1 AM)
Manaus terá várias opções de eventos no fim de ano (Foto: Romulo de Sousa)

Além de shows na praia da Ponta Negra e festas em hotéis, Manaus oferece várias opções de eventos para quem deseja receber 2016 em alto astral. A virada de ano na capital será eclética. Os moradores e visitantes que curtirem o réveillon terão muito samba, sertanejo, forró, rock e música eletrônica entre as opções para celebrar a chegada do ano novo.

Entre os eventos está o Réveillon das Águas Sensation White 2016, que será realizado no Studio 5 Centro de Convenções. Os ingressos já estão à venda. Quem preferir passar o ano em uma festa tradicional poderá escolher o Réveillon do Cassam 2016. Já os amantes do rock poderão ouvir o melhor do gênero no Porão do Alemão.

O G1 preparou um roteiro para quem deseja entrar 2016 em baladas.Veja quais são as principais festas da virada disponíveis em casas de show, bares e boates da capital:

Show da banda Xote com Pimenta deu continuidade ao evento (Foto: Marcos Dantas/G1)
Show da banda Xote com Pimenta será no Buteco
Ideal (Foto: Marcos Dantas/G1)

Réveillon Ideal
Local: Boteco Ideal, Avenida Lourenço da Silva Braga, bairro Betânia, Zona Sul
Atrações: Xote com Pimenta, 100% abusado, Meu Xodó
Valores: R$ 20 (preço único)
Horário: A partir das 21h
Informações: (92) 98123-6710 e  9187-3285

Pump White Edition 3 
Local: Dulcilas Festas e Convenções, Avenida Coronel Teixeira, 5982, Ponta Negra, Zona Oeste
Atrações: Nacionais – Repow, Alex Stein, Lonczinzki Paniek. Locais – TooHoot, Diego Marzzitelli e Bess.
Horário: 22 h
Valores: VIP 2◦ lote R$120,00 (open bar cerveja,água e refrigerante das 22hs as 03hs), Exclusive Ciroc R$250,00 (Open bar vodka, whisky importado, cerveja, água e refrigerante das 22h às 05h e Café da manhã)
Local de venda: Ingresse: 3004-6111 ou contato@ingresse.com
Informações: (92) 98161-8558
Traje: Branco obrigatório

Banda Cuka Fresca animou o público antes da entrada da Turma do Pagode, em Manaus  (Foto: Sérgio Rodrigues/ G1 AM)
Banda Cuka Fresca promete animar  público em Manaus (Foto: Sérgio Rodrigues/ G1 AM)  

Reveillon Cuka White Party
Local: Empório Manaus – Pagodela, Empório Manaus, na avenida Desembargador João Machado, bairro Planalto, Zona Centro-Oeste
Atrações: Cantor Gui, Banda Cuka Fresca e convidados
Valores: Pista R$20 pista e Área vip com open bar R$ 50
Informações: 99152-6717

Réveillon das Águas Sensation White 2016
Local: Studio 5 Centro de Convenções, Avenida General Rodrigo Otávio, 3555, Japiim, Zona Sul
Horário: 22 h
Atrações: Levantador de Toadas, David Assayag, a bateria Show da Aparecida, banda Cuka Fresca, o sertanejo de Breno Marx, o forró da banda Tomi Xote e o Flashback do DJ Raidi Rebelo
Valores: Lote promocional, pista (meia) R$ 25,00, (inteira não promocional R$ 50,00); Vip Frontstage R$60,00, (inteira não promocional R$ 120) com Open Bar (água, cerveja e refrigerante, até 2h da manhã)
Local de venda: Ingresse: 3004-6111 ou contato@ingresse.com

Dj Raidi Rebelo foi um dos que comandou a festa (Foto: Clarissa Bacellar/Portal Amazônia)
Dj Raidi Rebelo também vai comandar festa para amantes de música eletrênica
(Foto: Clarissa Bacellar)

Réveillon do Municipal
Local: Clube Municipal de Manaus,  Avenida Torquato Tapajós, bairro Flores, Zona Centro-Sul
Atrações: ainda não definido
Valores: R$ 20 (preço único)
Informações: 3651-2283

Cassam 2016
Local: Clube Cassam, rua Eirunepé, bairro São Lázaro, Zona Sul
Atrações: Ainda não divulgado
Valores: Ainda não divulgado
Informações: 2129-1706

Banda Critical Age (Foto: Divulgação)
Banda Critical Age vai cantar rock (Foto: Divulgação)

Rockno Porão
Local: Porão do Alemão,  Estrada da Ponta Negra, 1986, bairro São Jorge, Zona Oeste
Atrações: Banda Critical Age e Hightower
Valores: Ainda não divulgado
Informações: 3239-2976

Reveillon dos Forrozeiros do Forró do Netão
Local: Rancho Sertanejo, Avenida Professor Nilton Lins, bairro Flores, Zona Centro-Sul
Atrações: Bagaceiros do Forró e convidados
Valores: Não informado
Informações: 99142-1112

Reveillon do Lappa
Local: Lappa – Rua Rio Mar, nº 98- Vieiralves
Entrada: Pista R$ 80 (homens) e R$ 60 (mulheres)
Area VIP R$ 150 homens e R$ 120 mulheres. Venda na Bilheteria do Lappa.
Atrações: bandas Swing Samba Show, Cuka Fresca, o cantor Uendel Pinheiro e o DJ Fernando Araújo
Informações: 3584-3567

Marchinhas e samba
Local: Bar do Elon, Rua Rio Branco, 23, Vieiralves
Atrações: Banda do Elon
Informações: 994861330

 

G1.COM.BR

Deputados do Amapá devem reduzir R$ 400 milhões no orçamento estadual

Prevista para ser votada nesta segunda-feira (28), LOA foi adiada.
Alterações em valores causaram mudanças em projeto de lei.

Bandeira do estado do Amapá

Deputados levarão para votação na Assembleia Legislativa do Amapá (Alap) um orçamento de R$ 5.148 bilhões. O valor é abaixo do estipulado inicialmente, de R$ 5.550 bilhões, pelo governo, segundo a Alap.

Por causa das alterações, a votação prevista para esta segunda-feira (28) foi adiada. Ainda não foi definida nova data para apreciação da Lei Orçamentária Anual (LOA) 2016.

“O orçamento da Alap foi reduzido em R$ 30 milhões, sendo definido em R$ 131 milhões. Houve uma redução do orçamento [total] de R$ 5,550 bilhões para R$ 5,148. Isso é um indício de crise e todos os poderes reduziram os seus orçamentos para contemplar melhor o estado”, falou o consultor geral da Alap Paulo Melem.

Além do valor total, uma outra outra alteração a ser votada pelos parlamentares é o orçamento da própria Alap.

Segundo o consultor geral da Alap, os deputados chegaram a um consenso de R$ 161 milhões.

Na última quarta-feira (23), parlamentares avaliaram como um “cabo de guerra” a posição de deputados por valores. Uma ala queria R$ 161 milhões e outra defendia R$ 183 milhões.

“Houve um reajuste e essa redução foi para R$ 161 milhões e temos que fazer toda uma renovação nesses pareces, o que foi feito. A gente também estava aguardando do governo executivo para uma alteração, que passou de 5.30% para 4.66% como teto para a Assembleia”, afirmou Melem.

Mesmo com a redução do proposto inicialmente de R$ 181 milhões, a Assembleia deverá ter um orçamento maior que o praticado em 2015, fixado em R$ 153 milhões.

“Ano passado foi R$ 153 milhões, mas deve-se avaliar aumento do salários dos servidores, conta de luz e outros gastos”, argumentou Melem.

 

G1.COM.BR

Do sonho de virar jogador a ‘bobo da corte’: conheça a história de Nego Bau

Renan Souza é um dos personagem mais populares da capital acreana.
‘Meu sonho era ser jogador de futebol, agora nem sei mais’, diz.

Bandeira do Acre

Nego Bau (Foto: Iryá Rodrigues/G1)
Bau ficou conhecido em Rio Branco após se tornar meme na internet  (Foto: Iryá Rodrigues/G1)

Passos apressados, movimentos desordenados e frases vagas, soltas enquanto percorre seu caminho. Dificilmente Renan Souza, de 37 anos, passa despercebido nas ruas de Rio Branco. Impossível também alguém conhecê-lo pelo nome de batismo, que já nem o identifica mais.

No dia em que a cidade de Rio Branco comemora 133 anos, o G1 conta a história de uma das figuras mais populares da capital e que já inspirou inúmeros memes na internet: Nego Bau.

Sempre pelas ruas de Rio Branco, Nego Bau se equilibra na linha tênue entre a loucura e a sanidade. Com um sorriso desdentado e um lapso de lucidez, ele diz, sem ressentimento e até em tom de aprovação, que mais parece um “bobo da corte”.

As pessoas me pedem para tirar foto, fazer vídeo. Elas riem. Mas, às vezes fico triste em ser assim, porque na verdade quero parar de usar drogas e não consigo.”
Nego Bau

Um dos locais mais fáceis de encontrar Bau é pelo bairro onde mora, Cohab do Bosque, ou no Parque da Maternidade, espaço que reúne muita gente jovem, principalmente, aos fins de semana.

‘Primeiro meme acreano’, diz jornalista
O jornalista e autor do Blog Colonheiro, Victor Mattos, foi um dos primeiros a escrever sobre Bau. Ele diz que o conheceu ainda adolescente. “Ele era normal aí perdeu uma ‘pá’ de parentes e surtou, misturou as drogas e aí já viu”, conta.

Autor da foto mais usada em memes de Bau, Mattos diz que a primeira vez que o entrevistou foi em 2007 e que a  fama dele ‘explodiu’ quando foi expulso de uma igreja em 2012.

“A primeira vez que entrevistei ele foi em 2007, durante a Expoacre, eu tinha que fazer uns quadros engraçados para uma programa de TV local. De lá pra cá, toda vez que encontrava com ele é uma zoação diferente, mas ele bombou mesmo quando foi expulso da igreja. Aí todo mundo fez matéria sobre ele”, relembra.

Foi a partir daí que a criatividade do jornalista também ajudou na fama de Bau. Autor de um blog de humor local, Mattos conta que passou a fazer fotos, vídeos e criou um “selo bau de qualidade”. Brincadeiras e memes que foram se espalhando pela internet, principalmente com a ajuda das redes sociais. “Com certeza o Bau foi o primeiro meme acreano, até hoje é famosão, mais que o Batman”, brinca.

Nego Bau (Foto: Iryá Rodrigues/G1)
Nego Bau lembra que sempre quis ser jogador profissional (Foto: Iryá Rodrigues/G1)

O sonho de ser jogador
Bau recebeu o apelido pelo sonho de ser jogador de futebol profissional, que por consequência – ou inconsequência –  do destino não conseguiu realizar. Até o apelido sofreu descaminho, o que era para ser Nego Ball, em referência a uma bola, se popularizou para Nego Bau, no “acreânes” dito na melhor forma.

Eu tinha um sonho de ser jogador de futebol, mas agora nem sei qual é o meu sonho”
diz, Nego Bau

Apaixonado pelo futebol, Bau chegou a jogar na categoria de base do Independência, time acreano. As datas não fazem mais sentido para Bau. De assuntos difíceis ele foge e, às vezes, com o olhar perdido, parece conhecer o impacto da dor.

“Eu nem me lembro quando comecei a usar droga, mas queria parar. Já tentei, mas não consigo. É um momento de emoção quando fumo. Mas, eu gosto de sair, ver o movimento, as pessoas me acham engraçado e alegre”, diz enquanto tenta esconder a boca ferida pelo fumo de alguns minutos atrás.

Bau sempre está presente em locais de muito movimento e, por muitas vezes, acaba virando  atração do evento. São fotos, vídeos e muitas brincadeiras que fazem o garoto, que de bom de bola, tornou-se da rua e aprendeu a lidar com a “loucura e lucidez”.

“As pessoas me pedem para tirar foto, fazer vídeo. Elas riem. Mas, às vezes fico triste em ser assim, porque na verdade quero parar de usar drogas e não consigo. Mas, o movimento e o pessoal, eu gosto. Eu sou um bobo da corte”, diz.

Em polêmica entre Dilma e Temer, Bau voltou a se destaque em blogs de humor em Rio Branco  (Foto: Reprodução/La Potoca )
Em polêmica entre Dilma e Temer, Bau voltou a se destaque em blogs de humor em Rio Branco (Foto: Reprodução/La Potoca )

Sucesso na web
Talvez nem ele mesmo saiba, mas Bau vez ou outra ganha as redes sociais dos acreanos. A última aparição dele na web foi em um site de humor local, que pegou carona na carta enviada pelo vice-presidente Michel Temer (PMDB) à presidente Dilma Rousseff (PT).

De braços abertos e bem mais novo, o personagem aparece sorrindo quando o título chama o leitor para uma revelação bombástica.

“Em carta de desabafo, Nego Bau diz que Dilma nunca lhe visitou quando veio ao Acre”. Somente esta postagem teve mais quase 2 mil curtidas e compartilhamentos.

Nego Bau chegou a ser destaque em várias montagens nas redes sociais  (Foto: Divulgação)
Nego Bau chegou a ser destaque em várias
montagens nas redes sociais
(Foto: Divulgação)

Devido ao problema com drogas, o personagem, que tanto faz sucesso na web, quase não consegue terminar uma frase que faça sentido.

O G1 encontrou a casa de Bau, na Baixa da Colina, próximo à Cohab do Bosque. Encontrá-la não é difícil, complicado é vê-lo em casa. “Rapaz, o Nêgo Bau mora logo ali, difícil é estar em casa”, informam as pessoas próximas à casa dele.

Mas desta vez ele estava. A casa de Bau tem uma estrutura inacabada bem na frente. De pronto, parece uma casa imaginária, parece que faz jus à forma com que decidiu lidar com algumas dores na vida. Quem o conhece comenta que o juízo lhe partiu de vez após perder a mãe.

Vício
Para manter o vício, o ‘superstar’ das redes sociais, pede ou, por vezes, consegue alguns trabalhos rotineiros. Porém, garante nunca ter roubado para manter o vício.

“Nunca roubei. Eu peço. Digo para as pessoas que é para fumar e mesmo assim elas dão. Eu tinha um sonho de ser jogador de futebol, mas agora nem sei qual é o meu sonho”, ressalta enquanto procura algo ao seu redor.

Casa de Bau tem uma estrutura não terminada na parte da frente  (Foto: Tácita Muniz/G1)
Casa de Bau tem uma estrutura não terminada na parte da frente (Foto: Tácita Muniz/G1)

‘Viro noites’
Bau é realmente um andarilho, por onde passa e que vê movimento, ele tenta chamar a atenção. “Acho bem legal as pessoas me conhecerem. Sou mesmo um bobo da corte”, finaliza com seu sorriso desdentado e tímido.

Nêgo Bau já virou meme em vários sistes de humor locais  (Foto: Divulgação)
Jornalista criou selo Bau de qualidade (Foto: Divulgação)
G1.COM.BR