Terceirizados da Universidade Federal de Roraima denunciam que estão há 2 meses sem salários

Denunciante relata que salários e auxílios estão atrasados desde outubro.
G1 tentou contato com empresa responsável, mas não conseguiu.

Bandeira do estado de Roraima

Terceirizados da empresa Venturelli, que presta serviços para a Universidade Federal de Roraima (UFRR), denunciam que estão há dois meses sem receber salários. O problema, segundo eles, afeta os três Campi da instituição.

A reportagem tentou contato com a empresa Venturelli na manhã desta segunda-feira (21) por meio dos números de telefone informados no site da terceirizada, mas as ligações não foram atendidas.

Conforme uma funcionária, dez dos 155 terceirizados da Venturelli na UFRR ficaram sem receber o salário em outubro e todos os funcionários não receberam salários, auxílio transporte, alimentação e décimo em novembro e dezembro.

“Nesse período, procuramos diversas vezes a empresa, mas uma secretária nos dizia que iriamos receber em 15 de outubro, o que não aconteceu. Depois nos disseram que os salários, auxílios e décimos também seriam pagos na última sexta-feira [18], mas novamente ficamos sem ganhar nada”, relatou uma terceirizada que pediu para não ter o nome divulgado.

Segundo ela, o caso também foi levado à ouvidoria da UFRR, mas nada foi feito. “Denunciamos para eles [ouvidoria], mas não tivemos resposta alguma”, disse, acrescentando que a Venturelli foi contradada em março pela UFRR. “Desde lá, já enfrentamos diversos atrasos no pagamento”.

UFRR diz que efetuou todos os pagamentos das notas fiscais
Por meio de nota, a Universidade Federal de Roraima (UFRR) informou que efetuou todos os pagamentos das notas fiscais liquidadas até a presente data, referente aos contratos de empresas terceirizadas, inclusive a empresa Venturelli.

A nota esclarece que caso alguma empresa ainda não tenha recebido o pagamento da fatura do mês novembro, o problema pode ter ocorrido devido aos trâmites legais, como fiscalização, correções, atrasos de entrega de notas, ou questões técnicas que inviabilizaram a liquidação da fatura.

“Todavia, é importante destacar que as empresas têm obrigação contratual de garantir o pagamento regular por até 90 dias”, cita.

Sobre a Ouvidoria, a UFRR, informou que todas as solicitações feitas foram respondidas dentro do prazo cabível, por e-mail. “Os interessados podem se dirigir à Ouvidoria, que funciona no Bloco IV, campus Paricarana, ou ligar para o telefone 3621-3109 para esclarecer quaisquer dúvidas sobre seus questionamentos”, finaliza.

 

G1.COM.BR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.