Flávio Ricco quer entender como igreja evangélicas prosperam no meio da recessão

Contraste dolorido

Curioso é verificar o aperto de alguns setores contra a bonança e prosperidade de outros.
Mesmo nesses tempos de crise, igrejas como a Universal, além dos espaços na Record, ainda tem inteiramente nas mãos dela redes com a 21, CNT e boa parte da Rede TV!, Band e Gazeta, além de outras menos votadas. A crise por aí, com toda certeza, passa bem longe. Ou só ajuda.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.