Consolidados Grande SP 18/11/2015

Record encurta Rei Davi, mas Cidade Alerta perde vice-liderança para SBT

REDAÇÃO – Publicado em 19/11/2015, às 13h15

Na tentativa de estancar a perda de público provocada pela reprise de Rei Davi, a Record exibiu a minissérie ontem durante apenas 16 minutos. A estratégia não impediu a queda de Os Dez Mandamentos, que registrou 19,9 pontos na Grande SP. Sem parte do público que antes esperava o começo da novela bíblica, o Cidade Alerta marcou só 6,6 e perdeu a vice-liderança para o SBT, que no horário conseguiu 6,8, graças, principalmente, às novelas Teresa (7,4) e A Dona (7,9). Rei Davi rendeu 14,9

Média do dia (6h/5h59): 11,6
Hora 1 4,5
Bom Dia São Paulo 8,4
Bom Dia Brasil 9,5
Mais Você 7,9
Bem Estar 6,9
Encontro 7,3
SP TV 1ª Edição 12,6
Globo Esporte 11,8
Jornal Hoje 12,3
Vídeo Show 9,6
Sessão da Tarde 9,8
Caminho das Índias 13,5
Malhação 13,6
Além do Tempo 18,7
SP TV 2ª Edição 21,8
Totalmente Demais 23,1
Jornal Nacional 23,1
A Regra do Jogo 27,3
The Voice Brasil 20,1
Jornal da Globo 10,6
Programa do Jô 6,2
Rush – Medicina VIP 5,1
Corujão do Esporte 3,6
Corujão 2,9
Média do dia (6h/5h59): 5,2
Jornal do SBT Manhã 2,4
Carrossel Animado 2,0
Mundo Disney  4,3
Bom Dia e Cia.  5,7
Maria do Bairro 6,0
Casos de Família  5,9
Pérola Negra 5,9
Teresa 7,4
A Dona  7,9
Chaves  6,7
SBT Brasil  5,3
Cúmplices de um Resgate  9,9
Carrossel  11,2
Roda a Roda 9,1
Programa do Ratinho  6,7
The Noite  4,3
Jornal do SBT   3,7
Okay Pessoal  2,5
Média do dia (6h/5h59): 6,4
Balanço Geral Manhã 3,8
SP no Ar 6,0
Fala Brasil  5,9
Hoje em Dia 5,5
Balanço Geral SP  7,7
Prova de Amor 6,5
Chamas da Vida 3,4
Cidade Alerta 6,6
Rei Davi 14,9
Os Dez Mandamentos 19,9
Jornal da Record 12,5
Batalha dos Confeiteiros Brasil 10,9
A Fazenda 8 10,9
Câmera Record 7,1
Igreja Universal do Reino de Deus 1,1
Média do dia (6h/5h59): 1,9
Band News 0,7
Café com Jornal 0,9
Dia Dia  0,7
Os Simpsons  1,0
Jogo Aberto 2,9
Os Donos da Bola 2,2
Os Simpsons 2,3
Brasil Urgente 3,8
Jornal da Band 4,5
Fatmagül 2,8
Miss Brasil 2015 2,3
Jornal da Noite 1,9
Trip TV 0,6
Média do dia (6h/5h59): 0,6
Te Peguei  0,3
Melhor pra Você 0,4
A Tarde É Sua 1,8
Você na TV 1,4
TV Fama 1,0
TV Fama (2ª edição) 0,6
RedeTV! News 0,9
Superpop 1,4
Leitura Dinâmica 0,8
Amaury Jr.  0,5

Telespectador reclama da Rede Fuso da Globo no Acre; emissora responde

Recentemente, o NaTelinha fez uma matéria explicando detalhadamente o que é a Rede Fuso e por que ela é tão odiada por telespectadores da região.
Porém, a revolta parece ser ainda maior no estado do Acre, que com o horário de verão fica cerca de três horas de diferença do horário oficial de Brasília. Um leitor do site enviou um e-mail nos últimos dias relatando uma série de mudanças na programação, que atrapalham o telespectador que quer assistir ao seu programa favorito na Globo.
Segundo ele, a série de mudanças em 2015 passou do limite. “Para começar, os filmes da ‘Sessão da Tarde’ não foram exibidos durante todo o ano, dando lugar à séries americanas. Dessa forma, a partir de ‘Vale a Pena Ver de Novo’, a programação era adiantada e exibida com apenas 20 minutos de diferença em relação à Rede Fuso (sem horário de verão e com apenas uma hora de diferença – essa programação vai ao ar no Amazonas, Roraima e Rondônia), com o ‘Jornal do Acre’ após o ‘Jornal Nacional’, ocasionando tal diferença”, disse.
Ele também relata mudanças em casos excepcionais, como na exibição do especial “Paixão de Cristo” e durante a exibição do “Criança Esperança” – onde por lá, o programa foi exibido totalmente gravado, e não ao vivo -. Já em dias de “Fórmula 1” e Futebol ao vivo, a Globo adota o expediente de exibir tudo gravado e coloca filmes do “Cinema Especial” depois do jogo, para que seja possível exibir o “Fantástico” em seu horário anunciado, às 20h30 locais.
O fato se agravou com a chegada do horário de verão. O exemplo vital foi que os moradores do Acre não puderam ter notícias atualizadas do que acontecia na França, que foi vítima de atentados violentos no último fim de semana. “O horário de verão chegou e, além do ‘Jornal Nacional’ novamente gravado, o delay dominical foi estendido para os estados do Amazonas, Rondônia e Roraima, também da Rede Amazônica. Neste fim de semana, a programação foi alterada devido à cobertura dos atentados na França e F-1 no Brasil. No Acre, não houve a devida atenção principalmente para a questão do ocorrido em Paris e teve ‘Jornal Nacional’ gravado com 30 minutos de atraso em relação à rede, além de exibir um filme do ‘Cinema Especial’ logo depois da F-1 no Brasil, quando deveria seguir a programação ao vivo pelo menos até o ‘Fantástico'”, disse o leitor no e-mail.
Procurada pelo NaTelinha, a Central Globo de Comunicação explicou que precisa fazer tais adaptações por conta da classificação indicativa: “Em respeito aos telespectadores, a Globo faz uma série de ajustes na exibição de sua grade nas diferentes regiões do país. Estes ajustes garantem que sejam respeitadas as necessidades de fuso horário e de classificação indicativa. Durante o horário de verão, quando o país fica com um fuso horário a mais, a operação se torna ainda mais complexa, já que a grade da Globo oferece muitos eventos ao vivo, como as transmissões de futebol. A Globo considera que este esforço operacional se justifica para garantir aos telespectadores a melhor interação possível com seus conteúdos”.
NaTelinha

Qantas to go daily to Dallas/Fort Worth with A380

Qantas flight QF7 at Dallas/Fort Worth Airport (DFW Airport)

Qantas will deploy its flagship Airbus A380 daily to Dallas/Fort Worth from April 2016 as part of broader changes to the airline’s international network.

Currently, the oneworld alliance member serves Dallas/Fort Worth with six flights a week from its Sydney hub. However, it will add an extra service to the largest hub of its partner American Airlines to meet the strong demand on the route.

Qantas chief executive Alan Joyce says Australians are still travelling to the US despite the weaker Australian dollar.

“We’re still seeing strong demand on US routes, but capacity growth in the market will trend down from about nine per cent now to about six per cent in 2015/16 as a whole,” Joyce said in a statement on Tuesday.

“The lower dollar seems to have more of a positive effect on demand into Australia than a dampening effect on travel demand out of the country. Australians tend to compensate for a weaker currency by simply spending less when they are away, rather than changing their destination altogether.”

Qantas also announced further tweaks to its North American network on Tuesday, including a reduction in A380-operated services on Sydney-Los Angeles. While the airline will maintain a daily service, six flights a week will be with the A380, with a Boeing 747-400 to operate the seventh flight.

Overall Qantas frequency on the Sydney-Los Angeles route will be reduced from 10 per week to seven per week. However, the entry of American on the route in partnership with Qantas gives passengers the choice of two daily flights. The Flying Kangaroo also has nine flights a week on the Melbourne-Los Angeles route, and a daily service between Brisbane and Los Angeles, and is returning to San Francisco in late December.

Separately, Qantas is replacing Airbus A330s with larger Boeing 747s on three of its seven flights a week between Melbourne and Hong Kong from March 2016, representing a 2.5 per cent increase in capacity to the city. The A330 would be redeployed to a yet-to-be-confirmed Asian route, Qantas said.

Qantas, which recently added extra flights on the Sydney-Hong Kong route in addition to seasonal frequency boosts to various Asian points, told an investor conference in Sydney its routes to-and-from Asia had been the biggest contributors to its international revenue growth so far in 2015/16.

“For the past 18 months, we’ve been taking a more dynamic, agile approach across our international network and this is another example of that strategy,” Joyce said.

“We’re using our fleet more efficiently to give customers a greater choice of flights and more seats into Asia, at the same time as we meet demand for travel to North America in partnership with American Airlines.”

Qantas said it had completed the reconfiguration of 14 of its 28 A330s with the new business class seats.

 

Australian Aviation