Rede Globo troca protagonista de “Velho Chico”: Sai Sabatella e entra Pitanga

  • Letícia Sabatella será substituída por Camila Pitanga em "Velho Chico"

    Letícia Sabatella será substituída por Camila Pitanga em “Velho Chico”

A próxima novela das nove da Globo, “Velho Chico”, de Benedito Ruy Barbosa, acaba de sofrer uma importante mudança em seu elenco. Letícia Sabatella, chamada para fazer a protagonista, e uma das primeiras a ser lembrada para o elenco, acaba de ceder o seu lugar para Camila Pitanga. De acordo com Sabatella, as razões que acabaram determinando esta troca estão relacionadas a problemas com a agenda.

“Não foi possível conciliar as agendas para dedicar-me ao trabalho. Mas foi muito produtivo ter podido participar junto com pessoas que gosto muito das oficinas e contribuir com os fundamentos do processo. ‘Velho Chico’ há de brilhar!”, torce a atriz.

Em 2016, Letícia Sabatella contou que terá shows com a Caravana Tonteria, apresentações do espetáculo “Trágica.3”, que traz uma releitura contemporânea das tragédias gregas Medeia, Electra e Antígona, além de estar envolvida com a produção de filmes.

Consultado, o autor Benedito Ruy Barbosa assegurou que não tinha conhecimento do assunto.

Antes de Letícia confirmar sua saída, a alteração já era dada como certa em setores da própria emissora ou mais propriamente na área da teledramaturgia. O papel em questão é o da filha de um poderoso coronel (Antônio Fagundes) que surgirá na segunda fase da trama. Ela terá que abrir mão do seu grande amor por causa dos conflitos de terra entre duas famílias rivais. Uma trama com influência bem shakespeariana.

Ao UOL, em outubro, Sabatella havia dito que estava confirmada na novela:  “Estou superfeliz. Já aceitei o convite. Estou lendo a personagem e pelo que sei é uma das protagonistas”, disse a atriz.

O último trabalho de Camila Pitanga foi em “Babilônia”, do Gilberto Braga e Ricardo Linhares, e que ela não foi muito bem, inclusive sendo alvo de muitas críticas. O papel, no entanto, era muito fraco, e acabou interferindo no seu desempenho. O “Velho Chico”, além da oportunidade que se apresenta, será importante também para a sua recuperação.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

James Akel said that Dilma Rousseff currently has no courage to travel to Europe

DILMA MAY PROHIBITED  TRAVEL TO EUROPE

When to start the trial of Petrobras in the US, where the name of Dilma is quoted being president of the company’s Board, she may have to not travel more to Europe as it becomes liable to be arrested like they did with Marin and last with General Noriega who was president of a country.

Dilma just may have to travel only to communists countries.

 

James Akel in 12 November 2015

James Akel comenta que Dilma Rousseff não tem coragem atualmente de viajar para a Europa

DILMA PODE NÃO PODER MAIS VIAJAR PRA EUROPA

Quando começar o julgamento da Petrobras nos EUA, onde o nome de Dilma é citado sendo presidente do Conselho da empresa, ela pode ter que não viajar mais pra Europa pois passa a ser passível de ser presa igual fizeram com Marin e no passado com o General Noriega que era presidente de um país.

Dilma só pode ter que só viajar pra países bolivarianistas.

 

James Akel no dia 12/11/2015

Russia 2018/United Arab Emirates 2019 Qualifiers :Uzbekistan 3-1 DPR Korea

Tashkent: Igor Sergeev was on target for the third successive match as Uzbekistan moved to within one point of Group H leaders DPR Korea after coming from a goal down to defeat the East Asians 3-1 in their 2018 FIFA World Cup/2019 AFC Asian Cup joint-qualifier on Thursday.

After going down 4-2 to the North Koreans in their qualifying curtain raiser in June, Uzbekistan embarked on a run of three successive victories but their hopes of maintaining their winning momentum suffered an early setback when Ri Hyok Chol – who opened his Group H account in the triumph over the Uzbeks in Pyongyang – headed home his second of the campaign with just two minutes at the Pakhtakor Stadium played.

Local hero Sergeev, who scored the only goal of the game as Uzbekistan defeated DPR Korea 1-0 at January’s AFC Asian Cup, headed the hosts level in the 24th minute with his fourth of the campaign following his double against the Philippines and strike against Bahrain, as the Pakhtakor forward’s equaliser saw an evenly-fought first half end all square.

Substitute Alexander Geynrikh, himself no stranger to scoring against the North Koreans having accounted for the winner in a 2014 FIFA World Cup qualifier in Pyongyang four years ago, doubled Uzbekistan’s lead in the 66th minute before skipper Odil Ahmedov sealed the 3-1 win with three minutes remaining.

Uzbekistan’s fourth consecutive victory took their points tally to 12, one less than DPR Korea who have played one game more than Samvel Babayan’s side.

The group winners and four best runners-up (total 12 teams) will advance to the 2019 AFC Asian Cup finals and the final round of qualifying for the 2018 FIFA World Cup.

The next best 24 teams from the preliminary stage of the joint qualifiers will compete in a separate competition for the remaining slots (12 slots or 11 slots + 1 slot for the host) in the 24-team 2019 Asian Cup.

 

Asian Football Confederation Website