PREVIEW: SOCCEROOS V KYRGYZSTAN WORLD CUP QUALIFIER

The Socceroos return to Canberra for the first time since 2009 and aim to return to winning ways on their FIFA World Cup Russia 2018™ qualification journey when they face the tricky Central Asian opponent.

After the Aussies’ shock 2-0 defeat to Jordan last month, the Socceroos have little room for error against 124th-ranked Kyrgyzstan.

Aleksandr Krestinin’s side put up an impressive fight in Bishkek in June, and head to the nation’s capital with their own qualification hopes on a knife edge.

Kyrgyzstan are currently third in the group, just one point behind the Socceroos, so this is almost their last chance to stay alive in qualifying for the World Cup.

For that reason, this looms as a tricky test for the green and gold and a night of World Cup drama for the fans in the nation’s capital.

Worryingly for Socceroo boss Ange Postecoglou, there are a few injury concerns to consider when trying to come up with his starting XI.

With another qualifier against Bangladesh just five days later, Postecoglou may opt to save a couple of players who aren’t quite 100% for what will be a difficult test in Dhaka next Tuesday.

For Thursday’s game, starting XI defender Matthew Spiranovic was ruled out on Monday, while number one Mat Ryan and attacker Mat Leckie appear very long odds to play.

Ryan has had just four training sessions after returning from a two-month lay-off with a knee injury, while a respiratory illness means Leckie will only join the squad just over 24 hours before kick-off.

There’s also some doubt over left-back Jason Davidson, who is battling a calf problem which has restricted him to only light duties in training.

But even with all those injury concerns, the Socceroos have the depth and quality.

Skipper Mile Jedinak returns to bolster a midfield that oozes technical quality. His leadership in Amman was missed.

Canberra boy Tom Rogic, in-from Aaron Mooy, Mark Milligan and Massimo Luongo should ensure the home side have the bulk of possession as they seek to control the tempo.

And in attack, the likes of Tim Cahill, Tomi Juric, Nathan Burns and James Troisi are all in strong form with their clubs.

The pitch at GIO Stadium looks sensational and will suit the Socceroos fast-paced passing game much more than what they encountered on a bumpy surface in Bishkek.

The weather could be a factor, though, with storms set to hit Canberra in the build-up to the match on Thursday night.

Kyrgyzstan troubled Australia on the counter-attack in Bishkek, in particular through their wingers Mirlan Murzaev and Anton Zemlianukhin.

It’s likely to be an area they will look to exploit again, especially with some new faces likely to be in Australia’s back four.

But back on home soil, the Socceroos generally take it to a new level.

They won’t give the visitors any time to breathe in possession and – like Bangladesh experienced in Perth in September – they will look to kill the game with an early onslaught.

It should be a fascinating encounter in the nation’s capital as the Road to Russia 2018 heats up.

 

Football Federation Australia

Postos enfrentam falta de combustível no norte do Tocantins

Em Araguaína o valor da gasolina aumentou.
Trabalhadores foram dispensados por falta de serviço.

Bandeira do estado do Tocantins

Caminhoneiros usaram faixas nos veículos durante protesto no Tocantins (Foto: Divulgação/Maurício Fenelon)

Caminhoneiros colocaram faixas nos veículos durante protesto no Tocantins

(Foto: Divulgação/Maurício Fenelon)

Alguns postos de combustíveis de Araguaína, região norte do estado, estão enfrentando a falta do produto desde às 13h, desta terça-feira (10). Em um deles há apenas gasolina aditivada e em outro, os trabalhadores foram dispensados. O motivo seria a manifestação dos caminhoneiros.

“Desde o início da tarde estamos sem gasolina, sem etanol e sem estoque. Os trabalhadores foram mandados para casa porque não há o que fazer. Houve muita procura e não demos conta de tanta gente. O povo está com medo. Ontem e hoje foi muito corrido aqui na cidade. Parece cena de filme ver as pessoas correndo”, disse o gerente de uma distribuidora que quis se identificar.

Alguns donos de postos relataram que aumentaram os preços por causa da alta procura. O gerente de um estabelecimento disse que todos aumentaram os valores. A gasolina está variando entre R$ 3,70 e R$ 3,78 nas distribuidoras que abastecem a região. Apenas em um local o valor registrado foi de R$ 3,95.

Nesta segunda-feira (9), motoristas do município lotaram as distribuidoras da cidade com receio que os estabelecimentos não fossem reabastecidos por causa da manifestação nacional.

 

G1.COM.BR

Incêndio destrói casa em Boa Vista; havia gasolina guardada no local

Incêndio foi registrado nesta terça (10) na rua Cantá, no Conjunto Pérolas.
Gasolina guardada no local pode ter provocado explosão; não há feridos.

Bandeira do estado de Roraima

No local funcionava um pequeno mercado (Foto: Valéria Oliveira/ G1)

No local funcionava um pequeno mercado
(Foto: Valéria Oliveira/G1 RR)

Uma casa ficou totalmente destruída na tarde desta terça-feira (10) após um incêndio ocorrido na rua Cantá no Conjunto Habitacional Pérolas do Rio Branco, localizado na zona Oeste de Boa Vista.
Havia um forte cheiro de gasolina no local.

Segundo vizinhos, no imóvel funcionava um pequeno comércio onde eram vendidos produtos da Venezuela, inclusive o combustível.

Na hora do incêndio, somente a proprietária e o filho de 12 anos estavam no local. Nenhum deles se feriu. O fogo queimou todo o telhado da casa e as paredes ficaram rachadas. De acordo com o tenente do Corpo de Bombeiros que coordenou a equipe, Antonio Henrique, não há mais condições dos moradores permanecerem na casa.

“O imóvel sofreu um abalo muito grande na estrutura. Toda a casa tem rachaduras na parede, o que indica que não há mais possibilidade de convívio nesta residência”, avaliou.

Sobre a possível venda de gasolina, o oficial informou que havia forte cheiro de combustível no local. “Acreditamos que isso pode ter causado o incêndio. A própria dona disse que havia um galão de gasolina na residência”, citou.

A mulher disse ter perdido todos os móveis. “Perdi tudo, só salvei meu fogão e algumas roupas”, disse. Muito abalada com a situação, ela não quis comentar sobre a possível venda ilegal de combustível.

 

G1.COM.BR

Homem morre após colisão frontal entre carro e carreta na RO-387

Acidente aconteceu próximo ao perímetro urbano de Espigão D’Oeste.
Condutor do carro morreu na hora; motorista da carreta nada sofreu.

Bandeira do estado de Rondônia

Condutor de moto morreu ainda no local do acidente em Espigão (RO) (Foto: Evisson Borges/Arquivo pessoal)

Condutor de moto morreu ainda no local do acidente na RO-387

(Foto: Evisson Borges/Arquivo pessoal)

Um homem de 48 anos morreu após colisão frontal entre um carro de passeio e uma carreta carregada com calcário na RO-387, em Espigão D’Oeste (RO), na manhã desta terça-feira (10). Com a força do impacto, a carreta chegou a cair em uma ribanceira de aproximadamente quatro metros.

O motorista da carreta contou à Polícia Militar que seguia na rodovia sentido Espigão à Pimenta Bueno (RO) e, próximo a ponte sob o Rio Palmeira, o carro de passeio invadiu a pista contrária, como se fosse desviar de um buraco. Ele afirmou que o carro não conseguiu frear a tempo e os dois veículos bateram de frente

Conforme a Polícia Militar, com a colisão, os dois veículos foram arremessados para fora da rodovia. O condutor do carro de passeio morreu ainda no local do acidente. Já o caminhoneiro não sofreu lesões graves e não precisou de atendimento.

Carreta caiu em ribanceira de aproximadamente quatro metros (Foto: Evisson Borges/Arquivo pessoal)
Carreta caiu em ribanceira de aproximadamente quatro metros
(Foto: Evisson Borges/Arquivo pessoal)
G1.COM.BR

Polícia flagra armas, munição e drogas na casa de adolescente no Pará

Jovem de 17 anos estaria envolvido com tentativas de latrocínio e homicídio.
Investigações da polícia levaram às apreensões em Altamira.

Bandeira do estado do Pará

Uma operação realizada pela polícia em Altamira, no sudoeste do Pará, apreendeu na casa de um adolescente de 17 anos, e da companheira dele, duas armas de fogo, munição e drogas. As informações divulgadas pela Polícia Civil nesta terça-feira (10).

Casa de adolescente em Altamira, no sudoeste do Pará, abrigava armas, munições e drogas. (Foto: Divulgação/Polícia Civil do Pará)
Casa de adolescente em Altamira, no sudoeste
do Pará, abrigava armas, munições e drogas.
(Foto: Divulgação/Polícia Civil do Pará)

Segundo o delegado Vinícius Dias, as investigações levaram a equipe policial da Seccional Urbana de Altamira até a residência do jovem, onde foi feito o flagrante. O adolescente, que também foi apreendido, já teria envolvimento com atos infracionais por roubo, tráfico de drogas, tentativas de latrocínio e homicídio.

Ainda de acordo com a polícia, no imóvel foram apreendidas duas espingardas de calibre 12 de repetição, 100 munições, 709 gramas de pedras de “crack” e uma balança digital de precisão, usada para pesar a droga. O material permanece apreendido à disposição da Justiça.

 

G1.COM.BR

Bebida e armas são apreendidas em comunidade indígena no Amazonas, diz Polícia Federal

Quelônios também foram encontrados na Comunidade do Feijoal.
Dois homens foram presos; operação visa combater venda de bebidas

Bandeira do estado do Amazonas

A “Operação Karot I”, no último fim de semana, resultou na prisão de um homem e apreensão de armas, bebida e quelônios. A ação foi realizada para combater a comercialização de bebidas alcoólicas em aldeias indígenas, em Tabatinga a 1.108 km de Manaus. As informações foram divulgadas pela Polícia Federal (PF) nesta terça-feira (10).

De acordo com a PF, as investigações iniciaram após denúncias de lideranças indígenas locais e fazem parte das ações de combate à criminalidade implementadas com a Base Anzol. A ação policial contou com a cooperação das Polícias Civil e Militar.

Ao todo, seis mandados de busca e apreensão foram realizados na Comunidade Indígena do Feijoal. Durante a ação, a polícia encontrou cervejas, nove tracajás, duas espingardas e seis munições.

Ainda segundo a PF, as ações policiais devem ser realizadas em outras comunidades indígenas da região do Alto Solimões.

De acordo com o delegado Leon Emerich, dois suspeitos foram detidos no sábado (7). Um deles foi liberado após pagar fiança. Ele deverá responde por posse ilegal de arma de fogo. Já outro homem – suspeito de crime contra a fauna e receptação em concurso formal – foi preso e encaminhado para o Presídio de Tabatinga, onde ficará à disposição da Justiça.

 

G1.COM.BR