Goiânia – Comércio alega queda nas vendas e demissões devido às obras na Av. T-7

Farmácia calcula queda de 30% nos lucros desde a interdição da via.
Construção de corredor para ônibus deveria terminar no fim de setembro.

Bandeira de Goiás

Comerciantes reclamam que têm acumulado prejuízos por causa do atraso nas obras da Avenida T-7, no Setor Bueno, em Goiânia. A queda nas vendas fez com que muitos demitissem funcionários. Uma loja de produtos para piscinas, por exemplo, despediu dez pessoas e se mudou do local.

“Como você coloca funcionário aqui? Para não receber? Não tem como, não tem jeito”, lamenta Emicídio, gerente de uma mercearia.

A avenida está interditada desde agosto entre o cruzamento com a Av. T-2 e o da Av. C-205. A previsão inicial era de que as obras fossem concluídas em 27 de setembro deste ano, mas ainda não terminaram. No local estão sendo implantados o corredor preferencial de ônibus e a rede pluvial.

De acordo com a direção de uma farmácia localizada na avenida, eles faturaram 30% a menos do que lucravam. Por isso, funcionários tiveram de ser transferidos para outras unidades da rede. Um dos empregados pede “honestidade por parte das pessoas envolvidas nessa obra” em relação ao prazo.

No último dia 28, comerciantes e funcionários das empresas fizeram um protesto no local. Na ocasião, a obra havia sido paralisada. Após a manifestação, os trabalhos foram retomados no dia seguinte.

Prazo inicial para o fim da obra na Avenida T-7 era setembro, em Goiânia, Goiás (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)
Prazo inicial para o fim da obra na Avenida T-7 era setembro (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)

Não são apenas empresários e empregados que reclamam. A interdição do trecho afeta os motoristas que saem do centro da cidade e vão em direção aos bairros. O desvio passa pela T-2, segue pela T-6, entra na rua C-32, chega à Avenida C-4 e volta para a Avenida T-7.

“Eu acho que tinha que terminar logo essa obra. Está passando da hora e agora com as chuvas a tendência é piorar essa bagunça”, disse a engenheira agrônoma Adriane Alves.

A Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC) alegou que o andamento da obra do corredor exclusivo para ônibus na Avenida T-7 está dentro do novo prazo previsto, mas não informou quando será concluída. Ainda segundo a CMTC, os trabalhos foram intensificados desde 29 de outubro, quando começou a preparação da base da via para receber o asfaltamento.

Obras causm desvio na Avenida T-7, em Goiânia Goiás (Foto: Vanessa Martins/G1)
Obras causam desvio na Avenida T-7 (Foto: Vanessa Martins/G1)
G1.COM.BR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.