Figueirense 0 x 0 Santos

Goleiros seguram empate ruim para Figueirense e Santos em Florianópolis

Alex Muralha e Vanderlei se destacam no 0 a 0, neste sábado, em Floripa. Peixe segue G-4, mas rivais encostam; Figueira não escapa das últimas posições

Geuvânio Figueirense x Santos (Foto: EDUARDO VALENTE/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO)

Alex e Vanderlei foram os responsáveis pelo empate por 0 a 0 entre Figueirense e Santos, neste sábado à noite, em Florianópolis. Com quatro grandes defesas, duas delas seguidas no melhor estilo milagre no primeiro tempo, o goleiro do Peixe foi o nome do jogo e salvou o mistão montado por Dorival Júnior em virtude das semifinais da Copa do Brasil. Muralha também apareceu em chute à queima-roupa de Geuvânio e evitou o pior. Os times ainda reclamaram de pênaltis não marcados pelo árbitro Leandro Pedro Vuaden. No fim, o resultado acaba sendo ruim para as duas equipes no Brasileirão.

O Santos chega aos 50 pontos, segue no G-4, mas vê Inter e Sport encostarem. O Figueirense não consegue se afastar da disputa contra o rebaixamento. A equipe de Florianópolis sobe para 35 pontos e corre o risco de voltar para o grupo dos quatro piores se Avaí e Coritiba vencerem.

Paulistas e catarinenses reclamaram da arbitragem na saída do gramado para o intervalo por conta de pênaltis não marcados. Dudu foi empurrado por Gustavo Henrique na área, mas Leandro Pedro Vuaden ignorou. Logo depois, foi a vez de Geuvânio cair na área ao disputar lance com um defensor e pedir falta, também rejeitado pelo árbitro do Rio Grande do Sul.

O segundo tempo começou com tudo. O Santos, enfim, despertou. Geuvânio parou em ótima defesa de Alex Muralha após bela jogada de Marquinhos Gabriel pela direita. No lance, a bola tocou no braço direito de Yago, mas a arbitragem não viu. O Figueirense não deixou por menos. Sueliton arrancou em direção à área e finalização. Vanderlei, de novo, salvou o Peixe ao espalmar para escanteio.

Com a má atuação de Nilson no ataque, o técnico Dorival Júnior mandou Ricardo Oliveira a campo. O artilheiro do Brasileirão, porém, apareceu pouco. O Figueirense apostou em uma forte marcação sobre Lucas Lima e travou a criação santista. Os catarinenses seguiram esbarrando em Vanderlei. Perto do fim, o goleiro parou Juninho em chute dentro da área e garantiu o empate. Ruim para ambos.

GLOBO ESPORTE.COM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.