Atlético Mineiro 0 x 3 Corinthians

Corinthians vence Atlético-MG, abre 11 pontos e pode ser campeão domingo

Com tranquilidade impressionante, Timão faz 3 a 0 como se estivesse em casa, abafa pressão da torcida e faz com que o hexa seja questão de tempo; Galo sai aplaudido

O Corinthians ainda não é campeão brasileiro. Mas será. Pode ser na próxima semana, se vencer o Coritiba no sábado, e o Atlético-MG não derrotar o Figueirense no domingo. Ou na rodada seguinte, na outra… O hexacampeonato passou a ser mera questão de tempo com a vitória do Timão por 3 a 0 sobre o Galo, no Independência. A partida que os mineiros, vice-líderes, tanto esperaram para tentar reduzir uma desvantagem que só aumentava só serviu para confirmar a conquista.

O Corinthians, de quatro derrotas em 33 partidas, teria que perder outras quatro das cinco que restam. Um desastre absolutamente impensável. A pressão da torcida atleticana não se refletiu em campo. O time não jogou mal, mas não foi páreo para a segurança impressionante da exibição da equipe de Tite. Tranquila, sem entrar na pilha, sem se entregar à atmosfera.

Malcom, autor do gol de cabeça que abriu caminho, teve pelo menos três boas chances de decidir antes. Persistiu e fez o gol. Depois, Vagner Love ampliou. Foram duas assistências de Jadson, maior garçom e um dos maiores candidatos a craque do Brasileirão. Lucca, depois de linda tabela entre Renato Augusto e Love, deu o golpe final.

Recebido com cusparadas dos torcedores, Tite teve de enfrentar o calor com capa e capuz. Só tirou depois que Levir Culpi pediu educação ás arquibancadas. O clima era quente também no campo, mas as principais jogadas do Atlético-MG vinham das cobranças de lateral na área de Marcos Rocha. Até que Giovanni Augusto, com boa finalização, exigiu boa defesa de Victor.

Restavam 45 minutos para o Galo manter suas chances de conquistar o Brasileirão. A equipe não soube lidar com essa situação. Descoordenada, tentou abafar, fazer o gol de qualquer jeito. Luan até melhorou depois de um primeiro tempo irregular, criou grande lance pelo lado direito, mas seu passe não encontrou Dátolo.

Enquanto isso, o Corinthians, calmo como sempre, fez um, dois, três… Malcom, Love e Lucca, fora o domínio total do que aconteceu em campo. O jogo terminou com gritos de “é campeão” da torcida do Timão, e aplausos merecidos ao Atlético-MG, que, pelo quarto ano consecutivo, terminará a temporada entre os melhores times do país. Mas sem o troféu. Esse vai a Itaquera.

 

GLOBO ESPORTE.COM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.