James Akel denounces totalitarian bill against people who make criticism of politicians

PMDB deputy wants to turn on crime criticism against politicians in social media

Soraya Santos presented a project that turns into crime criticism of politicians on social networks and obliges the Prosecutor to report and file suit against all criticism.

In addition any politician can have access to personal data of those who criticized without judicial authorization.

The PMDB is the party of Eduardo Cunha, Renan Calheiros and Michel Temer.

 

James Akel in 28/September/2015

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.