Willian brilha e justifica baixo futebol com Luxa: “Me devia uma grana do Poker”

Willian, o Messi de Bigode Foto: Muralha

O Cruzeiro voltou mostrar um bom futebol e na estréia de Mano Menezes goleou o Figueirense por 5×1 no Mineirão. Com uma atuação quase perfeita de todos os jogadores celestes, um chamou atenção: Willian, vulgo Messi de Bigode.

O jogador que sob o comando de Vanderlei Luxemburgo, ex técnico Cruzeirense, chegou a pensar em largar o futebol, voltou a atuar como nos dois últimos anos, marcou 4 gols na partida e encostou de vez no Vasco da Gama na disputa pela artilharia do Brasileirão.

Procurado pela equipe do Olé do Brasil após o jogo, Willian justificou o baixo rendimento com o ex técnico cruzeirense: “olha, eu sempre acreditei no meu futebol e sabia do meu potencial, mas com o ‘profêxô’ as coisas não estavam dando certo. Em uma brincadeira de Poker na concentração eu ganhei uma grana, mas nunca recebi. A partir daquele momento, nossa relação nunca mais foi a mesma, o que influenciou diretamente no meu rendimento, já que ele passou a me escalar como lateral esquerdo”, disse com os olhos marejados.

Além de Willian, Leandro Damião e Paulo André fizeram suas melhores partidas pelo clube mineiro!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.