Tubarão que atacou surfista é corintiano: “Participou do Mundial de Surfe sem Libertadores”

Se gritar olha o tubarão, não fica um irmão (FOTO: Sharknado)

Se gritar olha o tubarão, não fica um irmão
(FOTO: Sharknado)

Quatro dias após o ataque de tubarão ocorrido na África do Sul, que felizmente não feriu ninguém, uma revelação feita por Mick Fanning, surfista que sofreu o ataque do animal, chocou o mundo.

Segundo Fanning, o tubarão é corintiano e deu vários indícios sobre sua preferência futebolística: “Ele tentou roubar a minha prancha e não tinha dentes. Por isso saí ileso. Depois contei para alguns amigos brasileiros que estavam na praia e todos disseram que já estavam desconfiados de que o tubarão é corintiano, porque entrou no Mundial sem ganhar a Libertadores. Não temos mais dúvidas: o tubarão é corintiano com certeza”, disse.

O tubarão que atacou o surfista possui um chip de monitoramento, colocado pelo pesquisador Jacque Cousteau. Segundo Cousteau, o tubarão é procurado pela polícia marinha e tem uma ficha longa que inclui mordidas em outros tubarões, furtos de iscas de pescadores e invasão de áreas reservadas para banhistas.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.