Preview: Melbourne City v Manchester City

Melbourne City v Manchester City at Cbus Super Stadium 5pm (AEST) Saturday.

Melbourne City began the 2014-15 pre-season with a thumping 7-0 win over Whittlesea Ranges.

A year later and they’re undeniably moving up in the world, with Manchester City succeeding the Victorian State League 1 outfit as the first sparring partners for John van ‘t Schip’s men.

The two-time Premier League champions have already enjoyed a run-out against A-League opposition, with Yaya Toure, Vincent Kompany, Willy Caballero, Gael Clichy, Jesus Navas and Samir

Nasri all featuring as they defeated Adelaide United 2-0 behind closed doors at Cbus Super Stadium on Wednesday night.

Those same doors will be thrown open on Saturday, when football fans on the Gold Coast can watch the two City sides go head-to-head, while Fox Sports will also broadcast the friendly, with the Australian team’s goalkeeper Tando Velaphi even set to wear a microphone during the match.

It’s for those reasons and more that van ‘t Schip has rightly described the clash as a landmark event.

“It’s an historic moment for both clubs,” he said.

“For us especially playing in Australia against our sister club, it’ll be a great moment for our players to step on the pitch and play against them.

“We’ve met them before their trip to America last year and this winter we saw them in Abu Dhabi so this is going to be the third occasion that we’re meeting as team but this will be the first on the pitch.”

There will be plenty of new faces in the Melbourne City squad following the arrival of Socceroos Ivan Franjic and Michael Zullo, promising youngsters Corey Gameiro and Steve Kuzmanovski and veteran defender Aaron Hughes.

Forward Harry Novillo, who has joined on a two-year deal after impressing during a temporary stay last term, together with Gameiro and David Williams, will be relied upon to lead the attack following the departure of Mate Dugandzic, Damien Duff and Josh Kennedy.

“It’s very important for everybody, it’s the first friendly game and everyone is looking forward to it,” van ‘t Schip said.

“They want to really go out there and have a competitive game and I can’t imagine a better opponent that they can play against and it’s an opportunity for everyone to see what level they are at and as a team, it’s a good point for us to see what’s needed ahead of the FFA Cup,” he added, referring to the round-of-32 tie away to Edgeworth FC on August 4.

Manchester City meanwhile, seeking to wrest back the title they lost to Chelsea last season, move on to Victoria after the game for International Champions Cup matches against Real Madrid and Roma.

Match Details

Manchester City v Melbourne City

5pm (AEST), Saturday 18 July

Cbus Super Stadium, Gold Coast

Click here to purchase tickets

Broadcast live on Fox Sports 503

Football Federation Australia

Globo tem alguém pensando nas suas novelas

 

Silvio de Abreu

Não é preciso voltar no tempo ou se jogar em estatísticas para comprovar a alta capacidade da Globo em produzir novelas. No mesmo momento em que “Babilônia” apresenta problemas, mas distantes de conduzi-la a um fracasso completo, temos o lançamento muito por cima de “Além do Tempo”, que vem se juntar aos resultados excelentes registrados por “I Love Paraisópolis” e “Verdades Secretas”.

A média, vamos combinar, é muito boa. Está certo que uma tropeçada na faixa das 9 da noite sempre provoca ruídos muito fortes e dá margem às mais pessimistas considerações. E que também o sucesso de algumas não justifica os problemas da outra, mas o índice de acerto continua bem elevado.

Tudo isso apenas vem revelar que as medidas colocadas em prática na teledramaturgia nos últimos tempos, e entre as principais a presença de Silvio de Abreu na direção deste núcleo, foram das mais acertadas.

A Globo, além dessa bem interessante regularidade no resultado final, hoje tem alguém do ramo, pensando e agindo no setor. Os resultados chegam naturalmente. Como, de fato, estão chegando.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Flávio Ricco comenta o fato do Jornal do SBT ser idêntico ao SBT Brasil

Joseval Peixoto e Rachel Sheherazade na bancada do novo telejornal SBT Brasil

 

Diferença zero

Para economizar no ônibus da madrugada, o “Jornal do SBT” passou a ser gravado às 10 da noite. Uma hora e meia depois do encerramento do “SBT Brasil”.
Evidente que o seu conteúdo não é nada diferente daquele que o antecede. Os dois, na verdade, são um só.

Partindo do princípio que existem dois jornais gêmeos na programação, não seria o caso trocar o segundo por um na hora do almoço?

Do jeito que está, o jornalismo do SBT fica praticamente 24 horas sem atualizar as informações.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

SBT tem 12 apresentadores para um jornal ao vivo

Joseval Peixoto e Rachel Sheherazade na bancada do novo telejornal SBT Brasil

Joseval Peixoto e Rachel Sheherazade na bancada do novo telejornal SBT Brasil

O SBT tem dois telejornais no ar. O “SBT Brasil”, ao vivo, às 19h45, e o “Jornal do SBT”, gravado e exibido no começo da madrugada, com direito a reprises pela manhã.
Para atender essa demanda e alguns boletins, existem na casa 12 apresentadores contratados.

Entre as mulheres da equipe, além das titulares, Rachel Sheherazade e Karyn Bravo, podemos ainda contar Cynthia Benini, Analice Nicolau, Neila Medeiros, Joyce Ribeiro, Patrícia Rocha e Carolina Aguaidas.

E no time masculino, Joseval Peixoto, Carlos Nascimento, Hermano Henning e Marcelo Torres. Vamos combinar que tem alguma coisa errada.

Trata-se, indiscutivelmente, de um grupo muito bom e formado por excelentes profissionais, mas é preciso encontrar uma maneira de otimizar o trabalho de todos. Alguns poderiam, muito bem, ser aproveitados nas reportagens ou outros setores do jornalismo.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

“É de Casa” vai revezar os seus apresentadores

"Vídeo Show" recebe os apresentadores do "É de Casa", novo programa da Globo

“Vídeo Show” recebe os apresentadores do “É de Casa”, novo programa da Globo

No primeiro “É de Casa”, novo programa dos sábados da Globo, com estreia dia 8, todos os apresentadores estarão presentes. Ou seja, Patrícia Poeta, Tiago Leifert, Zeca Camargo, Cissa Guimarães, André Marques e Ana Furtado.

Já nas edições seguintes, aí sim, haverá um rodízio de duplas na sua apresentação. A ideia é que a primeira delas seja formada por Patrícia Poeta e um apresentador, homem, uma vez que ela, Poeta, já está há um bom tempo fora do ar.

Mas quanto aos demais, não haverá folga para ninguém. Todos serão pautados para reportagens especiais, inclusive a do quadro “Eu Repórter”, que serão utilizadas no programa.

A ordem é essa: enquanto uma dupla estiver na casa, ancorando ao vivo, os demais estarão espalhados pelo Brasil, atrás de matérias que possam interessar.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery