Palmeiras deve terminar o Brasileirão com mais contratações do que pontos

Mattos sorri, mas torcedores choram (FOTO: Kelvin)

Mattos sorri, mas torcedores choram
(FOTO: Victor Ramos)

Pelo que dá para perceber, o planejamento do Palmeiras não está dando muito certo. O clube, que bateu o recorde de contratação para uma temporada, com 24 reforços, corre o risco de pagar um mico daqueles.

O clube palestrino deve terminar o Brasileirão com mais contratações do que pontos. Esta é a projeção realizada de acordo com o desempenho atual da equipe. Se não melhorar, o time terá de conviver com esta marca absurda.

“Eu até deixei de falar que seria difícil ganhar da gente nesse ano para não dar azar como deu em 2014, mas não adiantou. O time conseguiu perder do Goiás em casa e empatar com o Joinville e por isso reformulei a minha frase: vai ser difícil não ganhar da gente esse ano”, disse o presidente palmeirense.

Apenas um mico é maior que este: a milionária contratação do atacante Dudu.

 

 

Decepcionados, vascaínos apagam tatuagens com a palavra Respeito

Foi anunciado, mas nunca avistado (FOTO: Bernardo)

Foi anunciado, mas nunca avistado
(FOTO: Bernardo)

O Vasco não vence no Brasileirão desde 2013, não toma água desde 1973 e, para piorar, a diretoria do clube ainda cria novos motivos para os torcedores rivais fazerem piadas.

Na segunda-feira, o presidente vascaíno, Eurico Miranda, anunciou Léo Moura, e disse que Ronaldinho Gaúcho estava 90% certo com a equipe. Entretanto, no mesmo dia, o empresário do R10 viajou para fora do país para negociar o astro e Léo Moura desistiu do time de São Januário. Ou seja, o Respeito não voltou. Ponto.

Irritados com a ausência do Respeito, que também foi anunciado pelo clube durante o Campeonato Carioca, os torcedores do Vasco tomaram uma atitude extrema. Assim como os flamenguistas apagaram tatuagens de Léo Moura enquanto o lateral estava supostamente fechado com o Vascão, vascaínos decidiram apagar tatuagens do ex-ídolo Respeito, que nunca voltou, como foi prometido pela direção do clube.

Os estúdios de tatuagem do Brasil inteiro ficaram muito movimentados. Abastecidos de água e com freelancers para dar conta de tanto vascaíno revoltado desejando apagar as tatuagens com a palavra Respeito, alguns estabelecimentos chegaram a faturar 22,2 mil reais em apenas uma tarde.

O Atlético-MG foi o primeiro clube a anunciar um jogador que não veio. O Vasco foi o segundo.

 

A torcida do Flamengo foi a 1° a ficar desapontada com Léo Moura hoje; A do Vasco foi a segunda

Acabou o amor (FOTO: Vagner Love)

Acabou o amor
(FOTO: Vagner Love)

A segunda-feira começou agitada no futebol e nos estúdios que apagam tatuagens. O motivo? Léo Moura foi anunciado como reforço do Vasco.

Entretanto, a passagem do lateral por São Januário foi mais rápida do que a do Respeito. O ex-flamenguista desistiu do negócio e já avisou aos dirigentes do Vascão que não atuará pela equipe. Desta forma, Moura acabou decepcionando os flamenguistas e depois os vascaínos, que contavam com a sua presença durante o Brasileirão.

“O Eurico está pior que o Kalil, que anunciou o Anelka. Primeiro ele anunciou o Respeito, mas até hoje nada. Agora, veio com essa do Léo Moura, que também não jogará pelo clube. Nós zoamos os flamenguistas de manhã e agora estamos sendo zoados por eles”, disse o torcedor vascaíno Bernardo.

Se existia alguma chance de o respeito voltar para o Vasco, o caso Léo Moura fez com que não existisse mais.

 

Boeing and Thai Airways International Celebrate 25th Direct 777 Delivery

Newest 777-300ER brings continued efficiency, reliability and flexibility for flag carrier

EVERETT, Wash., June 23, 2015 /PRNewswire/ — Boeing (NYSE: BA) and Thai Airways International Public Company Limited (THAI) celebrated the Thailand flag carrier’s 25th direct 777 delivery, a 777-300ER (Extended Range), from the Boeing delivery center inEverett, Wash.

“This is a very special delivery for us – our 25th 777 delivery from Boeing,” said THAI President Mr. Charamporn Jotikasthira. “The flexibility of the 777 family has played a significant role in our continued success and our latest 777-300ER will ensure we continue to expand our long haul markets efficiently and economically, while providing our passengers the best possible experience.”

THAI has operated nearly every model of the 777 over the last two decades and also currently operates five 787 Dreamliners. THAI Cargo was the first carrier in Southeast Asia to utilize the 777 Freighter and in January the two companies celebrated the airline’s 75thdirect delivery from Boeing.

“Boeing is honored to celebrate this milestone delivery with Thai Airways International; it is a testament to the strong partnership between our two companies and the capabilities of the 777,” said Dinesh Keskar, senior vice president of Asia Pacific and India Sales, Boeing Commercial Airplanes. “With its superior economics and award-winning passenger interior, the 777 has been an outstanding airplane for THAI, and alongside THAI’s 787 Dreamliners, will ensure their success for decades to come.”

The 777-300ER is the most fuel and cost-efficient airplane in its class today with 99.5 percent reliability, making it the most reliable twin-aisle aircraft in the world. The flagship of the world’s elite airlines, the 777-300ER carries 386 passengers in a standard three-class configuration up to 7,825 nautical miles (14,490 kilometers), on non-stop routes.

The Bangkok-based airline has one additional 777-300ER on order.

Contact:

Joanna Pickup
International Communications
Boeing Commercial Airplanes
+1 425-879-6077
joanna.pickup@boeing.com

Jay Krishnan
Corporate Communications
Boeing Southeast Asia
+65 6800 5107
jay.krishnan@boeing.com

 

SOURCE : Boeing