TV paga ainda é um grande campo a ser explorado

 

Se por um lado é bem importante essa abertura proporcionada por canais como GNT e Multishow principalmente, ao atender a expectativa do público em geral e do mercado artístico em particular, também se faz necessário chamar atenção para um mínimo de qualidade naquilo que é realizado.

O cumprir tabela ou fazer por fazer, como que palavras de ordem em alguns casos, acabam existindo apenas para preencher espaços. Não acrescentam rigorosamente nada na ordem das coisas.
É preciso que exista a disposição de realizar e realizar bem, o que será melhor para todos. A TV paga ainda é um grande campo a ser explorado, podendo para isso se utilizar da excelente mão de obra que existe no mercado.
O sistema pago, devido ao estrangulamento das TVs convencionais e mesmo o grande aperto que algumas atravessam, acaba se transformando numa alternativa de trabalho das mais interessantes para profissionais de diferentes atividades. E só será produzindo, como estão fazendo GNT e Multishow, que a maioria dos canais pagos sairá deste estado de completa letargia.
Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Simples e sem exageros, “I Love Paraisópolis” se destaca na Globo

Tatá Werneck e Bruna Marquezine em "I Love Paraisópolis"

 

“I Love Paraisópolis” caiu na graça e simpatia do grande público. Conta para isso, em primeiro lugar, a experiência e sabedoria dos seus dois autores, Alcides Nogueira e Mario Teixeira.

E como principal virtude, “I Love Paraisópolis” se apresenta por meio de uma história simples, que apenas se atém ao cotidiano das pessoas. É o arroz com feijão bem temperado.

O diretor Wolf Maya, fazendo uma boa leitura da novela, deu aos seus personagens características de pessoas comuns.

Os exageros na interpretação, ao contrário do que acontece com Camila Pitanga desde o primeiro dia de “Babilônia”, não acontecem.

Todos os fatores citados, além de outros, justificam a alta audiência de “I Love Paraisópolis”.

O inverso de tudo se dá com “Babilônia”, nesta altura, uma novela que não tem mais para onde correr. As diversas tentativas, tentando salvar alguma coisa, não deram em nada.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Fim do “Programa da Tarde” complica também volta de Chris Flores

O fim do “Programa da Tarde” na Record vai render mais um problema.

Era por lá que a emissora pretendia encaixar um quadro comandado por Chris Flores, ex-“Hoje em Dia”, sobre pais e filhos.
Agora, resta saber como vai ficar a situação da apresentadora, que já está há algum tempo fora do ar.
O contrato da Chris com a Record vai até dezembro de 2016.
Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Staff research locations in Australia to novel to TV Globo #AUS

Marina estará em "Totalmente Demais"

The authors Rosane Svartman and Paulo Halm went to Australia, accompanied by the director Luiz Henrique Rios to choose the locations of “Totally Other” substitute for “I Love Paraisópolis” the Globe.

Furthermore, the double writing the last chapter of the current “Malhação”.

The team of “Totally Other” also visited Bonito in Mato Grosso do Sul and São Paulo, always looking for places that can receive external novel.

“Totally” will be starring Marina Ruy Barbosa.

Flávio Ricco with José Carlos Nery collaboration

Equipe pesquisa locações na Austrália para novela da Globo #AUS

Marina estará em "Totalmente Demais"

 

Os autores Rosane Svartman e Paulo Halm foram à Austrália, acompanhados do diretor Luiz Henrique Rios, para escolher as locações de “Totalmente Demais”, substituta de “I Love Paraisópolis” na Globo.

Além disso, a dupla escreve os últimos capítulos da atual “Malhação”.
A equipe de “Totalmente Demais” também visitou Bonito, no Mato Grosso do Sul, e São Paulo, sempre em busca de locais que possam receber externas da novela.
“Totalmente” será estrelada por Marina Ruy Barbosa.
Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Fox Sports festeja liderança com final da Champions na América Latina

Fox Sports festeja liderança com final da Champions na América Latina

O Ibope Media revelou os dados consolidados de audiência dos canais Fox Sports durante a final da Uefa Champions League na Argentina, México e Chile.

A final entre Barcelona e Juventus, que deu a vitória ao clube catalão por 3 a 1, garantiu 10,18 pontos de audiência na Argentina, 8,25 no Chile e 4,19 pontos no México.

Todos esses números foram muito comemorados pelos diretores do grupo Fox, já que nesses países foi o canal esportivo mais assistido durante todo o dia.

“Estamos muito orgulhosos de comprovar que a audiência acompanhou o nosso enorme esforço que realizamos, nossa cobertura foi ampla e contamos com os melhores profissionais. Os fãs por esportes e futebol nos exigem mais a cada dia e este evento esportivo, um dos mais importantes a nível de futebol, mostra a preferência do público pelo Fox Sports, e isso nos motiva a seguir apostando neste tipo de transmissão de prestigio e qualidade”, comentou Hernán Donnari, VP Senior de programação e produção da Fox Sports para a América Latina.

No Brasil, a final da temporada 2014/2015 da Champions foi transmitida pela ESPN Brasil, Globo e Band.

Na TV fechada, a ESPN detinha os direitos da competição há 20 anos, mas as próximas três temporadas acabaram sendo compradas pelo Esporte Interativo, do grupo Turner, para a transmissão exclusiva em TV por assinatura, internet e mobile.

NaTelinha

SBT cresce em confronto com o “Cidade Alerta” e diferença cai pela metade

SBT cresce em confronto com o "Cidade Alerta" e diferença cai pela metade

 

Nesta última semana, o “Cidade Alerta” sofreu com as novelas do SBT, mas esta tendência vem aparecendo já algum tempo.

O jornalístico policialesco da Record está se deparando com o crescimento da programação vespertina do SBT, que aumentou sua audiência em 14% no comparativo entre a média final de 2014 e o primeiro semestre deste ano (de janeiro a 18 de junho).

No ano passado, no confronto com o “Cidade Alerta”, o SBT marcou 5,8 pontos de média. Este ano, a emissora já está com 6,6.

No mesmo período, a atração comandada por Marcelo Rezende perdeu 6% e viu a diferença entre Record e SBT cair para 1,7 pontos. Em 2014, essa diferença era de 3 pontos.

Atualmente, o “Cidade Alerta” disputa público com os enlatados “Coração Indomável”, “A Usurpadora” e “Chaves”, que chegaram a 10 pontos nos últimos dias.

 

NaTelinha

Torcedor usa camisa do Corinthians no RJ, é confundido com jogador e contratado pelo Flamengo por engano

Agora Sheik pode cantar as músicas do Mengão sem medo (FOTO: Wallace)

Agora Sheik pode cantar as músicas do Mengão sem medo
(FOTO: Wallace)

O Flarinthians, quero dizer, o Flamengo não cansa de tentar contratar todo o time do Corinthians. Após fechar com Guerrero e Sheik e especular quase todos os outros atletas alvinegros, o Mengão cometeu uma gafe pior do se auto intitular Campeão Brasileiro de 1987. O cariocas contrataram um torcedor do Corinthians.

Enquanto retiravam um jogador em um carrinho de mão, dirigentes do Flamengo viram o corintiano caminhando perto do Ninho do Urubu e acabaram fazendo uma proposta irrecusável, conforme explicou o gerente de futebol, Patricio Amorinho: “Eu tenho um aplicativo no celular que me avisa quando tem alguém do Corinthians perto, para eu poder contratar rápido. Ele começou a apitar muito e rapidamente comecei a procurar. Vi um rapaz esbelto, com o físico em dia, envergando a gloriosa camisa corintiana. Não tive dúvida: o abordei, levei um dos 1200 contratos que tenho prontos para este tipo de situação e fechei com ele na praia mesmo”.

O torcedor corintiano e já ex-jogador flamenguista, Gilmar Fubá, contou como essa história maluca aconteceu: “Eu não tive oragem de dizer não quando vi os valores envolvidos no negócio. Em um mês eu ganharia o que faturo em 5 anos. Acabei assinando o contrato e cheguei até mesma a treinar na equipe”, contou.

Perto dos demais flamenguista, o torcedor até joga bem e se destacou nos treinamentos. Contudo, Fubá decidiu rescindir o contrato ao notar que o Mengão não possui carro maca: “Preciso de condições de trabalho dignas”, disse, antes de se despedir dos jornalistas.