Sport 2 x 1 Joinville

Imbatível na Ilha, Sport vence o
Joinville em noite de Maikon Leite

Atacante marca duas vezes na vitória por 2 a 1 e mantém Leão dentro do G-4
com 100% de aproveitamento em casa; time catarinense amarga a lanterna

O Sport segue devastador em seus domínios nesta Série A do Campeonato Brasileiro. Agora são quatro jogos e quatro vitórias do Leão na Ilha do Retiro. A vítima da vez foi o Joinville, lanterna da competição, que saiu derrotado pelo placar de 2 a 1. Maikon Leite, com dois chutaços, foi o responsável por dar o triunfo ao Rubro Negro, que sobe momentaneamente para a 3ª colocação. O Coelho descontou com o experiente Marcelinho Paraíba, em cobrança de falta.

A partida foi marcada também pelo centésimo jogo do técnico Eduardo Baptista no comando do Sport. O treinador, o mais antigo no cargo entre os clubes da elite do futebol brasileiro, chegou a sua 50ª vitória, com 20 empates e 30 derrotas. Outros destaques foram a estreia do atacante André, contratado esta semana pelo Leão e o reencontro de Marcelinho Paraíba com a torcida rubro negra, que o aplaudiu bastante antes do apito inicial.

Na próxima rodada, o Sport encara o Vasco, no sábado, às 16h30, na Arena Pernambuco. Enquanto no domingo, o Joinville recebe o Goiás na Arena Joinville.

Sport x Joinville Maikon Leite (Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)
Com dois gols, Maikon Leite foi o nome do jogo na Ilha do Retiro
(Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)

Com as duas equipes vivendo situações bem distintas na tabela, era de se esperar um Joinville mais recuado, aguardando a melhor chance de contra-atacar, mas o time catarinense abriu mão do “ferrolho”, e o Sport encontrou espaços para criar jogadas de ataque. Aos 15 minutos, Maikon Leite abriu o  marcador após bela trama entre Renê e Neto Moura. A bola sobrou dentro da área para o baixinho velocista, que fuzilou o goleiro Agenor.

O Joinville não baixou a guarda e também tentou agredir o adversário. Aos 25 minutos Rafael Costa saiu cara a cara com Danilo Fernandes, que bloqueou a finalização nos pés do atacante. Mas a noite era mesmo de Maikon Leite. Aos 38 minutos, ele recebeu uma bola quase sem ângulo e mandou mais um petardo para o fundo das redes.

No segundo tempo o Sport diminuíu o ímpeto com as substituições. Entraram Danilo, Ewerton Pascoa e André; saíram Neto Moura, Matheus Ferraz e Samuel. O time caiu de  produção e viu Marcelinho Paraíba, acionado no segundo tempo passar a mandar no meio de campo. Em cobrança de falta, o “quarentão” diminuiu para os catarinenses, que ainda tiveram uma clara chance de empatar o jogo com Mario Sérgio. Já no fim da partida, o lateral fez fila na zaga rubro-negra. Danilo Fernandes mais uma vez salvou o Sport.

 

GLOBO ESPORTE.COM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.