Paraná 1 x 1 Boa Esporte

Paraná sai na frente, mas cede o empate ao Boa Esporte na Vila: 1 a 1

Tricolor sai na frente com Fernando Viana, mas permite o empate com Raphael Silva. Mineiros se recuperam de duas derrotas seguidas e somam primeiro ponto na Série B

Um ponto. Foi o que conseguiram Paraná e Boa Esporte na tarde deste sábado, após o empate em 1 a 1 pela terceira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Jogando na Vila Capanema, os gols saíram somente no segundo tempo. O Tricolor saiu na frente com gol marcado pelo atacante Fernando Viana, mas os mineiros mostraram superação para buscar a igualdade com Raphael Silva e evitar a terceira derrota seguida na competição.

Na presença de 3.336 pagantes e 3.952 presentes, a partida foi marcada pelo equilíbrio durante o primeiro tempo. O Tricolor voltou melhor no segundo tempo, mas bobeou e permitiu o empate do Boa. Com o resultado, o Paraná fica na nona posição, com quatro pontos, enquanto o Boa Esporte fica na vice-lanterna, com apenas um conquistado.

Tanto o Tricolor quanto o Boa têm a semana cheia de preparação antes da próxima rodada. Na próxima rodada, o Paraná enfrenta o Bahia, na sexta-feira, às 21h50 (horário de Brasília), na Fonte Nova. O Boa Esporte recebe o Paysandu no sábado, às 16h30 de sábado, no Estádio Municipal de Varginha.

Fernando Viana Paraná Boa Esporte (Foto: Giuliano Gomes/PRPRESS)
Fernando Viana abre o placar na Vila Capanema, mas Paraná cede empate ao Boa
(Foto: Giuliano Gomes/PRPRESS)

Jogo morno no primeiro tempo, quente no segundo

Os times protagonizaram um primeiro tempo morno, com muitos passes errados e raros lances de perigo. Os donos da casa até que ditaram o ritmo do jogo nos primeiros minutos, com oportunidades desperdiçadas por Rafael Costa e Henrique. Mesmo com maior posse de bola, o Paraná não teve qualidade na criação das jogadas, caiu de produção e viu o adversário crescer no jogo. Aos poucos, o Boa Esporte apertou a marcação, controlou as jogadas de ataque e equilibrou o duelo na Vila Capanema, principalmente com as investidas de Rodrigão na frente.

Mais organizada, a equipe mineira não deixava o Tricolor jogar no início do segundo tempo, mas logo tomou um susto. Um não, no mínimo três. Buscando fazer valer o mando de campo, a equipe do técnico Nedo Xavier recuperou a lucidez em campo e chegou com perigo com a bola na trave de Fernando Viana, o desvio de Zé Roberto e o chute cruzado de Éder. A insistência surtiu efeito aos 25, quando o Tricolor abriu o placar com Fernando Viana. Estreante como titular, o atacante aproveitou o cruzamento e marcou para o Tricolor. Poucos minutos depois, o jogador acabou sendo expulso junto com Wallace, deixando as equipes com um a menos em campo.

Em desvantagem, o Boa não desistiu, acertou na marcação e voltou a controlar o jogo na Vila. A recompensa veio aos 39 quando, após cobrança de falta, Raphael Silva apareceu livre de marcação para mandar de cabeça e deixar tudo igual em Curitiba: 1 a 1.

 

GLOBO ESPORTE .COM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.