Tom Barros comenta dois lances na vitória do Ceará sobre o Bahia

 

Passes

Dois momentos de alta qualificação na vitória do Ceará sobre o Bahia: a enfiada de bola de Marinho para Samuel no lance do gol de Ricardinho. E a magistral enfiada de Magno Alves no lance em que Marinho poderia ter assinalado 2 a 0, mas optou por simular ter recebido falta. Dois passes que deixaram a defesa baiana com as calças na mão.

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 24/04/2015

Tom Barros comenta comentários de Ricardinho, Luís Carlos, Samuel e William Correia após Bahia 0 x 1 Ceará

Bahia
0 X 1
Ceará

 

Vantagem

Fiquei atento às reportagens com Ricardinho, Luís Carlos, Samuel e William Correia. Deles ouvi declarações conscientes a respeito da responsabilidade no segundo jogo com o Bahia. A margem do empate é boa, mas não segura ninguém. Agora mesmo o Flamengo tinha a vantagem na decisão de vaga com o Vasco. Resultado: Fla eliminado.

 

Tom Barros – Jogada – Diário

 

 

Tom Barros comenta Bahia 0 x 1 Ceará

Personalidade

Mais uma vez, em território baiano, o Ceará demonstrou firmeza e personalidade, até quando sob pressão. Assim quando da vitória sobre o Vitória; assim quando da vitória sobre o Bahia. Em nenhum momento o Ceará deu sinais de covardia, medo ou aceitação. Logo cuidava de responder. Isso fez o Bahia entender que não estava diante de um inferior, mas de um igual. E um igual que ganhou aura superior quando marcou 1 a 0, sustentou o placar e voltou para casa com significativa vantagem. Mas, acima do placar edificado, acima da vantagem obtida, o Ceará provou ter o que há de mais importante numa equipe de futebol: personalidade forte. Esta o torna inabalável até diante das mais desafiadoras adversidades. Não por acaso está com a mão na taça da Copa do Nordeste.

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 24/04/2015

James Akel comenta apoio do senador Álvaro Dias(PSDB) a nomeação de Luiz Fachin ao STF

YouTube/Reprodução

Álvaro Dias fez declarações a favor da nomeação de Luiz Fachin ao STF.

Luiz fez campanha pra Dilma e se declarou a favor do MST e mesmo assim Álvaro Dias apoia a nomeação.

Lógico que tem algo diferente deste caso.

Álvaro até agora era de oposição tucana.


 Escrito por jamesakel@uol.com.br às 09h37 no dia 24/04/2015
<!–[ ] –>
         

James Akel quer saber a origem da diferença de números da Petrobras

 

Alguém poderia explicar a diferença de números da Petrobras.

Se declararam que a corrupção foi de 6,2 bilhões de reais, falta explicação pra que o prejuízo declarado fosse de 21 bilhões.

Tem uma diferença entre a corrupção e o prejuízo.

Alguém tem que explicar que jeito sumiu esta grana.

Com certeza o presidente Bendine sabe bastante.

 

 Escrito por jamesakel@uol.com.br às 09h31 no dia 24/04/2015
<!–[ ] –>
         

James Akel comenta entrevista de Boni ao jornal O Dia sobre Xuxa na Record

 

Quando eu escrevi aqui que Xuxa não vai dar certo na TV Record por falta de conteúdo e direção recebi centenas de email me xingando de tudo que é possível se xingar alguém.

Agora o famoso Boni deu entrevista no jornal O Dia falando exatamente o que eu tinha escrito.

Disse Boni

“Acho que ela fez uma besteira. Não vai conseguir brigar com a Globo. Se não estava dando audiência na Globo, com todo poderio da emissora, como ela vai dar audiência na Record. Nem vai conseguir fazer sucesso e vai sofrer desgaste”.

Xuxa pode ter um ibope ou outro de acordo com o que o jornalismo conseguir criar conteúdo.

Mas isto não estabiliza de verdade um programa.

Gugu só teve ibope com duas escandalosas reportagens de mitos assassinos, coisa que até a TV Gazeta seria líder.

De resto Gugu só consegue ser vice de ibope porque Ratinho está pra lá de ruim de conteúdo e roteiro de show.

A coisa mais fácil nos dias de hoje seria Ratinho ganhar a vice, se conhecesse o caminho de verdade.

Mas Ratinho está longe disto e vai continuar longe.

A Xuxa vai ser o que Gugu é hoje e vai ser vice porque não tem um SBT com conteúdo de show.

Enquanto isto a TV Globo dá risada e se mantém líder.


 

 Escrito por jamesakel@uol.com.br às 08h47 no dia 24/04/2015