Tom Barros comenta a missão do Guarani de Juazeiro na semifinal do Campeonato Cearense

Guarani (J)

Complicada

A situação do Guarani/J está mais complicada. Não tem sobras no elenco. É a conta certa. Na derrota para o Ceará, Zé Augusto, doente, teve de entrar no sacrifício. O titular Tourun fraturou o nariz. Roberto Baiano contundiu-se. A diferença de qualidade e a necessidade ganhar por diferença superior a dois gols tornam a missão do Guarani quase impossível.

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 07/04/2015

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.