A premiação do “Oscar” foi bem democrática; “Birdman” leva quatro prêmios

A premiação do
Alejandro González recebe o Oscar de melhor diretor por “Birdman” – Fotos: Divulgação
Nos momentos que antecederam a cerimônia do “Oscar 2015“, a única certeza era que todos os concorrentes tinham chances de saírem vitoriosos.
A festa teve início com um número musical em homenagem ao cinema, relembrando grandes títulos de Hollywood. Na apresentação, os atores Neil Patrick Harris, mestre de cerimônia, Jack Black e Anna Kendrick. Logo em seguida, Lupita Nyong’o, melhor atriz coadjuvante em 2014, anunciou os candidatos ao prêmio de melhor ator coadjuvante para este ano, ficando a estatueta com o mais provável J.K.Simmons por seu desempenho em “Whiplash – Em Busca da Perfeição”.

Dando continuidade à cerimônia, a produção polonesa “Ida” foi quem venceu na categoria melhor filme de língua estrangeira, enquanto que o melhor curta-metragem ficou com “The Phone Call” e o melhor documentário em curta com “Crisis Hotline: Veterans Press 1. “
A torcida por Patricia Arquette deu certo e a atriz de “Boyhood – Da Infância à Juventude” faturou a estatueta de melhor atriz coadjuvante. Sem saber que este seria o único prêmio da produção, ela discursou emocionada, sendo muito aplaudida ao final.
Com 19 indicações ao “Oscar”, ao longo da carreira, a recordista Meryl Streep não levou o prêmio por seu trabalho em “Caminhos da Floresta”, mas a veterana atriz subiu ao palco para apresentar o “in memorian”, quadro em homenagem aos profissionais que faleceram em 2014, entre eles o ator Robin Williams.

Outro momento emocionante da noite foi a interpretação de “Glory”, música tema de “Selma – Uma Luta pela Liberdade”, pela voz de John Legend, confirmando o seu favoritismo e levando a estatueta de melhor canção logo em seguida.
Documentário brasileiro perde o prêmio 
Dirigido por Laura Poitras, “Citizenfour” ficou com o título de melhor documentário, derrotando o brasileiro “O Sal da Terra”, sobre a obra do fotógrafo Sebastião Salgado.
O filme vencedor descreve o escândalo de espionagem pela NSA, destacando os encontros com Edward Snowden antes e depois de sua identidade ser revelada ao público.Um dos momentos mais esperados da noite foi quando Lady Gaga participou de homenagem aos 50 anos do clássico “A Noviça Rebelde”, recebendo aplausos da plateia e de Julie Andrews, protagonista do filme.

Birdman e O Grande Hotel Budapeste faturam quatro prêmios cada 
Sendo ovacionada pela plateia, Julianne Moore conquistou o prêmio de melhor atriz por “Alice para Sempre”. Já embora o favorito fosse Michael Keaton, o ator inglês Eddie Redmayne foi quem levou a estatueta de melhor ator por sua atuação em “A Teoria de Tudo.”Empatados no número de indicações, “Birdman” e “O Grande Hotel Budapeste” faturaram quatro prêmios cada. A comédia dirigida por Wes Anderson ficou com os títulos de melhor trilha sonora original, melhor design de produção, melhor figurino e melhor cabelo e maquiagem.

Entretanto, “Birdman” estava destinado a ser o grande nome da noite. O filme de Alejandro González  (foto/acima) Iñárritu venceu nas categorias de melhor fotografia, roteiro original, direção e filme.
Confira todos os vencedores do “Oscar 2015”
– Melhor ator coadjuvante: J.K. Simmons
– Melhor Figurino: O Grande Hotel Budapeste
– Cabelo e maquiagem: Frances Hannon e Mark Coulier – O Grande Hotel Budapeste
– Melhor filme estrangeiro: Ida
-Melhor curta-metragem: The Phone Call
– Melhor documentário em curta: Crisis Hotline: Veterans Press 1
– Melhor Mixagem de som:  Whiplash – Em Busca da Perfeição
– Melhor Edição de som: Sniper Americano
– Melhor Atriz Coadjuvante: Patrícia Arquette
– Melhor efeitos visuais: Interestelar
– Melhor curta de animação: Feast
– Melhor filme de animação: Big Hero 6.
– Melhor design de produção: O Grande Hotel Budapeste
– Melhor fotografia: Birdman
– Melhor montagem: Wiplash – Em Busca da Perfeição
– Melhor documentário: Citizenfour
– Melhor canção original: Glory
– Melhor trilha sonora original: O Grande Hotel Budapeste
– Melhor roteiro original: Birdman
– Melhor roteiro adaptado: O Jogo da Imitação
– Melhor diretor: Alejandro González Iñárritu
– Melhor ator: Eddie Redmayne
– Melhor atriz: Julianne Moore
– Melhor filme: Birdman
NaTelinha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.