Números de ontem do TV TOTAL

 

Isabel Vilela_Juliana Silveira

País Visualizações
Sinal BrasilBrasil 484
Sinal Estados UnidosEstados Unidos 180
Sinal PortugalPortugal 4
Sinal Reino UnidoReino Unido 3
Sinal MéxicoMéxico 2
Sinal IndiaIndia 2
Sinal IndonesiaIndonesia 2
Sinal EspanhaEspanha 2
Sinal Korea, Republic ofRepública da Coreia 2
Sinal HolandaHolanda 1
Sinal New ZealandNew Zealand 1
Sinal AustráliaAustrália 1

Dado Dolabella quer uma nova oportunidade na televisão e na música

18.mar.2014 - O ator Dado Dolabella durante a apresentação da programação 2014 da Record, em São Paulo

18.mar.2014 – O ator Dado Dolabella durante a apresentação da programação 2014 da Record, em São Paulo

Afastado da televisão desde os problemas que aconteceram durante as primeiras gravações de “Vitória” e que também provocaram a rescisão contratual com a Record, Dado Dolabella só pensa em virar de vez essa página.

Ele já se movimenta para voltar ao mercado, nas funções de ator e de cantor.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Público pede “Vale a pena ver de novo” na Bandeirantes

  • Divulgação

    2006 - Os atores Mário Frias e Juliana Silveira em "Floribella" da TV Bandeirantes

    2006 – Os atores Mário Frias e Juliana Silveira em “Floribella” da TV Bandeirantes

 

A Bandeirantes continua recebendo muitos pedidos para voltar a apresentar as novelas “Floribella”, estrelada por Juliana Silveira, e “Dance Dance Dance”, com Juliana Baroni.

Entendem os telespectadores que essas produções cairiam muito bem na faixa da tarde, ao melhor estilo “Vale a pena ver de novo”. Fica a dica.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Valéria Monteiro vai virar uma mulher vingativa no cinema

Valéria Monteiro

Após “Histórias Íntimas”, produção que conquistou no ano passado o prêmio de melhor documentário no “7º Los Angeles Brazilian Film Festival” e conta a história da sexualidade no país desde os tempos do Brasil Colônia, Valéria Monteiro se prepara para um novo filme.

Ela vai integrar o elenco de “As pintas da onça”, um thriller psicológico, com direção de Júlio Lellis e Breno Pessurno.

Em “As pintas da onça”, Valéria será Alexandra, uma mulher da alta sociedade que é maltratada pelo marido milionário. Ela decide se vingar dele, encarcerando-o num quarto secreto, e começa uma escalada para reviver seu passado de reputação questionável. O filme será rodado a partir de agosto em Florianópolis.

Mitzi Evelyn, Sonia Clara Ghivelder e Cristina Prochaska também estão no elenco.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

“Profissão Repórter” vira celeiro do jornalismo da Globo

3.nov.2014 - Caco Barcellos no "Profissão Repórter"

3.nov.2014 – Caco Barcellos no “Profissão Repórter”

Se a novela “Malhação” possui o mérito de ter revelado e continuar revelando bons valores na Globo, no campo do jornalismo o “Profissão Repórter”, do Caco Barcellos, também tem dado uma contribuição das mais importantes.

Basta contabilizar o número de jovens, que, depois de prestarem serviços no jornalístico, foram absorvidos por outras redações e programas da mesma organização.
Cerca de 50 repórteres iniciantes já passaram pela equipe do Caco, entre pessoal de vídeo e produção.

Muitos deles foram convidados a seguir carreira na própria Globo, como são os casos de Mariane Salerno e Julian Bandeira, hoje no “Como Será?”; Thais Itaqui, atualmente na GloboNews; Ana Paula Santos na editoria Rio; Paula Akemi na editoria São Paulo; Felipe Suhre e Nádia Bochi no “Mais Você”; Gabriela Lian no “Encontro com Fátima Bernardes” e Raphael Prado no “Caldeirão do Huck” como redator.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Após 11 dias de folga, congressistas devem voltar ao trabalho nesta terça

13h11 | 22/02/2015

O recesso ampliado de Carnaval, segundo a Associação Contas Abertas, vai custar cerca de 279,1 milhões aos cofres públicos

A Câmara dos Deputados e o Senado Federal não realizam votações desde o último dia 11. Os congressistas são obrigados a comparecer às sessões apenas quando elas são deliberativas, o que na prática libera todos os 594 deputados e senadores a só retornarem às suas atividades na próxima terça-feira (24), quando o Congresso volta a funcionar.

O recesso ampliado de Carnaval é tradição no Congresso, sendo que muitos aproveitam para fazer viagens internacionais, como o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e o líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira (CE). De acordo com a Associação Contas Abertas, os 11 dias de feriadão vão custar cerca de 279,1 milhões aos cofres públicos.

Nos dias em que não há votações, também não há cortes nos salários, nem as faltas são contabilizadas pelas duas Casas. O Congresso ficou praticamente vazio na última quinta-feira (19), quando apenas o Senado realizou sessão exclusiva para discursos.

Foram quase três horas de debates, com falas de 10 dos 81 senadores se revezando na tribuna. A Câmara não teve atividades. O mesmo cenário ocorreu na quarta-feira de Cinzas (17), quando apenas os senadores passaram a tarde discursando.

Desde que os senadores tomaram posse em seus mandatos, no dia 1º de fevereiro, o Senado votou apenas um projeto que autoriza acordo entre o governo do Brasil e a Organização Internacional para as Migrações. Nenhuma matéria relevante entrou na pauta e as comissões permanentes da Casa não reiniciaram as atividades em 2015. A expectativa é que os senadores definam as presidências das comissões depois do feriadão.

Para garantir a folga ampliada, os líderes da Câmara fecharam um acordo e chegaram a antecipar as votações, realizando três sessões na semana anterior ao Carnaval, impondo derrotas ao Planalto na análise de matérias incômodas. Antes do embarque, as sessões registraram quórum alto na Câmara, inclusive, na segunda-feira (9), com presença de 464 deputados.

 

Diário do Nordeste -Política – 22/02/2015