James Akel comenta que os Exércitos da Rússia, Cuba, Coreia do Norte e Brasil farão exercícios militares em 2015

Flag for RussiaFlag for CubaFlag for North KoreaFlag for Brazil

Alguém tem que explicar o caso dos exercícios militares que devem ocorrer este ano entre os Exércitos da Rússia, Cuba, Coreia do Norte e Brasil.

Se o Exército brasileiro já se entregou ao comunismo, que seja claro e que o povo saiba qual o regime do Brasil de verdade.

Se Dilma vendeu o Brasil aos comunistas o povo tem que saber.


Escrito por jamesakel@uol.com.br às 10h37 no dia 04/02/2015

James Akel divulga que o novo pedido de CPI da Petrobras na Câmara Federal tem 186 assinaturas

Petrobras horizontal logo (international).svg

 

Ontem mesmo foi registrado o novo pedido de CPI da Petrobras na Câmara Federal.

O pedido tem 186 assinaturas e deve ser aprovado pelo presidente Eduardo Cunha.

Dilma sabe que esta é a alternativa de caminho pra impeachment


Escrito por jamesakel@uol.com.br às 10h38 no dia 04/02/2015

James Akel comenta que a Record contratou a Xuxa e não tem estratégia

57366-data0002tssnapshot16162

A TV Record quer dar um programa de entrevistas pra Xuxa e dizem que ela pode ser a Ellen De Generis brasileira.

Uai, a Ellen é humorista, homossexual assumida e masculinizada na sua vestimenta.

Nada a ver com nada que Xuxa possa fazer.

Mas na cabecinha do pessoal da TV Record acreditam nisto.

Jamais em tempo algum ninguém ficou no lugar de ninguém.

Na TV Globo a Flávia Alessandra teve a ousadia de dizer que tem o lado Hebe dentro dela.

Ela pode ter outros lados menos o de Hebe e isto é de uma ignorância de cultura sobre tv inacreditável.

Cada um ou uma deveria entender que na tv sempre vingou a personalidade verdadeira da pessoa, seja homem ou mulher.

Ninguém teve sucesso sendo outra pessoa.

Silvio Santos, Flávio Cavalcanti, Chacrinha, Hebe, Ratinho, Cabrini, Meirelles, Rezende, Raul, Jô, todos eles são ou foram apresentadores sempre de maneira personalizada em si e não em cópia de outros.


Escrito por jamesakel@uol.com.br às 10h39 no dia 04/02/2015

SBT anuncia filme inédito antes de comprar e o perde para a Globo

Cole Hauser e Cuba Gooding Jr. em cena de A Lista (2011); SBT anunciou filme, mas desistiu de comprá-lo
Por PAULO PACHECO, em 04/02/2015 · Atualizado às 13h45

Menos de 20 dias após anunciar o pacote de filmes de 2015, o SBT já teve a primeira baixa. A emissora anunciou o longa policial A Lista (2011), distribuído pela Sony e inédito na TV aberta, antes de fechar sua compra. A Globo, no entanto, furou a negociação e adquiriu o filme primeiro. A rede carioca vai estreá-lo domingo (8), na sessão Domingo Maior.

O SBT diz que desistiu de comprar o filme e que está refazendo a chamada em que o inclui entre suas atrações. A versão anterior foi exibida pela primeira vez em 16 de janeiro, com mais de 20 títulos, entre eles Fúria de Titãs 2 (2012) e Premonição 5 (2011), ambos da Warner, além de A Lista. A emissora esclarece que somente A Lista foi cancelado.

O longa é protagonizado por Cuba Gooding Jr., que interpreta o matador de aluguel Jonas Arbor. Ele se oferece para assassinar cinco pessoas para o empresário Allan Campbell (Cole Hauser), que leva a proposta na brincadeira e faz uma lista hipotética. Para surpresa dele, as pessoas citadas foram mortas e a polícia está à sua busca.

O SBT teve dificuldades para fechar a lista de filmes para 2015. Sem o contrato de exclusividade com a Warner, encerrado no final de 2013, a emissora visitou feiras de TV e negociou com distribuidoras menores atrás de filmes menos badalados. Em 2014, exibiu sobras do contrato com a empresa norte-americana.

A Globo usará o filme descartado pelo SBT para levantar a audiência do Domingo Maior, uma das vítimas de Silvio Santos em 2014. Desde a estreia do BBB 15, há duas semanas, o animador não enfrenta os longas da concorrente, mas consegue bater o reality show. No último final de semana, o placar foi 12,9 a 12,2 para Silvio.

“Alto Astral”: Expulso de casa, Gustavo começa a vender drogas

Por ODARA GALLO, em 04/02/2015 · Atualizado às 04h30

Gustavo (Guilherme Leicam) passará do limite e chegará a agredir o avô, Vicente (Otávio Augusto), e a irmã, Bia (Raquel Fabbri), durante uma briga no capítulo da próxima segunda-feira (9) de Alto Astral, a novela das sete da Globo. O nadador ainda sairá de casa e, sem dinheiro, começará a vender drogas junto com um atleta do clube em que treina. Mas cairá em uma armadilha preparada por Marcos (Thiago Lacerda), que quer prejudicá-lo.

Depois de ter seu patrocínio cortado por Marcos, Gustavo verá sua vida degringolar. Acostumado a ofender a irmã e a chamá-la de gorda, ele verá seu avô perder totalmente a paciência e obrigá-lo a pedir desculpas. “Seu irmão precisa entrar na linha! Cansei das grosserias dele! Ou ele muda e vira gente! Ou vai morar noutro lugar!”, ameaçará Vicente.

O rapaz ficará ofendido e lembrará da promessa feita ao seu pai. “Você e a Laura prometeram pro meu pai que iam cuidar de mim! Ele estava todo quebrado no hospital, depois do acidente, e vocês prometeram, na minha frente!” É nesse momento que Vicente atingirá em cheio os sentimentos no neto. “Prometi, sim! Mas se o seu pai e a sua mãe estivessem aqui, hoje, eles fariam o mesmo que eu! Porque eles iam estar com vergonha de você!”

Gustavo terá um ataque de fúria e empurrará o avô. “Onde os meus pais estiverem, estão orgulhosos de mim! Vergonha tenho eu dessa porcaria de família! Vocês dois é que deviam ter morrido naquele acidente!”, disparará com ódio. Bia avançará contra o irmão e também será fortemente empurrada por ele.

Vida nova

Sem ter para onde ir, o nadador irá para o clube e dormirá no banco do vestiário. Ele será acordado por Leo, um atleta que também treina no mesmo local e lembrará de uma conversa que teve com César (Alejandro Claveaux). O treinador havia contado que Leo ganhava a vida de maneira obscura, mas sem dar muitos detalhes. Gustavo, então, resolve descobrir o que o colega faz para conseguir dinheiro.

Na cena que vai ao ar na terça-feira (10), Leo aparecerá no vestiário mostrando um saco com comprimidos cor-de-rosa para Gustavo. “Você ficou doido, Leo? Isso dá cana!”, dirá o nadador. Mas logo será convencido pelo colega de que aquela é sua única opção. “E [você] vai se manter como? Ou acha que vão te deixar dormir todo dia aqui no vestiário? Se você me ajudar, arranjo um cantinho pra você lá em casa. Mas tem que vender. Tudo!”

Armadilha

Gustavo vai se mostrar inocente demais para o “negócio”, contando para o vilão Marcos sobre sua nova atividade. Quando o rapaz chegar com o saco com ecstasy em seu consultório para pegar informações sobre a droga, o médico verá uma oportunidade de prejudicá-lo.

“[A droga] não mata ninguém, né? Me disseram que todo mundo toma nas festas”, perguntará o nadador. “É muito raro um caso de morte por esse tipo de substância”, responderá o médico, já arquitetando uma armadilha. “Vai ganhar seu dinheiro. Fica tranquilo, não vou falar nada pra ninguém”, completará.

O vilão não perderá tempo e colocará seu plano contra Gustavo em ação. Ele pedirá a Miranda que coloque seus homens para vigiar o rapaz e ordenará que documentem tudo com fotos. Sem perceber nada, o aspirante a traficante será fotografado enquanto distribui a droga no próprio clube e em frente a uma balada.

 

Notícias Da TV

 

Edir Macedo escala bispo dedo-duro para colocar a Record no eixo

Marcelo Cardoso (à direita) com o cônsul José Pimentel no lançamento da Record no Canadá, em agosto
Por DANIEL CASTRO, em 04/02/2015 · Atualizado às 06h23  

Conhecido por ser dedo-duro, um temível bispo da Igreja Universal do Reino de Deus foi escolhido por Edir Macedo para ser o futuro manda-chuva da Record. Marcelo Cardoso assumirá na semana que vem um cargo discreto na área financeira da emissora, em São Paulo. Em alguns meses, será nomeado presidente da Record, no lugar de Luiz Claudio Costa.

Em um ano, Cardoso terá poderes para comandar os vice-presidentes da emissora, que atualmente se reportam diretamente ao bispo Macedo e mandam mais do que o próprio presidente. A grande missão de Cardoso será “consertar” a Record e colocá-la de volta no “caminho da liderança”.

Irmão do também bispo Renato Cardoso, genro de Edir Macedo e apresentador do programa The Love School, Marcelo Cardoso é descrito por membros da Igreja Universal e da Record como um homem “fuçador”, inquieto, que investiga processos, procedimentos e irregularidades e os comunica ao líder Macedo. Com fama de chato, Cardoso deverá entrar em atrito com os vice-presidentes executivo (Marcus Vinicius Vieira) e de programação (Marcelo Silva), preveem os observadores.

Atualmente presidente da Record Internacional, Cardoso é visto também como um homem inteligente, articulado e poliglota. Se emplacar no comando da TV Record, deverá formar com o irmão Renato uma dupla de confiança de Edir Macedo. O marido de Cristiane Cardoso, filha do fundador da Universal, está sendo preparado para assumir o comando da igreja quando Macedo tiver de se afastar pelo avanço da idade.

James Akel comenta que a TV Record desperdiça o talento de seus contratados

38340-record-hd

A diretoria artística da TV Record, mesmo sendo trocada algumas vezes, teve o perfil igual sempre de desperdiçar talentos.

Digo sem errar que além de desperdiçar talentos ela desgasta as pessoas e suas imagens.

Isto aconteceu com a contratação de Ana Hickmann quando teimaram que ela deveria ser apresentadora.

Ana apareceu contando com simpatia do povo e quando viram que ela não seria uma boa apresentadora, deveriam ter aproveitado seu talento em quadros específicos e aparições esporádicas.

Isto manteria a simpatia dela perante a dona de casa e manteria sua participação sem desgaste na programação.

Mas teimaram em manter Ana sendo apresentadora e deu no que deu até chegar na situação atual em que um grande anunciante vem se desculpar na mídia porque foi obrigado a ter Ana anunciando seu produto.

Depois teve o caso de Gugu.

Levaram Gugu do SBT achando que teriam um novo Silvio Santos aos domingos.

Mas levaram o Silvio Santos imitação e não o verdadeiro.

Gugu foi uma grande decepção tanto artística quanto financeira.

Saiu da TV Record e não conseguiu voltar ao SBT tendo que aceitar a proposta de ficar na TV Record pra continuar fazendo programa.

A gente sabe no que vai dar o novo programa dele que não vai ter conteúdo pra ganhar sequer do Ratinho, quanto mais de outros produtos.

Eis que descobriram César Filho no SBT e de novo a teimosia da diretoria da TV Record contrata e tira alguém do SBT prometendo grandes projetos e dinheiro.

Dinheiro a TV Record sempre foi pródiga e cumpridora de todos seus compromissos financeiros.

Mas quando vai pra área de projetos erra no desconhecimento e na prepotência de achar que sabe.

E está longe de saber sobre conteúdo de arte.

Levaram César Filho, deram dinheiro mas não souberam mais uma vez dar projeto pra seu sucesso e da emissora.

Teimosia desta gente da TV Record em achar que vai comprar projeto sabe lá de quem de fora pra dar ibope.

Se o leitor pensar vai ver que apenas o BBB e a Fazenda são produtos inéditos na tv pois o restante é tudo comprado de empresas estrangeiras pra fazer o que já se fez e muito no Brasil.

O que falo do César Filho podem ajustar pra Xuxa na TV Record.

E desafio quem quer que seja pra desmentir ou contraditar qualquer coisa que escrevi aqui.

Imaginem Xuxa fazendo programa da tarde e perdendo pras novelas repetidas do SBT durante toda tarde.


Escrito por jamesakel@uol.com.br às 09h43 no dia 04/02/2015

James Akel comenta que a Petrobras vai pagar a defesa de Graça Foster

Graça Foster e toda diretoria da Petrobras devem ser defendidos por advogados pagos pela Petrobras mesmo depois de sua saída.

Um contrato existe entre as partes que garante advogados por todo tempo em que ela for se defender de situações causadas pela sua administração.


Escrito por jamesakel@uol.com.br às 09h13 no dia 04/02/2015

James Akel comenta que Henrique Meirelles assumirá a Petrobras

Depois de mais de doze recusas de empresários e executivos em assumir a presidência da Petrobras, Henrique Meirelles deve deixar a presidência da JBS pra assumir a Petrobras.

É tudo que Dilma jamais aceitaria e se aceita agora é porque ela não governa mais o Brasil.

Dilma apenas fica fugindo de todas as situações adiando o impeachment o tempo que pode até onde der.


Escrito por jamesakel@uol.com.br às 09h10 no dia 04/02/2015